THC exibe o clássico moderno O Último Imperador, de Bernardo Bertolucci

Nascido em 1940 na cidade de Parma, na Itália, Bernardo Bertolucci iniciou sua carreira no cinema em 1960 como assistente de direção. Ousado, o cineasta gosta de movimentos de câmara sofisticados e inteligentes. Com um estilo inconfundível, conquistou seu espaço entre os grandes diretores do mundo já com o segundo filme, Antes da Revolução (1964). Nos Estados Unidos, ele dirigiu O Conformista (1970), indicado ao Oscar de Melhor Roteiro. Mais tarde, escandalizou o mundo com o inesquecível O Último Tango em Paris (1972), filme estrelado por Marlon Brando e Maria Schneider, pelo qual concorreu ao Oscar de Melhor Diretor pela primeira vez. Mas o italiano alcançou sua consagração em Hollywood com O Último Imperador (1987), cartaz do The History Channel no dia 2/12, domingo, às 17h. A produção foi protagonista de uma história rara no Oscar. O filme recebeu nove indicações – Melhor Filme, Diretor, Roteiro Adaptado, Trilha Sonora, Fotografia, Direção de Arte, Figurino, Montagem e Som –, e foi vencedor em todas elas. É a trágica saga de Pu Yi, último herdeiro da Dinastia Ching que, criado em meio à realeza, aprende a conviver com as mudanças políticas em seu país. Com a tomada do poder pelos comunistas, ele é deposto ainda adolescente, em 1912. Destaque no elenco para a presença de Peter O' Toole, de Lawrence da Arábia (1962), que interpreta o tutor escocês do jovem monarca.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

​NOVA SAFRA DE “UMA MULHER DE PESO” NO TLC SEGUE WHITNEY THORE EM FASE CRÍTICA DA CARREIRA E NA VIDA PESSOAL

​EM SAFRA INÉDITA NO TLC, “OS BUSBYS + 5” VIAJAM A NOVA YORK E APOSTAM EM NOVO NEGÓCIO

Paramount Channel Programação Semanal 1º a 07 de abril