MARATONAS NATGEO




MARATONA ARMAS PERFEITAS
Domingo, dia 20, a partir das 19h

Ás 19h, "Pólvora", Desde sua chegada nos campos de batalha europeus no século XIII, a pólvora mudou radicalmente a maneira como os homens lutam uns com os outros. Neste programa, acompanhamos o ex-fuzileiro Monty Halls e o arqueólogo Stuart Prior à medida que eles disparam um canhão e um rifle Three Band Enfield contra vários alvos para testar seu poder e precisão. Além disso, eles analisam os danos que estas armas provocam no corpo ao dispará-las contra uma carcaça de porco. 

E em seguida, às 20h, "Cerco", Nossos dois apresentadores, o arqueólogo Stuart Prior e Monty Halls, ex-fuzileiro da Marinha britânica, exploram o poder destrutivo das armas de cerco ao longo da história. Os cercos são tão antigos quanto as próprias batalhas. Entre os exemplos estão o cerco de Tiro, realizado por Alexandre, o Grande; e o cerco de Acre, em 1191. Nos tempos modernos, o destaque é o cerco a Sarajevo, ocorrido em 1992 e considerado o mais longo da história moderna. Monty e Stuart acompanham a construção de uma manganeta e um trabuco a fim de testar seu poder e precisão.


MARATONA ARMAS SECRETAS DA 2ª GUERRA MUNDIAL
Domingo, dia 20, a partir das 21h

O canal de NatGeo apresenta 2 episódios no domingo, dia 20, a partir das 21h.

21h – "As Armas Secretas de Hitler", Este programa faz uma viagem ao passado para descobrir os fascinantes detalhes das extraordinárias armas de Hitler: tanques colossais, bombardeiros de longo alcance e os primeiros mísseis guiados. Que armas foram bem-sucedidas e por que? Quais delas não foram utilizadas a tempo para dar a vantagem para a Alemanha? Qual foi seu destino final depois da guerra? Os projetos originais fornecem pistas de um potencial revolucionário ou falhas estruturais fatais?

22h – "Submarinos Secretos do Japão", Este programa revelará um dos segredos mais bem guardados da Segunda Guerra Mundial: um enorme porta-aviões submarino projetado para lançar bombardeiros japoneses a poucas centenas de quilômetros das cidades americanas. Trata-se de uma maravilha tecnológica que poderia muito facilmente ter mudado o curso da Segunda Guerra Mundial. Faremos uma expedição para encontrar seus destroços e usaremos imagens de arquivo para mostrar o que fez o I-400 ser tão assustador. Inicialmente foi seu tamanho e alcance: a 120 metros de profundidade, ele era 25% maior que qualquer outro submarino até a década de 1960. Além disso, ele podia dar uma volta e meia ao redor da Terra sem ter que reabastecer – o dobro do alcance dos submarinos dos Estados Unidos. Mas o que realmente separava o I-400 dos demais era sua artilharia. O I-400 estava equipado com algo que nenhum outro submarino possuía: três modernos bombardeiros.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

​NOVA SAFRA DE “UMA MULHER DE PESO” NO TLC SEGUE WHITNEY THORE EM FASE CRÍTICA DA CARREIRA E NA VIDA PESSOAL

DUPLA DÁ VIDA NOVA A CASAS ABANDONADAS NA SÉRIE “ALISON E DONOVAN: REFORMANDO COM ESTILO”

“44 GATOS” É A NOVA ATRAÇÃO DO DISCOVERY KIDS