SporTV Repórter mostra como o Brasil se tornou uma potência paralímpica

 

A afirmação do Brasil como uma potência paralímpica. Os motivos desse fenômeno e vida dos nossos principais representantes são o alvo do "SporTV Repórter" deste domingo, dia 25, no Canal Campeão. No programa, a repórter Bruna Gosling mostra como um deficiente se aproxima do esporte, desde a fase de reabilitação e fisioterapia até o momento em que começa a competir e atinge a seleção brasileira. 

 

Alguns dos personagens retratados, o nadador Clodoaldo Silva e o judoca Antonio Tenório enfrentaram muitas dificuldades. Enfim, os esportes paralímpicos só foram reconhecidos pelo governo a partir de 1995, com a criação do Comitê Paralímpico. Depois dos resultados de Atenas 2004, o movimento deu um salto incrível, atraiu mídia, patrocinadores e cada vez mais jovens deficientes. Também houve uma grande evolução considerando-se os investimentos, pesquisas e tecnologia. Hoje, os brasileiros têm estrutura de alto nível, terminaram em nono lugar nos Jogos de Pequim e almejam o sétimo lugar em Londres, neste ano. Para o Rio, em 2016, a meta é no mínimo a quinta colocação no quadro de medalhas.      

 

O nadador Daniel Dias e a velocista Terezinha Guilhermina também estarão em destaque no programa. O "SporTV Repórter" inédito vai ao ar a partir das 23h. Tanto os Jogos de Londres como as Olimpíadas Paralímpicas terão transmissão do SporTV, que vai disponibilizar quatro canais em alta definição.    

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

​NOVA SAFRA DE “UMA MULHER DE PESO” NO TLC SEGUE WHITNEY THORE EM FASE CRÍTICA DA CARREIRA E NA VIDA PESSOAL

Pyong Lee fala do seu namoro atual e conta que já apanhou de namorada

DUPLA DÁ VIDA NOVA A CASAS ABANDONADAS NA SÉRIE “ALISON E DONOVAN: REFORMANDO COM ESTILO”