+GLOBOSAT MOSTRA QUADRA DE ESCOLA DE SAMBA E COMUNIDADE NO PERÍODO PRÉ-CARNAVAL

 

·         "O Samba Que Mora Em Mim" vai ao ar no domingo, dia 8, às 20h30

 

·         Documentário foi gravado no Morro da Mangueira, no Rio de Janeiro

 

·         Ao explorar a comunidade, a diretora Georgia Guerra-Peixe mostra não apenas os ritmos do Morro, mas também o samba que faz parte de sua vida

 

+Globosat exibe "O Samba Que Mora Em Mim" (classificação livre) no domingo, dia 8, às 20h30. Inédito, o documentário foi gravado no Morro da Mangueira, no Rio de Janeiro, no período pré-carnaval. O ponto de partida da produção é a quadra da escola de samba Estação Primeira de Mangueira, onde ocorre um reencontro da diretora Georgia Guerra-Peixe com sua própria história.

No início do documentário a diretora conta, em primeira pessoa, o que o carnaval sempre significou na vida de sua família e na sua. Da quadra, ela sobe o morro pela primeira vez, movida pelo desejo de ir além do samba. O olhar extremamente particular da diretora conduz este "deixar-se ir" contínuo pelo morro, um caminhar que vai, naturalmente, adquirindo variações melódicas e cadências rítmicas diferentes. O resultado é o que poderia ser chamado de "samba-enredo documental" ou um "samba de olhar".

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

​EM SAFRA INÉDITA NO TLC, “OS BUSBYS + 5” VIAJAM A NOVA YORK E APOSTAM EM NOVO NEGÓCIO

​NOVA SAFRA DE “UMA MULHER DE PESO” NO TLC SEGUE WHITNEY THORE EM FASE CRÍTICA DA CARREIRA E NA VIDA PESSOAL

Série Rotas do Ódio estará com acesso livre no Universal Channel Play nesta semana