SescTV apresenta “Tributo a Tim Maia”

  
Inédito, o show traz Izzy Gordon, Sandra de Sá, Simoninha e a Banda do Síndico, que cantam sucessos como Do Leme ao Pontal; Azul da Cor do Mar; Primavera; e Vale Tudo 


Foto: Gambhira.

O introdutor do soul na música popular brasileira é lembrado com o show Tributo a Tim Maia, que apresenta sucessos de autoria do cantor e compositor interpretados por Izzy GordonSandra de SáSimoninha Banda do Síndico, formada por músicos que tocavam com Tim. O espetáculo estreia noSescTV dia 27/08às 22h, com direção para TV de Cói Belluzzo. 
  
Com a morte de Tim Maia, os músicos que o acompanharam  por mais de 20 anos, com a banda Vitória Régia, seguiram caminhos diferentes até o dia em que resolveram se reunir novamente, desta vez, como Banda do Síndico e com o intérprete Bruno Ayla nos vocais. "A coisa foi fluindo, não foi nada programado por nós na intenção de ganhar dinheiro ou qualquer outra coisa. Era fazer uma homenagem ao Tim mesmo", explica João Batista, saxofonista do grupo. 
  
Neste show, a banda e os cantores Simoninha, Sandra de Sá e Izzy Gordon interpretam composições que marcaram a carreira de Tim como compositor e intérprete. Do Leme ao PortalRéu ConfessoImunização RacionalAzul da Cor do MarPrimaveraNão Quero Dinheiro, entre outras, estão no repertório. 
  
Em depoimentos que intercalam as músicas, Sandra de Sá conta que Tim queria que ela gravasse uma música escrita por ele em um álbum dele, e então enviou, por uma amiga da cantora, uma fita cassete com a composição Vale Tudo, cantada por ela neste show. Como a intérprete não acreditou no que estava acontecendo, a amiga a colocou em contato com Tim por telefone. Resultado da conversa: a música acabou sendo gravada pelos dois em um álbum de Sandra. 
  
João Batista comenta a habilidade de Tim ao mixar seus discos, proeza que aprendeu durante o tempo em que morou nos Estados Unidos. Retornou ao Brasil trazendo a black music e misturando-a à música brasileira. "Quando ele lançou o seu disco em 1970 foi uma coisa totalmente diferente do que se ouvia na época. Ele ficou 24 semanas com Primavera em primeiro lugar no Brasil inteiro", explica o saxofonista. 
  
Simoninha lembra da efervescência da soul music no período, com artistas como Simonal; Jorge Ben Jor; banda Black Rio; Dom Salvador e Abolição; e outros que surgiram, mas tendo Tim Maia como centralizador. "O Tim foi a voz de todos durante muito tempo", diz o cantor. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

​NOVA SAFRA DE “UMA MULHER DE PESO” NO TLC SEGUE WHITNEY THORE EM FASE CRÍTICA DA CARREIRA E NA VIDA PESSOAL

DUPLA DÁ VIDA NOVA A CASAS ABANDONADAS NA SÉRIE “ALISON E DONOVAN: REFORMANDO COM ESTILO”

​EM SAFRA INÉDITA NO TLC, “OS BUSBYS + 5” VIAJAM A NOVA YORK E APOSTAM EM NOVO NEGÓCIO