SescTV presta homenagem a Chico de Assis


O canal exibe, a partir de hoje até o dia 11/01, "Rastros da História (TBC e Teatro de Arena)", episódio da série "Teatro e Circunstância", que traz depoimentos do dramaturgo



Chico de Assis. Foto: Divulgação.


Francisco de Assis Pereira, ou apenas Chico de Assis como ficou conhecido, morreu no último sábado, 3. Em tributo a esse dramaturgo, ator, diretor e um dos fundadores do Seminário de Dramaturgia do Teatro de Arena, o SescTV exibe Rastros da História (TBC e Teatro de Arena), episódio da série Teatro e Circunstância, que mostra a trajetória dessas companhias. Assis é um dos entrevistados. Com direção de Amilcar M. Claro e curadoria e entrevista de Sebastião Milaré, a atração vai ao ar hoje, às 22h; e também nos dias 07/01, às 16h; 08/01, às 10h; 09/01, às 06h; 10/01, às 12h; e 11/01, às 17h.

 

O TBC, Teatro Brasileiro de Comédia, criado em 1948 pelo italiano Franco Zampari, e o Teatro de Arena de São Paulo, em 1953, por José Renato em parceria com Gianfrancesco Guarnieri e Augusto Boal, marcaram a história do teatro brasileiro, renovando a cena teatral e influenciando gerações de profissionais e amadores não só ao longo de suas existências, mas até hoje.

 

As histórias dessas companhias são contadas pelos encenadores Antunes Filho e José Renato - fundador do Arena junto com Gianfrancesco Guarnieri e Augusto Boal -, pelas atrizes Miriam Mehler e Nydia Lícia e pelo ator e dramaturgo Chico de Assis, que atuaram nesses grupos. A crítica Ilka Marinho Zanotto também é entrevistada.

 

Eles falam sobre temas como a importância da Escola de Arte Dramática para formar os atores do TBC; o trabalho do polonês Zbigniew Ziembinski como diretor desta companhia; a atuação e luta pela classe teatral da atriz Cacilda Becker; a última montagem do TBC; e a linguagem adotada pelo Teatro de Arena, oriunda das ruas, dos operários e das donas de casa.

 

O programa também comenta sobre o sucesso de bilheteria da peça Eles Não Usam Black-tie, escrita por Gianfrancesco Guarnieri e dirigida por José Renato, cujo roteiro traz uma história de amor, que se passa em uma favela. O espetáculo permaneceu por mais de um ano em cartaz. 

 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

​NOVA SAFRA DE “UMA MULHER DE PESO” NO TLC SEGUE WHITNEY THORE EM FASE CRÍTICA DA CARREIRA E NA VIDA PESSOAL

DUPLA DÁ VIDA NOVA A CASAS ABANDONADAS NA SÉRIE “ALISON E DONOVAN: REFORMANDO COM ESTILO”

​EM SAFRA INÉDITA NO TLC, “OS BUSBYS + 5” VIAJAM A NOVA YORK E APOSTAM EM NOVO NEGÓCIO