CURTA!: DESTAQUES DE 09 A 13 DE MARÇO




SEGUNDAS DA MÚSICA – 09/03

PROGRAMA NACIONAL CLASSIFICAÇÃO LIVRE

 “VISCERAL BRASIL: ESTILO LAURENTINO” (série)                                                                              
Dia 09 de março, segunda, às 20h                                                             
Horários alternativos: terça, à 0h e às 14h / quarta, às 8h / sábado, às 18h30 / domingo, às 6h  
A série “Visceral Brasil”, dirigida por Marcia Paraiso, fala sobre artistas que representam as raízes da música brasileira. A cada episódio, um grande nome que vai além da visibilidade regional e se torna referência da MPB sem perder as origens. O episódio desta semana acompanha a vitalidade de Mestre Laurentino, que se apresenta como o roqueiro mais velho do mundo. Músico ativo nas ruas pela noite de Belém durante muitos anos, Laurentino, com seu estilo único, fez sucesso com seu hit “Loirinha Americana”, gravado pela banda Mundo Livre. Junto com jovens músicos paraenses, ele surpreendeu ao lançar seu primeiro CD aos 89 anos.  

PROGRAMA NACIONAL CLASSIFICAÇÃO LIVRE
PERNAMBUCO CONTEMPORÂNEO: A BANDA DE JOSEPH TOURTON” (série)                                          
Dia 09 de março, segunda, às 20h30                                                           
Horários alternativos: terça, à 0h30 e às 14h30 / quarta, às 8h30 / domingo, às 12h40 / domingo, às 19h  

A atração apresenta novos grupos musicais do estado de diferentes estilos - do popular tradicional ao rock. A Banda de Joseph Tourton (Gabriel Izidoro, Pedro Bandeira, Rafael Gadelha, Diogo Guedes) é uma das grandes representantes do novo rock instrumental brasileiro. Valendo-se do improviso e de experimentações, o grupo tem entre suas influências Dub Incorporation, Nação Zumbi, Radiohead e Hurtmold. O primeiro CD - que leva o mesmo nome da banda - foi lançado em 2010.

PROGRAMA NACIONAL CLASSIFICAÇÃO LIVRE
“CURTA! RELÂMPAGO: SWEET KAROLYNNE” (documentário)
Dia 09 de março, segunda, às 20h45
Horários alternativos: terça, à 0h45 e às 14h45 / quarta, às 8h45

O curta-metragem de Ana Barbara Ramos leva o nome da música de Elvis Presley e apresenta a família de Edmundo, cover de Elvis e pai de Karolynne, uma menina que mora nos fundos do bar da família na Paraíba. Criadora de galos e galinhas, ela os trata como grandes amigos. O premiado filme foi lançado em 2009 é sucesso de público e participou de 13 festivais.

PROGRAMA NACIONAL CLASSIFICAÇÃO LIVRE
NOTAS SOLTAS SOBRE UM HOMEM SÓ” (documentário)                                                                   
Dia 09 de março, segunda, às 21h                                                           
Horários alternativos: terça, à 1h e às 15h / quarta, às 9h / sábado, às 13h / domingo, às 19h15
O documentário é uma homenagem ao centenário de nascimento de Camargo Guarnieri, um dos mais importantes compositores brasileiros. Sua obra e método de criação são analisados a partir de entrevistas com alguns dos compositores mais expressivos da atualidade. O filme reúne ainda entrevistas históricas dadas pelo próprio Guarnieri, trechos de aulas de piano, fragmentos de três concertos para violino e orquestra, além de uma conversa entre o regente Lutero Rodrigues e o violinista Luiz Filipe sobre a execução dessas obras.

PROGRAMA INTERNACIONAL CLASSIFICAÇÃO LIVRE
ÍCONES DO JAZZ: JOHN COLTRANE” (série)                                                                               
Dia 09 de março, segunda, às 23h                                                              
Horários alternativos: terça, às 3h e às 17h / quarta, às 11h / sábado, às 17h / domingo, às 3h10  
A série americana “Jazz Icons” traz apresentações memoráveis de ícones do jazz. O episódio desta semana é dedicado a John Coltrane, um gigante da música do século XX. Ele traz três shows do saxofonista que revelam sua criatividade e mostram sua trajetória: em 1960, como membro do quarteto Miles Davis; em 1961, como líder da banda e em 1965, como um visionário do jazz. Os dois primeiros shows foram realizados na Alemanha e o último na Bélgica. As produções contam com a participação de grandes nomes do jazz, como Elvin Jones, Jimmy Garrison, McCoy Tyner, Stan Getz, Eric Dolphy e Oscar Peterson. No repertório, versões incríveis de “My Favorite Things” e “Impressions”.


TERÇAS DAS ARTES – 10/03


PROGRAMA NACIONAL CLASSIFICAÇÃO LIVRE
“ENSAIO ABERTO BRASIL: COMÉDIA CEARENSE” (série)                                                      
Dia 10 de março, terça, às 20h                                                                     
Horários alternativos: quarta, à 0h e às 14h / quinta, às 8h / sábado, às 7h30 
O programa "Ensaio Aberto Brasil" é uma série composta por seis episódios de 26 minutos, cada um retratando uma região diferente do Brasil e sua cultura regional, tendo como fio condutor grupos brasileiros de teatro.  Nesta terça, a proposta é fazer uma reflexão sobre a comédia cearense e aborda a riqueza das manifestações culturais da arte popular. 

PROGRAMA INTERNACIONAL CLASSIFICAÇÃO LIVRE
ARQUITETURAS: PALÁCIO DE RECEPÇÕES E CONGRESSOS EM ROMA” (série)    
Dia 10 de março, terça, às 20h30                                                               
Horários alternativos: quarta, à 0h30 e às 14h30 / quinta, às 8h30 / sábado, às 21h / domingo, às 9h
A série “Arquiteturas” traz para a tela do Curta! a história e curiosidades sobre algumas das mais importantes obras arquitetônicas do mundo. O episódio desta semana fala sobre fala do Palácio de Recepções e Congressos em Roma. Adalberto Libera, que o construiu entre 1937 e 1953, foi um dos arquitetos mais importantes do século XX e também um dos mais emblemáticos. Lançado com grande pompa e circunstância em 1938, o projeto teve, inicialmente, um grande progresso e a estrutura foi finalizada no final de 1939. Mas quando a Itália entrou na Guerra ao lado da Alemanha nazista, esse andamento sofreu um choque: o ritmo de trabalho se tornou lento e foi completamente abandonado em 1944, após o bombardeio aliado. O trabalho foi retomado em 1950 pelos democratas cristãos italianos.

PROGRAMA NACIONAL CLASSIFICAÇÃO LIVRE
“FIGURAS DA DANÇA: ANGEL VIANA” (série)                                                      
Dia 10 de março, terça, às 21h                                                                    
Horários alternativos: quarta, à 1h e às 15h / quinta, às 9h / domingo, às 21h
O episódio da série de documentários dirigida por Sérgio Roizenblit e Inês Bogéa fala sobre Angel Viana. A bailarina e coreógrafa, que é um dos nomes mais importantes na pesquisa do movimento no Brasil, começou a dançar em Belo Horizonte (MG), com Carlos Leite. O casamento com Klauss Vianna, em 1955, trouxe uma longa e rica parceria na vida e na dança. Eles fundaram a primeira escola juntos na própria capital mineira, onde começaram a pesquisar o movimento. Na década de 60, vieram para o Rio de Janeiro e trabalharam na preparação corporal para atores, se aproximando do teatro. Angel influenciou toda uma geração com seu conhecimento sobre o corpo e hoje e ainda tem uma faculdade no Rio de Janeiro que leva seu nome.

PROGRAMA NACIONAL CLASSIFICAÇÃO 12 ANOS
ENTRENÓS: MORENA NASCIMENTO” (série)                                                                                                
Dia 10 de março, terça, às 21h30                                                               
Horários alternativos: quarta, à 1h30 e às 15h30 / quinta, às 9h30 / sábado, às 21h30 / domingo, às 9h30
A série “Entrenós”, dirigida por Pablo Polo, investiga o processo criativo de artistas brasileiros. Neste episódio, o programa conta com a presença impactante da bailarina e coreógrafa Morena Nascimento. Durante uma semana em São Paulo, a série acompanha a artista, que fala de suas performances anteriores. Descrita como um “vulcãozinho”, por um de seus parceiros criativos, o pianista Banjamim Taubkin, Morena expõe toda sua paixão e amor pela música e dança.

PROGRAMA NACIONAL CLASSIFICAÇÃO LIVRE
“CURTA! RELÂMPAGO: O SARCÓFAGO” (documentário)
Dia 10 de março, terça, às 22h                                                              
Horários alternativos: quarta, às 2h e às 16h / quinta, às 10h

O curta-metragem “O Sarcófago”, de Daniel Lisboa, apresenta o processo criativo do inusitado artista baiano Jayme Fygura. Focado no singular e secreto fazer artístico de Jayme, Daniel revela toda a obscuridade do seu atelier, também conhecido como O Sarcófago. Lançado em 2010, o filme baiano passou por diversos e em 2011 participou da seleção internacional do Tampere Film Fest na Finlândia.

PROGRAMA NACIONAL CLASSIFICAÇÃO LIVRE
DESIGNERS BRASILEIROS: “DOMINGOS TOTORÁ” e “MANECO QUINDERÉ”  (série)
Dia 10 de março, terça, às 22h30
Horários alternativos: quarta, às 2h30 e às 16h30 / quinta, às 10h30
Ao longo de 14 episódios, a série “Designers Brasileiros” mostra as obras de alguns destes profissionais pelo país. Nesta terça, é a vez de Domingos Totorá. Em seu ateliê em Maria da Fé, Minas Gerais, Domingo mostra seu processo de trabalho e as inspirações para suas reciclagens. Em seguida, o designer de luminárias Maneco Quinderé conta um pouco mais sobre suas criações.
   


PROGRAMA INTERNACIONAL CLASSIFICAÇÃO LIVRE
UMA AULA ESPETÁCULO DE TEATRO DE LOUIS JOUVET (performance)
Dia 10 de março, terça, às 22h45
Horários alternativos: quarta, às 2h45 e às 16h45 / quinta, às 10h45 / domingo, às 4h15
Encenação feita com atores de sete lições dadas no conservatório de teatro do INA por Louis Jouvet no ano em 1940, sobre a personagem "Elvira" da peça "Dom Juan", de Molière. Louis Jouvet dá diversas noções de direção teatral e de direção de atores.

QUARTAS DO CINEMA – 11/03

PROGRAMA NACIONAL CLASSIFICAÇÃO LIVRE ESTREIA
A VIDA É CURTA! – “CONTOS DA MARÉ”, “TREMOR” e “NÃO ESTAMOS SONHANDO (filme)
Dia 11 de março, quarta, às 20h
Horários alternativos: quinta, à 0h e às 14h / sexta, às 8h / domingo, à 1h15
  
  

A faixa “A Vida é Curta” desta quarta exibe três curtas representantes do cinema contemporâneo. “Contos da Maré”, de Douglas Soares, é um documentário que resgata lendas urbanas e memórias do imaginário de moradores do Complexo da Maré. Com arrojada construção narrativa, o filme apresenta relatos orais intercalados por performances dos próprios entrevistados. Em seguida, “Tremor” mostra a saga de um homem que anda pela noite de Belo Horizonte à procura do corpo da mulher desaparecida. Com estreia em 2013, o diretor Ricardo Alves Jr. ganhou prêmios como melhor direção, fotografia e montagem no Festival de Brasília; melhor filme no Festival Internacional de Curtas de Belo Horizonte e no Festival Kinoforum de Cinema de Londrina. Para encerrar a faixa, “Não Estamos Sonhando” de Luiz Pretti, é um projeto experimental que faz uma crítica ao modelo atual de cidade, onde vigora a especulação imobiliária e a gentrificação. O filme foi exibido em diversos festivais, nacionais e internacionais, como Festival Internazionale del Film di Roma, FICUMAM, Hollywood Brazilian Film Festival e Festival do Rio 2013.

PROGRAMA NACIONAL CLASSIFICAÇÃO 14 ANOS
“ALÉM DA ESTRADA” (filme)
Dia 11 de março, quarta, às 21h
Horários alternativos: quinta, à 1h e às 15h / sexta, às 9h / sábado, à 22h / domingo, às 10h

Com direção de Charly Braun, o filme “Além da Estrada” mostra o drama de Santiago, um argentino que decide ir ao Uruguai para conhecer um terreno deixado por seus pais mortos. Assim que chega, ele encontra a jovem Juliette, uma belga à procura de um verdadeiro amor. Os dois vão em busca de uma nova jornada, compartilhando experiências em diferentes locais.

PROGRAMA NACIONAL CLASSIFICAÇÃO 14 ANOS
“CURTA! RELÂMPAGO: O CANTO DA LONA” (documentário)
Dia 11 de março, quarta, às 22h30
Horários alternativos: quinta, às 2h30 e às 16h30 / sexta, às 10h30

Sob direção de Thiago Mendonça, “O Canto da Lona” é um documentário de 2013 que conta a história dos marginais e marginalizados dos circos-teatro do interior de São Paulo. O filme reconstitui um espetáculo através dos depoimentos de cinco veteranos circenses dos anos 30 e 70 e levou o prêmio de melhor documentário no último Shanghai International Film Festival.

PROGRAMA INTERNACIONAL CLASSIFICAÇÃO LIVRE
“OS DIRETORES: SPIKE LEE” (série)
Dia 11 de março, quarta, às 23h
Horários alternativos: quinta, às 3h e às 17h / sexta, às 11h / sábado, às 16h / domingo, às 22h30
Spike Lee se firmou como importante e influente cineasta em Hollywood. Em 1982, ainda na universidade, Spike ganhou prêmios e logo depois começou a filmar clipes e comerciais de sucesso, como a peça do Nike Air com Michael Jordan e da Levis 501. Além disso, ele retratou questões da comunidade negra em seus outros trabalhos.


QUINTAS DO PENSAMENTO – 12/03

PROGRAMA NACIONAL CLASSIFICAÇÃO LIVRE
“CURTA! RELÂMPAGO: A REVOLTA DOS CARNUDOS” (filme)
Dia 12 de março, quinta, às 20h
Horários alternativos: sexta, à 0h e às 14h / segunda, às 8h
“A Revolta dos Carnudos” retrata a revolta de pacientes de uma clínica de emagrecimento, que resolvem provar que estão felizes do jeito que estão. Com direção de Eliana Fonseca, o curta conta com Edson Celulari e Gerson de Abreu no elenco.

PROGRAMA NACIONAL CLASSIFICAÇÃO 12 ANOS
“POR QUE A GENTE É ASSIM?: PRECONCEITO” (série)
Dia 12 de março, quinta, às 20h30
Horários alternativos: sexta, à 0h30 e às 14h30 / domingo, às 5h30 / segunda, às 8h30
A série “Por que a Gente é Assim” aborda os valores que norteiam as escolhas dos brasileiros. O ator Pedro Monteiro, a doutora em Educação Beatriz Cardoso e o professor Henrique Cukierman debatem as várias formas de preconceito a partir de três filmes: “Caio André” (2011), de Luiz Marchetti, discute a questão da homossexualidade na opinião de um adolescente; “Coloridos” (2011), dirigido por Christopher Faust, reúne jovens que se distinguem pela forma de se vestir e “Terreno Baldio” (2010), de Marcos Pimentel, coloca em primeiro plano a visão de quem vive nas ruas.

PROGRAMA NACIONAL CLASSIFICAÇÃO 10 ANOS
“ZWEIG – A MORTE EM CENA” (documentário)
Dia 12 de março, quinta, às 21h
Horários alternativos: sexta, à 1h e às 15h / domingo, às 2h15 / segunda, à 0h e às 9h

Com testemunhas contemporâneas e um olhar cinematográfico dos anos 40, o documentário de Sylvio Back discute a “vida brasileira” do escritor austríaco Stefan Zweig, autor do emblemático livro “Brasil, País do Futuro”. Ele, aos 60 anos, e sua esposa, Lotte, aos 33, suicidaram-se em Petrópolis, na região serrana do Rio de Janeiro, na semana seguinte ao carnaval carioca de 1942. O filme traz imagens de arquivo com o próprio Zweig, além de depoimentos de personalidades que tiveram contato ou conheceram a obra do autor.
 PROGRAMA INTERNACIONAL CLASSIFICAÇÃO 12 ANOS
“CHOMSKY & CIA: PARTE 2”(série)
Dia 12 de março, quinta, às 21h50
Horários alternativos: sexta, à 1h50 e às 15h50 / domingo, à 0h e às 11h45 / segunda, às 9h50
O documentário francês de Olivier Azam e Daniel Mermet fala sobre o linguista, filósofo e ativista político estadunidense Noam Chomsky, que, possivelmente, se tornou um dos pensadores mais influentes desde a segunda metade do século XX. Os diretores embarcam em uma viagem através de muitas cidades americanas e europeias, a fim de encontrar seguidores diferentes de uma forma libertária de pensamento. Com uma dose de humor, o documentário usa imagens de arquivo e montagens eloquentes, além de trazer entrevistas expositivas com intelectuais.

PROGRAMA NACIONAL CLASSIFICAÇÃO LIVRE
“O BRASIL DE DARCY RIBEIRO: A CONSTRUÇÃO DA NAÇÃO” (série)                    
Dia 12 de março, quinta, às 23h                                                                   
Horários alternativos: sexta, às 3h e às 17h / sábado, às 15h / domingo, às 21h30 / segunda, às 11h
O programa traça a trajetória do antropólogo Darcy Ribeiro. O telespectador confere as etapas de sua vida, desde Montes Claros e o ambiente familiar, passando pela influência da II Guerra em sua definição política no meio universitário, e o despertar para a literatura em Belo Horizonte.  Este episódio aborda a concepção que Darcy Ribeiro tinha para a educação brasileira. Após encontrar o intelectual Anísio Teixeira, a admiração mútua se consolida no projeto de universalização do direito à educação e combate aos seus opositores.



SEXTAS DA SOCIEDADE – 13/03

PROGRAMA NACIONAL CLASSIFICAÇÃO 12 ANOS
“CAPARAÓ” (documentário)                                                                              
Dia 13 de março, sexta, às 20h                                                                    
Horários alternativos: sábado, à 0h30 e às 10h / domingo, às 16h30 / segunda, às 13h30 / terça, às 7h30
O filme de Flavio Federico retrata a primeira tentativa de luta armada contra o regime militar no Brasil pós 1964. No alto da Serra do Caparaó, em agosto de 1966, um grupo formado na sua maioria por ex-militares expurgados pelo regime, se instalou em condições precárias, na tentativa de preparar o que seria o início de uma grande reação nacional contra o novo regime. O filme pretende repensar o acontecimento, revelando passo a passo, a tentativa de se fazer uma "Sierra Maestra" em terras brasileiras.

 PROGRAMA NACIONAL CLASSIFICAÇÃO 12 ANOS
UTOPIA E BARBÁRIE” (documentário)                                                                 
Dia 13 de março, sexta, às 21h25                                                                  
Horários alternativos: sábado, à 1h55 / segunda, às 14h55 / terça, às 8h55
Lançado em 2005, o filme de Silvio Tendler aborda e interpreta os eventos políticos e econômicos que, desde a 2ª Guerra Mundial, aumentaram a chances de desaparecimento dos sonhos de igualdade, justiça e harmonia. O documentário fala das consequências da guerra, dos movimentos de contracultura, ditaduras militares na América Latina e outros grandes fatores influenciadores na questão. Chico Diaz e Leticia Spiller participam da produção.

PROGRAMA INTERNACIONAL CLASSIFICAÇÃO 14 ANOS
EM NOME DA RAÇA E DA CIÊNCIA” (documentário)
Dia 13 de março, sexta, às 23h30
Horários alternativos: sábado, às 4h e às 20h / domingo, às 8h /segunda, à 4h  e às 17h/ terça, às 11h
O documentário reúne imagens de arquivo nunca vistas antes e acaba investigando um crime cometido por cientistas nazistas, esquecido há muito tempo. Ele divulga a existência e o funcionamento de diversos campos de concentração repletos de cobaias humanas, colocadas à disposição dos mais renomados cientistas da Alemanha, por uma terrível e misteriosa organização: a Ahnenerbe. A fundação secreta se dedicava a provar suas teorias racistas e a criar um museu para ensinar a verdade sobre a "raça inferior" depois que esta fosse exterminada. Com imagens de arquivo inéditas e relatos dos maiores especialistas em Terceiro Reich do mundo, o documentário insere os espectadores nos horrores dos campos de concentração nazistas, enquanto desvenda um crime cometido em nome de uma ciência a serviço do mal.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

​EM SAFRA INÉDITA NO TLC, “OS BUSBYS + 5” VIAJAM A NOVA YORK E APOSTAM EM NOVO NEGÓCIO

​NOVA SAFRA DE “UMA MULHER DE PESO” NO TLC SEGUE WHITNEY THORE EM FASE CRÍTICA DA CARREIRA E NA VIDA PESSOAL

Paramount Channel Programação Semanal 1º a 07 de abril