HISTORY estreia superprodução nacional sobre pioneiros da indústria no Brasil

ESTREIA  4/6 e 5/6 – sábado e domingo, 21h45

 


 

HISTORY estreia sua primeira produção original no País que combina dramaturgia e depoimentos, Gigantes do Brasil. A minissérie narra a história de quatro empreendedores visionários: Francesco Matarazzo, Percival Farquhar, Giuseppe Martinelli e Guilherme Guinle. Em quatro episódios, a série – a exemplo de Gigantes da Indústria (The Men Who Build America) – relata a transformação de um Brasil rural e provinciano em uma potência econômica e industrializada, por meio das trajetórias desses homens sonhadores, implacáveis e ambiciosos.

 

Competindo por suas fortunas e perseguindo objetivos, esses personagens ajudaram a moldar a história do país. Com eles, o Brasil finalmente lançou as bases para sua industrialização.

 

Realizada pela Boutique Filmes, em coprodução com o HISTORY, Gigantes do Brasil mostra a história do país como nunca antes revelada. As primeiras indústrias e as estradas de ferro, a navegação e a urbanização das cidades, a exploração do petróleo e as grandes siderúrgicas.

Com recursos de computação em 3D, produção de arte e figurino de época, a série reconstrói o Brasil do final do século XIX até a metade do século XX. No elenco, destaque para as participações de Tadeu Di Pietro (Matarazzo), Renan Paini (Matarazzo jovem), Alexandre Barros (Farquhar), Fernando Nitsch (Martinelli) e Ricardo Monastero (Guinle), entre outros.

Episódio 1 – 4/6, sexta, às 21h45

Francesco Matarazzo - O primeiro episódio conta a história do pioneiro da indústria brasileira. O jovem italiano perdeu tudo ao chegar ao país, em 1881, quando suas mercadorias afundaram no mar. Sem o seu investimento, ele começou a trabalhar como mascate para manter a família, até que teve a ideia de produzir localmente para substituir as importações, inicialmente banha de porco enlatada. Começa, assim, a construção de um verdadeiro império.

Episódio 2 – 4/6, sexta, às 22h40

Percival Farquhar - Matarazzo deu início à indústria no Brasil. Mas a infraestrutura do país ainda era precária e nem a capital, o Rio de Janeiro, tinha eletricidade. Sem infraestrutura, o Brasil era incapaz de desenvolver seu potencial industrial. Construir a estrada de ferro Pan-Americana e eletrificar o Rio de Janeiro foram suas primeiras iniciativas. Esta era a arena perfeita para um capitalista norte-americano ousado e ambicioso executar seu plano de construção de um país.

Episódio 3 – 5/6, sábado, às 21h45

Giuseppe Martinelli - O imigrante italiano que chegou pobre ao Brasil, em 1888, e viu na Primeira Guerra Mundial a oportunidade de crescer. Sua vida será pontuada por negócios arriscados e empreendimentos ousados. Com lances que poucos se atreveriam a fazer, Martinelli vai fazer fortuna e mudar para sempre o horizonte da cidade de São Paulo. O Edifício Martinelli se tornaria seu próprio ícone de sucesso, assim como a mansão Matarazzo foi para o seu conterrâneo.


Episódio 4 – 5/6, sábado, às 22h40

Guilherme Guinle - O Brasil da década de 1920 já demonstrava fortes sinais de crescimento e de organização, graças a homens como Matarazzo, Farquhar e Martinelli, que redesenharam o mapa do país em termos tanto econômicos quanto geográficos. Porém, um jovem ambicioso era o empresário mais interessado na construção de uma nação livre e rica: Guilherme Guinle. O Brasil finalmente lança as bases para sua industrialização verdadeira.

 




Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

​EM SAFRA INÉDITA NO TLC, “OS BUSBYS + 5” VIAJAM A NOVA YORK E APOSTAM EM NOVO NEGÓCIO

​NOVA SAFRA DE “UMA MULHER DE PESO” NO TLC SEGUE WHITNEY THORE EM FASE CRÍTICA DA CARREIRA E NA VIDA PESSOAL

Série Rotas do Ódio estará com acesso livre no Universal Channel Play nesta semana