Quarteto Colonial apresenta música sacra no SescTV

O grupo do Rio de Janeiro é atração de dois episódios da série "Sonora Brasil", exibidos no dia 11/6, sábado, às 19h30

 
Foto: Gambhira Photo Art.

 

A série Sonora Brasil exibe dois episódios inéditos com o Quarteto Colonial, que apresenta música sacra brasileira de concerto. Formado por Doriana Mendes, soprano; Daniela Mesquita, contralto; Gilson Santos, tenor; e Luiz Kleber Queiroz, barítono, o grupo carioca traz composições que vão da música colonial à contemporânea. Com direção de TV deRomi Atarashi, os episódios serão exibidos na sequência, no dia 11/6, sábado, às 19h30 (parte 1) e às 20h (parte 2), no SescTV (assista também em http://sesctv.sescsp.org.br/avivo).

Quarteto Colonial foi criado, em 2003, pela cravista Maria Aida Barroso - responsável pela direção musical do grupo. A princípio, o objetivo era divulgar a obra do Padre José Maurício Nunes Garcia, depois passou a transitar por diversos períodos da música clássica, interpretando em latim e em português.

 

Luiz Kleber Queiroz lembra que, no século 19 e início do 20, compositores, como Alberto Nepomuceno (1864 – 1920) e Heitor Villa-Lobos (1887 – 1959), transformaram textos sacros em peças de concerto. Ele cita também Osvaldo Lacerda (1927 – 2011), que escrevia suas canções em português. "Daí começa essa diferenciação da música escrita em latim e em português, ambas sendo músicas sacras", expõe.

 

Integrantes do quarteto falam sobre a emoção de cantar em igrejas. "Eu me sinto conectada", diz Daniela Mesquita. "É um espaço com uma sonoridade própria para aquele tipo de música", comenta Queiroz. Doriana Mendes recorda a estreia do grupo nas igrejas coloniais de Paraty – RJ, todas construídas em madeira, promovendo, segundo ela, um resultado acústico e vocal perfeito.

 

Cantando à capela, no espetáculo, o quarteto apresenta peças como: Divertimentos Harmônicos, apresentada em três partes: Quae Est IstaEficcieris Gravida; e Oh! Pulcchra Es, Et Decora, de Luís Álvares Pinto (1719 – 1789); Obras para a Semana Santa, em quatro partes: Gradual para Domingo de Ramos;Domine JesuDomine Tu Mihi Lava Pedes; eImproperium Espectavi, do Padre José Maurício Nunes Garcia (1767 – 1830); Ave Maria Nº 17, de Heitor Villa-Lobos (1887 – 1959); e Procissão da Chuva, de Cacilda Borges (1914 – 2010) e Wilson Rodrigues.

 

SONORA BRASIL

Série que difunde expressões musicais identificadas com o desenvolvimento histórico da música no Brasil, criada a partir de projeto homônimo do Departamento Nacional do Sesc. A edição para TV apresenta os temas Sagrados Mistérios: Vozes do Brasil e Sotaques do Fole, e conta com a participação de oito grupos: Caixeiras do Divino (Maranhão); Comitiva de São Benedito da Marujada de Bragança (Pará); Quarteto Colonial (Rio de Janeiro); Banda de Congo Panela de Barro (Espírito Santo); Truvinca e Grupo (Pernambuco); Dino Rocha e Grupo (Mato Grosso); Gilberto Monteiro e Grupo (Rio Grande do Sul); e Duo Ferragutti /Kramer (São Paulo). Os espetáculos foram gravados em versões exclusivas pelo SescTV.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

​NOVA SAFRA DE “UMA MULHER DE PESO” NO TLC SEGUE WHITNEY THORE EM FASE CRÍTICA DA CARREIRA E NA VIDA PESSOAL

​EM SAFRA INÉDITA NO TLC, “OS BUSBYS + 5” VIAJAM A NOVA YORK E APOSTAM EM NOVO NEGÓCIO

Paramount Channel Programação Semanal 1º a 07 de abril