Protagonista de Minha Vida Com Síndrome de Down, Cristina recebe um presente especial no Dia Mundial da Síndrome de Down


 

A obra de Juan Manuel Rozas, com o retrato de Cristina, será entregue amanhã, terça-feira (21/3) e o A&E convida a toda a audiência da América Latina para participar do encontro via Facebook Live

 


Ao vivo no Facebook A&E América Latina

21//3, terça-feira, 13h

 



Para celebrar o Dia Mundial da Síndrome de Down (21 de março), o A&E anuncia que uma das protagonistas da série vencedora de um Emmy Minha Vida Com Síndrome de Down receberá a obra do artista argentino Juan Manuel Rozas, produzida pelo pintor em homenagem ao programa e na qual figura o rosto de Cristina. As câmeras do A&E registrarão esse encontro, que será transmitido ao vivo pelo Facebook do A&E América Latina (www.facebook.com/AETVLatino).

 

A obra, que no ano passado foi encomendada pelo A&E em homenagem à estreia da série para ser colocada em um mural no bairro de Roma, na Cidade do México, traz uma imagem de Cristina em acrílico e técnica mista. De seu cabelo nascem varias cenas, nas quais Juan Manuel Rozas quis representar os momentos e situações mais inspiradores, não somente na vida de pessoas com Sìndrome de Down, como de todas que buscam encontrar seu lugar na sociedade. Representam os sonhos ou realizações desses jovens, e que são coisas bem comuns, como casar, praticar esportes, apender a andar de bicicleta ou andar de metrô. A mensagem é "a inclusão".

 

"Quando assisti à série do A&E, Minha Vida Com síndrome de Down, não conseguia parar de chorar, era uma mistura de amor total. Trabalhei com absoluta liberdade para desenvolver esse Projeto. Cristina foi a primeira que desenhei. Fiz um rascunho e o coloquei em uma pintura de acrílico e técnica mista, para depois passar para o mural. Coloquei muito amor nesse trabalho. Foi um processo árduo, porque me empolguei e não parei de desenhar e pintar. Me encantei com a personalidade dela e o momento em que decide ser independente e viver com seu namorado. Cristina definitivamente é uma inspiração para todos", expressou o artista Juan Manuel Rozas.

 

Cristina é o retrato da série Minha Vida Com Síndrome de Down, que estreou sua segunda temporada no dia 14 de março no A&E. Cristina e seu noivo Ángel continuam esperando seu casamento, mas antes devem dominar muitas ferramentas na vida para estarem prontos para viverem por sua conta. Seu relacionamento será posto à prova quando Cristina começa a fazer aulas de dança de salão e passar tempo longe de Ángel. Cristina é romântica. Seus quase seis anos de relacionamento com Ángel são uma maravilha entre o grupo. Sua família é muito unida e veio da Espanha, e Cristina gosta de aprender o idioma Espanhol e a cozinhar pratos tradicionais espanhóis. Ela leva a sério o papel de irmã mais velha de seus dois irmãos, sempre aconselhando-os sobre namoro e trabalho. Sempre surpreende seus pais com sua maturidade e compaixão, é a primeira a ajudar alguém que precise. Ela pretende levar seu relacionamento a um outro nível e viver uma vida independente.

 

Minha Vida com Síndrome de Down toca profundamente o artista Juan Manuel, já que um de seus filhos, de três anos de idade, tem uma condição congénita atípica – e ele considera uma coincidência e uma bênção que o A&E o tenha convidado  para esse projeto; e que tudo isso o ajuda a crescer como pai e ser humano. "Para mim foi um presente poder ajudar as pessoas a abrirem a visão sobre o tema. Fico feliz em participar fazendo o que amo, que é pintar", completa o artista.

 

"Fiz este mural e fiquei com muita vontade de fazer outros com todos os integrantes da série, em outros lugares da América Latina", sonha Juan Miguel. "Esse mural de Cristina é uma homenagem a todos. Fiz com o coração aberto e me deixei levar. O fiz com puro amor. Agora que vou conhecer Cristina pessoalmente estou um pouco nervoso e emocionado. Estou feliz de ter sido eleito para fazer algo tão nobre e importante. Esse é meu grãozinho de areia para abrir um pouco a mente e trabalhar com a inclusão. Espero que Cristina goste de seu retrato", conclui.

 

A obra de Rozas é uma homenagem aos sonhos, à essência de liberdade dos homens e mulheres com Síndrome de Down, representados pelo rosto de Cristina, pleno de seu desejo por independência. O mural representa os processos mais difíceis que eles enfrentam no dia a dia, mas também destaca a valentia com a qual transformam essas atividades em triunfos cotidianos, como mostram os protagonistas de Minha Vida com Síndrome de Down.

 

Minha Vida com Síndrome de Down é uma série com honestidade, nobreza, humor e coração, que aceita e celebra a diversidade. O A&E estreou a segunda temporada como um marco à data em que se celebra o Dia Mundial da Síndrome de Down, 21 de março – esse número faz referencia à alteração que provoca a síndrome de Down: a triplicação do vigésimo primeiro cromossomo (mês 3, dia 21). A ideia original foi proposta por Stylianos E. Antonarakis, médico geneticista da Suíça e adotada pelo seu grupo de pacientes, conhecido por ART21.

 

Produzida pela Bunim/Murray, a série relata as histórias de sete jovens do sul da Califórnia junto com seus familiares e amigos: Rachel (33), uma jovem que trabalha em uma companhia de seguros e que sonha em se casar; Sean (22), um excelente jogador de golf, esportista e destruidor de corações; John (29), apaixonado pela música e pelo rap, nascido para entreter; Steven (25), um aficionado por cinema que trabalha lavando pratos em um estádio de beisebol em Anaheim, Califórnia; Cristina (26), uma doce e compassiva jovem que trabalha em uma escola secundária e que adora o noivo com quem mantém um relacionamento há mais de quatro anos; Megan (23), uma empreendedora de moda que criou uma marca de roupas e que também quer concretizar o sonho de ser produtora de cinema; e Elena (29), uma grande cozinheira que abraça a vida, encantada por dançar e escrever poesia.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

“QUILOS MORTAIS” CHEGA À QUINTA TEMPORADA COM NOVAS HISTÓRIAS DE LUTA CONTRA OBESIDADE MÓRBIDA

INVESTIGADOR PARTICULAR FAMOSO POR SUAS ARTIMANHAS, BRIAN WOLFE RECONSTITUI CASOS DE SEU ARQUIVO EM SÉRIE INÉDITA

BIS estreia terceira temporada de "Versões" em 19 de julho