TV Cultura estreia nova temporada do Planeta Terra


Série inédita sobre pinguins dá início à nova fase de produções da BBC. Vai ao ar neste domingo (2/4), às 18h

 

 

São Paulo, 29 de março de 2017 –  Estreia neste domingo (2/4), às 18h, na TV Cultura, uma nova temporada do Planeta Terra, com produções inéditas da rede britânica BBC.

 

A primeira série, em três episódios, é Pinguins – Espiões na Colônia. O público irá descobrir como é ser um pinguim com as novas "câmeras espiãs", que dão uma nova perspectiva do comportamento e das táticas de sobrevivência desses incríveis e carismáticos animais.


Seguindo o sucesso de Urso Polar – Um Espião no Gelo, as "câmeras espiãs" alcançam um novo nível com a "Penguincam", um tipo de robô super-realista disfarçado de pinguins, filhotes e ovos.


Uma viagem que mostra os pinguins imperadores na congelante Antártica, intercalando suas histórias com as diferentes experiências dos pinguins-de-humboldt na América do Sul, e nas Ilhas Malvinas, com os saltadores de rocha, pinguins-de-penacho-amarelo.

 

A equipe de filmagem ficou cerca de um ano gravando as incríveis imagens, implantando cerca de 50 "câmeras espiãs" para capturar, como nunca antes, o verdadeiro caráter de três diferentes, mas igualmente carismáticas, espécies. Junto das câmeras, estava uma tecnologia pioneira: robôs pinguins com câmeras nos olhos. Essas câmeras disfarçadas levaram a alguns encontros surpreendentes – um pinguim até se apaixonou por uma das "penguincams".

 

Pinguins nos dá detalhes do drama e desafio vividos por essas criaturas durante o ano todo, mostrando também diversos momentos cômicos. A incrível tecnologia das "penguincams" permite que elas se infiltrem nas colônias desses animais, propiciando um olhar mais próximo como nunca antes visto, imergindo no mundo dos pinguins, tanto em terra quanto no mar.

 

Dia 2/4 - episódio 1 – A Jornada

Pinguins-imperadores atravessam perigosos mares congelados para chegar ao local de acasalamento. Uma vez que o acasalamento é bem sucedido, as fêmeas precisam botar os ovos sem tocar ao chão, mas são os machos que enfrentam o maior desafio: passar todo o inverno em um dos locais mais gelados da Terra.

Os pinguins-de-penacho-amarelo se aventuram nos mares mais agitados do planeta e escalam montanhas para botarem seus ovos. E mesmo depois disso tudo eles ainda sofrem um ataque aéreo das mais perigosas aves marinhas.

Os pinguins-de-humboldt, que raramente são filmados, precisam passar por milhares de leões marinhos, morcegos vampiros, e aves de bico afiado, só para chegar aos seus ninhos desertos.

Até que chega a hora em que as "câmeras espiãs" capturam o momento em que os pequenos filhotes saem de seus ovos.

 

Dia 9/4 - episódio 2 – Os Primeiros Passos

Depois que os filhotes nascem, os pinguins-imperadores machos fazem um desfile de identidade antes de devolverem os filhotes para suas mães, que são obrigadas a protegê-los da nevasca. As câmeras gravam o momento em que as mães ensinam os primeiros passos aos seus filhotes, enquanto as fêmeas que não tem ou perderam seus filhotes tentam sequestrar os das outras; e petréis gigantes forçam os filhotes a se abrigarem por proteção.

Nas Ilhas Malvinas, os filhotes de penacho-amarelo conhecem seus desagradáveis vizinhos: os cormorões rei. Outras aves também são ameaças aos pequenos pinguins e uma delas captura uma das câmeras disfarçadas de ovo, gerando uma tomada de toda a colônia. Os adultos aproveitam um banho nas pedras de seus próprios "spas particulares", enquanto os filhotes enfrentam mais predadores.

No Peru, os pequenos humboldts surgem no deserto. Seus pais os deixam sozinhos em suas tocas cheias de lama, onde eles enfrentam ondas de focas, gaivotas e cormorões. Os pinguins começam a chegar à fase adulta.

 

Dia 16/4 - episódio 3 – Crescendo

Os pinguins vêm crescendo rápido e se tornando independentes. Os filhotes de pinguins-imperadores e de penacho-amarelo são colocados em "creches" enquanto os pais saem para pescar. Os humboldts são deixados em suas tocas enquanto seus pais aterrissam em uma praia cheia de cormorões.

No bando de pinguins-imperadores, os filhotes têm de ser identificados para serem alimentados, mas seus pais acabam se deparando com impostores famintos. Enquanto isso, os humboldts sofrem com constantes ameaças de petréis gigantes e morcegos vampiros, e, conforme vão crescendo, vão adquirindo seu penteado punk. Os imperadores escorregam em suas pistas de gelo, enquanto os pinguins-de-penacho-amarelo começam a dar seus primeiros saltos.

Eventualmente, todos os filhotes crescem e seguem os mesmos passos de seus pais. Enquanto isso, as "câmeras espiãs" os acompanham pelo resto da vida.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

REPÓRTER POLICIAL REVELA INFORMAÇÕES EXCLUSIVAS SOBRE CASOS DE GRANDE REPERCUSSÃO

“QUILOS MORTAIS” CHEGA À QUINTA TEMPORADA COM NOVAS HISTÓRIAS DE LUTA CONTRA OBESIDADE MÓRBIDA

GNT começa 2017 com documentários inéditos