‘Jornal Nacional’ apresenta a Rússia que receberá a Copa do Mundo de 2018

 

Sede da próxima Copa do Mundo, em 2018, a Rússia é o país de maior extensão territorial do mundo, com mais de 17 milhões de quilômetros quadrados. Nessa imensidão de terra foram travadas guerras históricas, surgiram gênios da arte, grandes goleiros e polêmicas que sacudiram o mundo da política e do esporte. A missão de contar um pouco dessa história marca o início dos trabalhos dos novos correspondentes da Globo na Rússia, Marcelo Courrege e Richard Souza. 'A Rússia da Copa', série especial para o 'Jornal Nacional', começa a ser exibida na próxima segunda-feira, dia 12.

 

Para dar uma visão geral do país e celebrar a contagem regressiva de um ano para o início da Copa do Mundo, marcado para o dia 14 de junho de 2018, a série foi dividida em cinco episódios: futebol russo; estádios e obras da Copa de 2018; escândalos de doping; cultura e turismo; e situação política. "O objetivo dessa série é apresentar a Rússia aos brasileiros de uma forma rica e múltipla. Vamos falar de esporte, dos grandes eventos que o país vai receber, mas também de cultura, política e comportamento", explica Courrege.

 

Os correspondentes e a equipe visitaram museus, locais históricos, exposições de arte e os estádios que receberão a Copa das Confederações, a partir do próximo dia 17, e a Copa do Mundo no próximo ano – incluindo o de São Petersburgo, considerado o projeto mais audacioso e caro. "A história da Rússia é muito rica. No episódio que fala de política, lembramos grandes personagens desde o século 17. No de arte, falamos de ícones como Marc Chagall e Wassily Kandinsky. Foi um desafio sintetizar tanta informação", admite o jornalista.

 

O futebol, claro, é destaque na série. Famosa por seus goleiros, a escola russa inclui jogadores inesquecíveis, como Yashin e Dasayev. "Entrevistamos o Dasayev, que pode ser considerado o maior ídolo vivo do futebol russo. Ele enfrentou a histórica seleção brasileira de 1982 e tem opiniões polêmicas sobre esse time. Vale a pena conferir na série", garante Courrege, que também conversou com Guilherme, goleiro brasileiro naturalizado russo que acabou de ser convocado para a seleção da sede da Copa. 

 

O escândalo de doping que tirou atletas russos dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos do Rio, no ano passado, não poderia ficar de fora. A equipe conversou com o presidente do Comitê Olímpico Russo para entender o que está sendo feito para acabar de vez com o problema.

 

Além da série para o 'Jornal Nacional', Marcelo Courrege fará na próxima segunda-feira, dia 12, uma série de entradas ao vivo nos telejornais e programas esportivos da Globo para trazer todas as notícias que estão tomando conta do país a um ano do início da próxima Copa do Mundo. A emissora também investe na produção de reportagens e na cobertura jornalística da Copa das Confederações, que começa no dia 17 e que, pela primeira vez, não contará com a presença da Seleção Brasileira. Para reforçar a equipe na Rússia, os repórteres Marcos Uchoa, Lívia Laranjeira e Guido Nunes embarcam para o país para a produção de reportagens, em cobertura integrada com o Sportv.

 

A série de cinco episódios 'A Rússia da Copa' estreia na próxima segunda-feira, dia 12, no 'Jornal Nacional'.

--
Line-UP - Divulgação de Programação e Distribuição de Canais de TV.
http://www.lineup.net.br
http://blog.lineup.net.br
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

“QUILOS MORTAIS” CHEGA À QUINTA TEMPORADA COM NOVAS HISTÓRIAS DE LUTA CONTRA OBESIDADE MÓRBIDA

INVESTIGADOR PARTICULAR FAMOSO POR SUAS ARTIMANHAS, BRIAN WOLFE RECONSTITUI CASOS DE SEU ARQUIVO EM SÉRIE INÉDITA

BIS estreia terceira temporada de "Versões" em 19 de julho