Programação especial homenageia os 80 anos de José Celso Martinez Corrêa

 

São seis produções com a participação do dramaturgo, exibidas entre os dias 19 e 27 de junho, no SescTV



Foto: Divulgação.


Um dos mais importantes diretores, atores, dramaturgos e encenadores brasileiros, José Celso Martinez Corrêa, conhecido como Zé Celso, completou 80 anos, em 2017. Para homenageá-lo, o SescTV selecionou programas com a participação do diretor e os exibe entre os dias 19 e 27 de junho (assista também em sesctv.org.br/aovivo).

 

No dia 19, segunda, às 23h, vai ao ar o episódio Produção Independente: Televisão e Abertura Política, da série Videobrasil na TV, que recorda o início do Festival de Arte Contemporânea Sesc_Videobrasil, destacando questões responsáveis por seu surgimento, como as primeiras produções independentes de vídeo e o desejo de dar visibilidade às questões sociais, políticas e culturais do período, quando a ditadura militar chegava ao fim. "Nós estávamos voltando do exílio, estávamos começando a querer produzir, com muita dificuldade porque era tudo restrito", lembra Zé Celso. Ele comenta que quis desenvolver uma produção de vídeos, já que o momento estava propício para experimentações.

 

No dia 20, terça, às 22h, o episódio A Desconstrução do Espaço Cênico: Transgressões, da série Teatro e Circunstância, conversa com o crítico teatral Jefferson Del Rios sobre a mudança dos conceitos pré-estabelecidos na cena teatral. Ainda no dia 20, às 23h, o episódio Política do Amor, da série Temporal, aborda as relações amorosas entre diferentes gerações a partir de depoimentos que revelam as dificuldades, afinidades e preconceitos que foram vivenciados por pessoas que optaram por esse tipo de relacionamento. "Eu vivo com uma pessoa extraordinária. Nós temos 50 anos de diferença. Eu mesmo não entendo, eu não sei explicar, mas existe uma empatia", diz Zé Celso.

 

No dia 21, quarta, às 23h, episódio da série Sala de Cinema entrevista o diretor de fotografia Carlos Ebert, que já fez a fotografia de mais de 20 filmes, entre eles, O Bandido da Luz Vermelha (1968), de Rogério Sganzerla, e O Rei da Vela (1971/1982), de José Celso Martinez Corrêa. Este último filme também é debatido no dia 23, sexta, à 1h da madrugada, no episódio Contracultura, da série Contraplano. A produção discute temas relativos ao Movimento da Contracultura, com o ensaísta e Professor de Filosofia Celso Favaretto e poeta e tradutor Geraldo Carneiro.

 

Fechando a programação, no dia 27, terça, às 22h, o episódio Paradigmas: Teat(r)o Oficina Usyna Uzona, da série Teatro e Circunstância, mostra a trajetória do grupo Teatro Oficina, liderado por  Zé Celso desde a década de 1960.

--
Line-UP - Divulgação de Programação e Distribuição de Canais de TV.
http://www.lineup.net.br
http://blog.lineup.net.br
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

REPÓRTER POLICIAL REVELA INFORMAÇÕES EXCLUSIVAS SOBRE CASOS DE GRANDE REPERCUSSÃO

“QUILOS MORTAIS” CHEGA À QUINTA TEMPORADA COM NOVAS HISTÓRIAS DE LUTA CONTRA OBESIDADE MÓRBIDA

GNT começa 2017 com documentários inéditos