Brasil registra queda de 2.356 linhas de celular em junho





 

No mês de junho de 2017, a telefonia móvel registrou 242.115.821 linhas móveis em operação. Assim, a telefonia móvel apresentou uma queda de 2.356 linhas em relação a maio (242.118.177 linhas). Nos últimos 12 meses, a redução foi de 11.291.971 linhas móveis (-4,46%). Os dados da EuTV não foram incluídos pois o arquivo enviado estava com erros.


Dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) registram que a operadora Datora apresentou a maior adição no mês de junho quando comparado com maio de 2017, 20 mil novas linhas (+15,59%). Apresentaram evolução positiva: a Oi com mais 14.417 linhas (+0,03), a Porto Seguro com mais 12.107 linhas (+2,40), a Claro com mais 42.303 linhas (+0,07) e a Vivo com mais 126.088 linhas (+0,17%). Algar, Nextel, Sercomtel e Tim tiveram reduções de -2.289 (-0,17%), -4.640 (-0,18%), -265 (-0,37%) e -206.118 (-0,34%) respectivamente.


Nos últimos 12 meses as empresas Datora e Porto Seguro, também apresentaram a maiores evoluções, com 82.838 novas linhas (+126,60%) e 150.368 linhas (+40,95%). Dos quatro maiores grupos, apenas a Vivo registrou crescimento, mais 1.031.431 linhas (+1,41%). Claro, Tim e Oi tiveram reduções de 3.991.992 (-6,21%), de 3.156.938 (-4,93%) e de 5.521.586  linhas (-11,61%).


Quanto às tecnologias, o maior aumento no mês de junho deste ano quando comparado com maio foi do 4G (LTE), com adição de 4.226.084 linhas (+5,54%), seguido do M2M (linhas de dados para aplicações máquina-máquina) com  186.868 (+ 1,38%). Em 12 meses esse valor foi de 40.858.527 novas linhas (+102,91%) para 4G (LTE) e 1.972.947 (+16,78%) para M2M.  As outras tecnologias apresentaram redução.


Os estados que apresentaram maior queda no número de linhas móveis em junho, quando comparado com maio deste ano, foram Rio Grande do Sul, com 42.026 (-0,30%), Pará com 25.644 (-0,34%), e Bahia com redução de 17.105 linhas (-0,11%). Já os estados com maior crescimento no número de linhas foram São Paulo, com aumento de 125.817 (+0,20%), seguido por Pernambuco com 11.313 novas linhas (+0,11%) e Ceará com 10.098 novas linhas (+0,11). Nos últimos 12 meses, todos os estados apresentaram queda no número de linhas móveis.

--
Line-UP - Divulgação de Programação e Distribuição de Canais de TV.
http://www.lineup.net.br
http://blog.lineup.net.br
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

REPÓRTER POLICIAL REVELA INFORMAÇÕES EXCLUSIVAS SOBRE CASOS DE GRANDE REPERCUSSÃO

“QUILOS MORTAIS” CHEGA À QUINTA TEMPORADA COM NOVAS HISTÓRIAS DE LUTA CONTRA OBESIDADE MÓRBIDA

GNT começa 2017 com documentários inéditos