National Geographic exibe ao vivo e com exclusividade a vida selvagem no pantanal e mais 30 lugares pelo mundo.




Quer saber o que estão fazendo os elefantes na Índia neste momento?

Ou as jaguatiricas no Brasil? 

National Geographic e Nat Geo Wild exibem ao vivo em um evento único e imperdível!

 


 

No domingo 9 de julho, ás 21h, o National Geographic e o nat geo wild apresentam simultaneamente um evento revolucionário ao vivo:  "Earth Live".

 

no mesmo horário a página do facebook do national geographic (natgeo.brasil)  transmitirá imagens exclusivas e ininterruptas em streaming, do pantanal brasileiro.

 

 

 

A atriz vencedora do prêmio Emmy e Globo de Ouro, Jane Lynch, e o apresentador vencedor  do Prêmio Emmy, Phil Keoghan, apresentan este especial ao  vivo.

 

junto com Lynch e Keoghan nos estúdios e o Dr. Bob Ballard, explorador da National Geographic, passará informações direto do local.

 


 

A atriz Jane Lynch, vencedora dos prêmios Emmy e Globo de Ouro, e a personalidade da televisão Phil Keoghan, vencedor de um prêmio Emmy, conduzem o evento natural mais impactante da National Geographic e Nat Geo WildEARTH LIVEA partir deste domingo 9 de julho às 21h (Brasil), o National Geographic oferece ao público mundial uma noite de programação da vida sivestre AO VIVO, algo sem precedentes, os canais National Geographic e Nat Geo Wild simultaneamente. E ainda,  os telespectadores no Brasil poderão desfrutar durante duas horas ininterruptas em streaming os acontecimentos no Pantanal através facebook oficial do National Geographic (natgeo.brasil). Sem áudio, o link fará uma conexão direta com as paisagens da região brasileira, eleita para representar toda América Latina.

 

A transmissão de duas horas é a primeira desta magnitude, que mostrará o melhor do reino animal em tempo real, de uma maneira espetacular.

 

EARTH LIVE será apresentado diretamente do estúdio em Nova York por Lynch e Keoghan enquanto transmite simultaneamente a nível internacional pelo National Geographic e Nat Geo Wild em 171 países e 45 idiomas. Acompanhando os apresentadores no estúdio, estará o especialista em animais, zoólogo e naturalista Chris Packham. Juntos, Lynch, Keoghan e Packham comemoram a estreia para dezenas de lugares chave em seis continentes − da América do Sul até a Ásia − enquanto repórteres cinematográficos de fama mundial utilizam tecnologia de ponta para mostrar uma variedade de situações inéditas do mundo animal. Pela primeira vez, o público terpa a oportunidade de ver animais silvestres ao vivo a luz da lua e com cores, graças a uma nova câmera de alta sensibilidade, a Canon ME20.

 

Durante o transcurso da transmissão de duas horas, os telespectadores poderão observar aos animais silvestres mais extraordinários filmados pelos profissionais mais importantes do mundo: Steve Winter, o lendário fotógrafo da National Geographic, conhecido por seu trabalho nos documentários de felinos do Pantanal, Brasil, durante os últimos vinte anos, oferece ao público uma visão mais íntima da jaguatirica, um felino pouco comum e muito difícil de encontrar; Bob Poole, cine- fotografo da vida silvestre vencedor de um prêmio Emmy, está na Etiópia para ver de perto a uma manada de hienas e filmá-las com tecnologia Ultra Low Light para baixíssima luminosidade; o célebre repórter cinematográfico da vida silvestre e explorador da National Geographic Sandesh Kadur foca seu trabalho nos langures, os macacos do Velho Mundo que habitam Jodhpur, na Índia; Sophie Darlington, que se tornou famosa filmando os grandes felinos, utiliza câmeras infravermelhas de uso militar para mostrar a estratégia de caça de uma manada de leões de Masái Mara, no Quênia; e o premiado cine fotografo Andy Casagrande estará debaixo da água transmitindo ao vivo o frenético banquete de alguns tubarões touro em Fiji, no Pacífico Sul.

 

Além disso, o Dr. Robert Ballard, explorador da National Geographic, famoso por ter descoberto os restos do Titanic, se une a transmissão explorando as profundezas do oceano diante da costa da Califórnia durante uma de suas expedições do programa de exploração Nautilus.

 

EARTH LIVE transmitirá, entre outros, das seguintes regiões:

·         Cueva Bracken (Texas), onde as câmeras registrarão a saída de 20 milhões de morcegos da caverna:

·         Fiji, onde as fortes correntes causadas pela influência lunar arrastam os nutrientes das profundezas do mar para fertilizar arrecife e criar o ambiente ideal para os tubarões touro

·         Masái Mara (Quênia), onde as câmeras registrarão manadas de leões que esperam o passo das migrações de herbívoros;

·         Jodhpur (Índia), onde manadas de langures cinzentos acordam de manhã e saem em busca de alimento;

·         Alaska, onde repórteres cinematográficos e cientistas viajam para a costa sudoriental em busca das baleias-jubartes com o objetivo de colher amostras de DNA com um drone especialmente desenhado chamado Snot Bot.

 

Durante o trajeto de duas horas, os telespectadores poderão experimentar a aventura de suas vidas viajando ao viajar pelo mundo e vendo como respondem as espécies às poderosas forças da natureza para poder sobreviver. Comentem e acompanhem tudo sobre o evento através da #EarthLive. O National Geographic e o Nat Geo Wild apresentam o evento único "EARTH LIVE" no domingo 9 de julho às 21h.Paralelamente, estará disponível em streaming no Facebook oficial do National Geographic (natgeo.brasil) imagens do Pantanal.

--
Line-UP - Divulgação de Programação e Distribuição de Canais de TV.
http://www.lineup.net.br
http://blog.lineup.net.br
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

REPÓRTER POLICIAL REVELA INFORMAÇÕES EXCLUSIVAS SOBRE CASOS DE GRANDE REPERCUSSÃO

“QUILOS MORTAIS” CHEGA À QUINTA TEMPORADA COM NOVAS HISTÓRIAS DE LUTA CONTRA OBESIDADE MÓRBIDA

GNT começa 2017 com documentários inéditos