Charles Bradley é homenageado pelo SescTV



 
O canal exibe show do cantor norte-americano de soul, gravado em São Paulo


Foto: Divulgação.
 
SescTV presta homenagem a Charles Bradley, um dos mais importantes nomes do soul norte-americano, que morreu no último sábado (23), vítima de câncer no fígado, aos 68 anos de idade. O canal apresenta show do cantor e sua banda His Extraordinaries hoje (25), às 24h; amanhã (26), às 13h; quarta (27), às 16h; quinta (28), às 19h; e sexta (29), às 18h e às 22h; e no domingo (1/10), à 1h (assissta também pela internet em sesctv.org.br/aovivo. Com repertório de funk,soul e R&B, o músico, que já foi tema do documentário Soul of American (2012), dirigido por Poull Brien, interpreta composições de seu repertório e também do cantor e compositor James Brown. O espetáculo foi gravado no Sesc Pompeia, na capital paulista, em 2015, com direção para TV de Daniel Pereira.
 
Bradley fala sobre o período de segregação racial, nos Estados Unidos, em que viveu quando criança; e sobre as dificuldades pelas quais passou na adolescência, levando-o a morar nas ruas por dois anos. Durante essa fase, chegou a ser preso algumas vezes e até ameaças de morte recebeu.  "Quando vejo que o mundo me machucou e me privou de todos os pensamentos e sonhos interiores, torno-os espirituais", expõe. 
 
O músico lembra o dia em que foi a um show de James Brown, mito do funk e do soul, pela primeira vez. "Eu disse: Eu quero ser alguém assim". Aprendeu os passos e começou a se apresentar como seu cover em casas noturnas usando o nome de Black Velvet. Foi em um desses shows que ele foi convidado para gravar seu primeiro álbum, No Time for Dreaming (2011), quando já tinha 62 anos. Depois lançou mais dois: Victim of Love (2013) e Change (2016), além de novesingles. "Mesmo agora que tenho meus discos com material próprio, as pessoas dizem: 'Por favor, Charles, não pare de cantar James Brown', comenta. 
 
E o músico não parou. Neste show, Bradley, acompanhado da banda His Extraordinaries,apresenta composições de sua carreira, como Love Bub BluesThe World (Is Going Up In Flames); e Why Is It so Hard, além de Crying in The Chapel, de James Brown.


--
Line-UP - Divulgação de Programação e Distribuição de Canais de TV.
http://www.lineup.net.br
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

REPÓRTER POLICIAL REVELA INFORMAÇÕES EXCLUSIVAS SOBRE CASOS DE GRANDE REPERCUSSÃO

“QUILOS MORTAIS” CHEGA À QUINTA TEMPORADA COM NOVAS HISTÓRIAS DE LUTA CONTRA OBESIDADE MÓRBIDA

GNT começa 2017 com documentários inéditos