No Dia Internacional do Idoso (1/10), o SescTV apresenta programação especial sobre o tema



 
As produções serão exibidas entre  13h30 e 23h


Curta: Dona Cristina Perdeu a Memória. Foto: Divulgação.
SescTV programou sete atrações com a temática idoso, entre ficções, documentários, debate, espetáculo de dança e show, para irem ao ar no dia 1º de outubroDia Internacional do Idoso, entre 13h30 e 23h (assista também online em sesctv.org.br/avivo). 
 
As exibições começam às 13h30, com dois filmes da série Diferente como todo Mundo, sobre deficientes físicos ou mentais, que tem curadoria de Zita Carvalhosa. O primeiro, o documentário Dueto (12', 2016), dirigido por Bruno Autran, mostra a vida - em um retiro de idosos - de Ruth e seu irmão Jorge, que tem mentalidade de um garoto de oito anos. O segundo, a ficção Dona Cristina Perdeu a Memória (13', 2002), dirigida por Ana Luiza Azevedo, aborda a amizade entre um garoto de oito anos e sua vizinha de 80, que confunde suas lembranças.
 
Às 14h, a série Dança Contemporânea, com direção para TV de Antonio Carlos Rebesco, apresenta o espetáculo Pra Weidt - O Velho, com o Ateliê de Bailarinos Santistas. A atração foi inspirada na coreografia expressionista A Dança dos Velhos (Alte Menschen), criada em 1929 pelo alemão Jean Weidt, precursor da dança como ação social. No palco, bailarinos jovens e idosos.  
 
Às 16h, o episódio O Remédio da Alma, da série Temporal, dirigida por Kiko Goifman e Olivia Brenga, mostra experiências comuns a jovens, adultos e velhos, com foco na música popular brasileira, do rock ao choro e passando pela seresta. 
 
Às 17h, o episódio Afetividade na Terceira Idade, da série Contraplano, dirigida por Luiz R. Cabral, discute sobre a natureza dos afetos na maturidade a partir dos filmes Chuvas de Verão (1978), direção Cacá Diegues; o argentino Lugares Comuns (2002), de Adolfo Aristarian; e O Outro Lado da Rua e Dois Irmãos (2004), de Marcos Bernstein. Com o professor e curador de Artes Plásticas Tadeu Chiarelli e o artista plástico Luiz Aquila. 
 
Às 18h, a intérprete de composições como Babalu e Tango para Tereza canta composições clássicas de sua carreira no show A Dona da Voz – Angela Maria, gravado no Sesc Bom Retiro, na capital paulista.  O programa apresenta depoimentos de Blubell, Simone Mazzer, Fafá de Belém, Wanderléa, Elza Soares, Fabiana Cozza, Célia e Marília Pera.
 
Às 23h, o especial fecha com o documentário Umas Velhices, dirigido por Isa Grinspum Ferraz. A produção exibe cenas de cinco curtas-metragens que narram experiências de vida de idosos em diferentes sociedades e épocas. São eles: as ficções A Esperança é a Última que Morre, com direção de Ugo Giorgetti e Antônio Abujamra como ator, Bobby, Simone, Walter e Lourdes, de Denise Gonçalves, e Rei Lear, de Walter Lima Jr, com Matheus Nachtergaele como ator; e os documentários Oscar Boz, de Jorge Furtado, e Revezamento 320, de João Jardim. A produção também traz cenas de Ingmar Bergman e Carlos Diegues; poesias interpretadas por Tom Zé, Walmor Chagas e Lélia Abramo; e depoimentos de Olgária Mattos e Contardo Caligaris. 
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

REPÓRTER POLICIAL REVELA INFORMAÇÕES EXCLUSIVAS SOBRE CASOS DE GRANDE REPERCUSSÃO

“QUILOS MORTAIS” CHEGA À QUINTA TEMPORADA COM NOVAS HISTÓRIAS DE LUTA CONTRA OBESIDADE MÓRBIDA

GNT começa 2017 com documentários inéditos