HISTORY estreia sua nova produção original Guia Politicamente Incorreto


 

·         Baseada no best-seller de Leandro Narloch, série em oito episódios lança um novo olhar sobre fatos históricos do Brasil

 

·         Apresentada pelo youtuber Felipe Castanhari, a produção utiliza imagens computadorizadas, animações e reconstituições

 

 

Estreia: 21/10, sábado, 21h45

 

 

A nova série Guia Politicamente Incorreto chega à tela do HISTORY no dia 21 de outubro, para trazer um novo e bem-humorado olhar sobre fatos da História do Brasil. Baseada no best-seller de Leandro Narloch, Guia Politicamente Incorreto da História do Brasil, a produção desafia especialistas e tudo o que foi ensinado na escola, para esclarecer mitos criados ao longo dos séculos e debater acontecimentos históricos controversos.

 

Com apresentação do vlogger Felipe Castanhari (Canal Nostalgia), a série utiliza imagens computadorizadas, animações e reconstituições, para contar a História do Brasil em um formato atraente e divertido. Entrevistas bem-humoradas com convidados especiais, como Milton Neves, Nelson Motta, Luiz Felipe Pondé e Ricardo Boechat, ajudam a inflar a discussão sobre importantes fatos históricos. Os episódios abordam desde o Brasil antes do descobrimento até a ditadura militar, passando pelos bandeirantes e Santos Dumont.

 

De acordo com Krishna Mahon, diretora de Conteúdo Original do HISTORY, a ideia de adaptar o Guia Politicamente Incorreto da História do Brasil para a TV surgiu após seu lançamento, já que o livro é muito visual, mas demorou algum tempo para encontrar o parceiro certo. Em conjunto com o autor Leandro Narloch e a produtora Studio Fly (que também produziu Guerra do Paraguai com o canal), foi possível desenvolver uma série com uma narrativa diferente – que permite costurar histórias de forma não-linear. "É a principal estreia do HISTORY este ano. A novidade é que a série já foi pensada e produzida para outras plataformas, inclusive um aplicativo próprio, estratégia alinhada ao novo jeito de consumir conteúdo", conta Krishna.

 

A proximidade com as novas mídias também influenciou na escolha de Felipe Castanhari como apresentador de Guia Politicamente Incorreto. Sucesso como youtuber, Felipe traz um novo público para o HISTORY e reforça a linguagem mais coloquial que o canal tem adotado em suas produções locais.

 

A polêmica em torno dos temas tratados no livro foi a principal dificuldade para adaptar o best-seller para a TV. O HISTORY ouviu todos os lados, para ser o mais imparcial possível nas quase oito horas de material. De acordo com Matheus Ruas, diretor da série, as pesquisas revelaram algumas surpresas. "Para investigar a história de Santos Dumont, fomos até o Rio de Janeiro, para conversar com especialistas da Força Aérea do Brasil, e aos Estados Unidos, falar com especialistas e familiares dos irmãos Wright. As histórias que surgiram foram surpreendentes".

 

Para o autor do livro, Leandro Narloch, a adaptação para a TV é um sonho realizado: "o Guia Politicamente Incorreto da História do Brasil é uma obra polêmica, que causa desconforto em muitos leitores. A opção da série de apresentar as afirmações do livro e discuti-las com especialistas foi ótima para criar um debate e mostrar como a divergência de ideias pode levar a uma interessante linha narrativa".

 

No episódio de estreia, Brazil com Z, Existia um Brasil antes de 1500? E como existia... Guerras, conquistas, lutas por território, especialistas mostram animais gigantes que foram extintos pela mão do homem e a forma agressiva com que os índios cuidavam da natureza. Esclarece também a origem oculta de nossos símbolos nacionais, nas palavras de quem entende do assunto, como Nelson Motta, Lira Neto, Milton Neves e Mauro Betting.

 

FICHA TÉCNICA

Direção geral e roteiro - Matheus Ruas

Produção executiva - Tiago Schenk

Direção de cena  - Diego Biazzon

Animações - Matheus Ruas

Montagem - Matheus Ruas e Diego Biazzon

Produção - Dudu Gomes e Maitê Romão

Pós-produção - Matheus Ruas, Ph Calmon, Gabriel Gemenez e Edson Jr

Diretor de fotografia - Vitor Carvalho

Ass. de câmera - Leandro Paiva e Jeff Santos

Som direto - Samuel Bori

Diretora de arte - Caroline Campos

Ass. de produção - Jean Rodrigo, Luiz Claudio Fumaça, Marcelo Columbini e Diego Soares

Figurino - Fernanda Gunutzman

Maquiagem - Vanderlei Godoy

Caracterização - Natalia Thomsen

Cinegrafistas depoimentos - Jeff Santos, Samuel Oliveira, Léo Rodrigues, Márcio Godoy

Color grading - Ricardo Herling

Áudio e mixagem - Junior Aragaki

Jurídico - Aurélio Figueiredo

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

REPÓRTER POLICIAL REVELA INFORMAÇÕES EXCLUSIVAS SOBRE CASOS DE GRANDE REPERCUSSÃO

Gloob lança mais uma maratona Gloob Duni Tê

“QUILOS MORTAIS” CHEGA À QUINTA TEMPORADA COM NOVAS HISTÓRIAS DE LUTA CONTRA OBESIDADE MÓRBIDA