HISTORY estreia sua nova produção original Guia Politicamente Incorreto


 

·         Baseada no best-seller de Leandro Narloch, série em oito episódios lança um novo olhar sobre fatos históricos do Brasil

 

·         Apresentada pelo youtuber Felipe Castanhari, a produção utiliza imagens computadorizadas, animações e reconstituições

 

 

Estreia: 21/10, sábado, 21h45

 

 

A nova série Guia Politicamente Incorreto chega à tela do HISTORY no dia 21 de outubro, para trazer um novo e bem-humorado olhar sobre fatos da História do Brasil. Baseada no best-seller de Leandro Narloch, Guia Politicamente Incorreto da História do Brasil, a produção desafia especialistas e tudo o que foi ensinado na escola, para esclarecer mitos criados ao longo dos séculos e debater acontecimentos históricos controversos.

 

Com apresentação do vlogger Felipe Castanhari (Canal Nostalgia), a série utiliza imagens computadorizadas, animações e reconstituições, para contar a História do Brasil em um formato atraente e divertido. Entrevistas bem-humoradas com convidados especiais, como Milton Neves, Nelson Motta, Luiz Felipe Pondé e Ricardo Boechat, ajudam a inflar a discussão sobre importantes fatos históricos. Os episódios abordam desde o Brasil antes do descobrimento até a ditadura militar, passando pelos bandeirantes e Santos Dumont.

 

De acordo com Krishna Mahon, diretora de Conteúdo Original do HISTORY, a ideia de adaptar o Guia Politicamente Incorreto da História do Brasil para a TV surgiu após seu lançamento, já que o livro é muito visual, mas demorou algum tempo para encontrar o parceiro certo. Em conjunto com o autor Leandro Narloch e a produtora Studio Fly (que também produziu Guerra do Paraguai com o canal), foi possível desenvolver uma série com uma narrativa diferente – que permite costurar histórias de forma não-linear. "É a principal estreia do HISTORY este ano. A novidade é que a série já foi pensada e produzida para outras plataformas, inclusive um aplicativo próprio, estratégia alinhada ao novo jeito de consumir conteúdo", conta Krishna.

 

A proximidade com as novas mídias também influenciou na escolha de Felipe Castanhari como apresentador de Guia Politicamente Incorreto. Sucesso como youtuber, Felipe traz um novo público para o HISTORY e reforça a linguagem mais coloquial que o canal tem adotado em suas produções locais.

 

A polêmica em torno dos temas tratados no livro foi a principal dificuldade para adaptar o best-seller para a TV. O HISTORY ouviu todos os lados, para ser o mais imparcial possível nas quase oito horas de material. De acordo com Matheus Ruas, diretor da série, as pesquisas revelaram algumas surpresas. "Para investigar a história de Santos Dumont, fomos até o Rio de Janeiro, para conversar com especialistas da Força Aérea do Brasil, e aos Estados Unidos, falar com especialistas e familiares dos irmãos Wright. As histórias que surgiram foram surpreendentes".

 

Para o autor do livro, Leandro Narloch, a adaptação para a TV é um sonho realizado: "o Guia Politicamente Incorreto da História do Brasil é uma obra polêmica, que causa desconforto em muitos leitores. A opção da série de apresentar as afirmações do livro e discuti-las com especialistas foi ótima para criar um debate e mostrar como a divergência de ideias pode levar a uma interessante linha narrativa".

 

No episódio de estreia, Brazil com Z, Existia um Brasil antes de 1500? E como existia... Guerras, conquistas, lutas por território, especialistas mostram animais gigantes que foram extintos pela mão do homem e a forma agressiva com que os índios cuidavam da natureza. Esclarece também a origem oculta de nossos símbolos nacionais, nas palavras de quem entende do assunto, como Nelson Motta, Lira Neto, Milton Neves e Mauro Betting.

 

FICHA TÉCNICA

Direção geral e roteiro - Matheus Ruas

Produção executiva - Tiago Schenk

Direção de cena  - Diego Biazzon

Animações - Matheus Ruas

Montagem - Matheus Ruas e Diego Biazzon

Produção - Dudu Gomes e Maitê Romão

Pós-produção - Matheus Ruas, Ph Calmon, Gabriel Gemenez e Edson Jr

Diretor de fotografia - Vitor Carvalho

Ass. de câmera - Leandro Paiva e Jeff Santos

Som direto - Samuel Bori

Diretora de arte - Caroline Campos

Ass. de produção - Jean Rodrigo, Luiz Claudio Fumaça, Marcelo Columbini e Diego Soares

Figurino - Fernanda Gunutzman

Maquiagem - Vanderlei Godoy

Caracterização - Natalia Thomsen

Cinegrafistas depoimentos - Jeff Santos, Samuel Oliveira, Léo Rodrigues, Márcio Godoy

Color grading - Ricardo Herling

Áudio e mixagem - Junior Aragaki

Jurídico - Aurélio Figueiredo

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

​EM SAFRA INÉDITA NO TLC, “OS BUSBYS + 5” VIAJAM A NOVA YORK E APOSTAM EM NOVO NEGÓCIO

​NOVA SAFRA DE “UMA MULHER DE PESO” NO TLC SEGUE WHITNEY THORE EM FASE CRÍTICA DA CARREIRA E NA VIDA PESSOAL

Série Rotas do Ódio estará com acesso livre no Universal Channel Play nesta semana