Megapix: Maratona Resident Evil

Do universo dos games para a TV, os cinco primeiros filmes da franquia Resident Evil serão exibidos no Megapix no dia 21 de outubro. A maratona começa às 15:45 e só acaba por volta de meia-noite e vai ao ar sem breaks comerciais, tanto dentro dos filmes, quanto entre eles.

O filme que abre a sessão é Resident Evil: O Hospede Maldito. Um laboratório subterrâneo é contaminado por vírus que transformam seres humanos em zumbis. Uma equipe militar é então convocada para exterminar os mortos-vivos.

Logo depois, às 17:25, tem Resident Evil 2: ApocalipseDesde que foi pega pela Corporação Umbrella, Alice (Milla Jovovich) sofreu mudanças genéticas, adquirindo poderes sobre-humanos. Agora sua missão é voltar à cidade para eliminar um vírus mortal que ameaça a humanidade.

Na sequência, às 18:55, vai ao ar Resident Evil 3: A Extinção. Alice (Milla Jovovich) luta contra mortos-vivos, enquanto os sobreviventes de Raccoon City tentam atravessar o deserto de Nevada, na esperança de chegarem ao Alasca. Além de garantir a própria sobrevivência, o grupo vai tentar se vingar da Umbrella Corporation, organização que alterou a configuração genética de Alice.

Às 20:25 tem Resident Evil 4: Recomeço. Alice (Milla Jovovich) segue procurando sobreviventes do vírus que transforma pessoas em zumbis e recebe a ajuda de um velho amigo no confronto contra a Umbrella Corporation. Eles fogem para Los Angeles, mas descobrem que foram atraídos para uma armadilha mortal.

Para fechar, às 22:00, o Megapix exibe Resident Evil 5: Retribuição. Alice (Milla Jovovich) acorda misteriosamente em outra realidade e descobre que está fazendo parte de mais um experimento da Umbrella Corporation. Ela tenta escapar, mas quem atrapalha a fuga é a poderosa Rainha Vermelha (Megan Charpentier).

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

REPÓRTER POLICIAL REVELA INFORMAÇÕES EXCLUSIVAS SOBRE CASOS DE GRANDE REPERCUSSÃO

“QUILOS MORTAIS” CHEGA À QUINTA TEMPORADA COM NOVAS HISTÓRIAS DE LUTA CONTRA OBESIDADE MÓRBIDA

GNT começa 2017 com documentários inéditos