Cantor português do hit "Boom Boom Yeah" comemora sucesso em passagem pelo Brasil

O cantor Axel enxerga no pais novas oportunidades

O cantor português Axel, que comemora 35 anos de carreira em 2018 participou de uma turnê no Brasil nos últimos dias. Conhecido por seu ritmo romântico, o artista que tem suas músicas nas principais novelas portuguesas, se movimenta e trouxe seu trabalho para os brasileiros. O artista estourou com a música " Boom Boom Yeah"em mais de 25 países, alcançando mais de 14 milhões visualizações e streams. A música ainda foi tema da Copa do Mundo de 2014.
O artista que é um verdadeiro Showman respira oportunidades por onde passa e no Brasil não foi diferente. Além da música, Axel é apresentador de shows em diversos canais nacionais na tv portuguesa, dublador e locutor, reconhecido também no meio das lutas como locutor da UFC e Bellator, além de WWE e WSW. O público brasileiro teve a oportunidade de conhecer de perto todas as suas áreas de atuação.

Além das participações em programas nacionais de TV e rádios, Axel acaba de fechar uma parceria oficial com a YAMATO Corporation, que ficará responsável por sua carreira na América Latina e Japão, além de parcerias comerciais com outros artistas.
O lançamento de seu novo CD com músicas adaptadas para o português foi um grande sucesso e Axel já prometeu que volta ao país no primeiro semestre do próximo ano, depois de uma turnê pela Europa e Ásia com grandes novidades.

"Brasil e Portugal se completam, consegui nesse período entender melhor o mercado, avaliar algumas propostas e ter novas ideias. O Brasil é um pais acolhedor, me abriu suas portas e encaro com toda a naturalidade projetos maiores envolvendo outros artistas e produtores. Adorei o público brasileiro e seu carisma e regresso à Europa de coração cheio" conta Axel.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

REPÓRTER POLICIAL REVELA INFORMAÇÕES EXCLUSIVAS SOBRE CASOS DE GRANDE REPERCUSSÃO

“QUILOS MORTAIS” CHEGA À QUINTA TEMPORADA COM NOVAS HISTÓRIAS DE LUTA CONTRA OBESIDADE MÓRBIDA

GNT começa 2017 com documentários inéditos