Filipe Catto divulga "Canção de Engate", segundo single de seu novo disco

(Crédito: Lorena Dini)

Após lançar "Eu Não Quero Mais", primeiro single de seu novo disco intitulado "CATTO", Filipe divulga "Canção de Engate", composição do português António Variações, artista que morreu precocemente aos 39 anos de idade, mas que deixou grandes obras fonográficas.

Filipe conta como conheceu a obra do artista, em 2014: "Estava em Lisboa para um show no CCB e meus amigos me falaram desta canção do ícone Queer do Pop português, Antônio Variações. Fiquei louco pela música e de lá pra cá eu virei fã. Lamentei sua morte precoce, me emocionei e dancei sozinho muitas vezes essa canção de madrugada. Quando voltei no início do ano a Portugal resolvi cantar a "Canção de Engate" como uma celebração do corpo e das possibilidades do amor. "O amor é um momento em que me dou e que te dás", fala a canção. Nunca isso me pareceu tão verdadeiro.'"

Sobre a importância da faixa em novo trabalho, Catto define como "mood do disco", além da "soltura e amplidão dela guiarem muitas escolhas estéticas de outras canções. Fico feliz em representar a poesia de Variações nos nossos tempos através dessa interpretação. Só mostra o quanto o autor é atemporal e definitivo", completa.

Terceiro disco de Filipe, "CATTO" será lançado ainda esse ano, dia 24 de novembro.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

REPÓRTER POLICIAL REVELA INFORMAÇÕES EXCLUSIVAS SOBRE CASOS DE GRANDE REPERCUSSÃO

“QUILOS MORTAIS” CHEGA À QUINTA TEMPORADA COM NOVAS HISTÓRIAS DE LUTA CONTRA OBESIDADE MÓRBIDA

GNT começa 2017 com documentários inéditos