'O BRASIL AINDA É O PAÍS DO FUTEBOL?': RAÍ DEBATE O TEMA COM PAULO BONFÁ E MAURÍCIO NORIEGA NA "MOSTRA CINEFOOT" DESTA QUINTA

Mostra Cinefoot  no Canal Brasil Raí com Paulo Bon
 


Nesta quinta-feira, dia 23 de novembro, às 19h, no Canal Brasil, a "Mostra Cinefoot"apresenta os filmes "Miller & Fried - As  Origens do País do Futebol"  e "Bola para seu Danau". A partir deles, o apresentador Raí debate com Paulo Bonfá e Maurício Noriega o tema "O Brasil ainda é o país do futebol?"
 
MILLER & FRIED – AS ORIGENS DO PAÍS DO FUTEBOL (2016) (72')
-Horário: Quinta-feira, dia 23 de novembro, às 19h
-Classificação: Livre
-Direção: Luiz Ferraz
Sinopse: O futebol é uma das maiores paixões nacionais. É fácil perceber por todo o país, seja nos gramados ou nos campos de barro, nos grandes estádios ou nas várzeas de poeira e terra batida, o amor pelas quatro linhas e pela rede estufada seguida pelos gritos de gol. Dois grandes nomes fizeram as vezes de cupido para unir esse casal de atração flamejante: os paulistanos Charles Miller, considerado o pai do esporte por aqui, e Arthur Friedenreich, tido como o primeiro grande craque com a bola nos pés. O cineasta Luiz Ferraz remonta a trajetória do desporto no Brasil a partir da biografia dessas duas personalidades fundamentais, mostrando como as sementes plantadas por eles há mais de 100 anos são colhidas até o presente.
 
O documentário demonstra como o momento histórico vivido pelo Brasil nas últimas décadas do século 19 foi favorável para o surgimento e a massificação do desporto. Três relatos funcionam como o fio condutor do roteiro, e cada depoimento é complementado por imagens raras dos primórdios do futebol no Brasil. Carlos Miller Junior resgata detalhes da memória do avô e da família, desembarcada no país em meados do século 19 para a construção de uma estrada de ferro. John Mills e Luiz Carlos Duarte, biógrafos de Charles Miller e Arthur Friedenreich, respectivamente, trazem detalhes precisos sobre as recordações de suas vidas, passando por aspectos familiares, profissionais e esportivos, desmistificando lendas sobre as carreiras deles. Apesar de descendentes de estrangeiros, suas trajetórias são diferentes e foram traçadas em momentos distintos da modalidade no país. O primeiro foi responsável pela semente do esporte, enquanto o segundo foi um dos primeiros frutos colhidos dessa semeadura.

BOLA PARA SEU DANAU (2016) (06')
-Horário: Quinta-feira, dia 23 de novembro, às 20h12
-Classificação: Livre
-Direção: Eduardo de Souza Lima
Sinopse: Charles Miller é considerado o pai do futebol no Brasil. No entanto, há quem duvide da verdadeira paternidade do esporte e considere que os gramados trazem em seu DNA a carga genética do escocês Thomas Donohoe. O filme de Eduardo Souza Lima conta como esse europeu de Busby, recém-chegado à zona oeste do Rio de Janeiro para trabalhar em uma fábrica de tecidos, teria sido o pioneiro do velho e violento esporte bretão em terras tupiniquins. Depoimentos e encenações de seus passos por aqui defendem a tesa de que o futebol não existiria não fosse por essa figura peculiar do fim do século 19.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

REPÓRTER POLICIAL REVELA INFORMAÇÕES EXCLUSIVAS SOBRE CASOS DE GRANDE REPERCUSSÃO

“QUILOS MORTAIS” CHEGA À QUINTA TEMPORADA COM NOVAS HISTÓRIAS DE LUTA CONTRA OBESIDADE MÓRBIDA

GNT começa 2017 com documentários inéditos