PREMIADO NOS ESTADOS UNIDOS E NO MÉXICO, 'CORPO ELÉTRICO' CHEGA AO CANAL BRASIL NESTA TERÇA-FEIRA, DIA 21

CORPO ELETRICO


Na terça-feira, dia 21 de novembro, a faixa Seleção Brasileira, às 22h,  no Canal Brasil exibe o inédito e exclusivo filme "Corpo Elétrico", de Marcelo Caetano. O filme conquistou a menção especial no júri no L.A. Outfest (Estados Unidos) e o troféu Maguey de Melhor Filme no Festival Guadalajara (México).
 
A história registra a agitada rotina de Elias (Kelner Macêdo), rapaz de 23 anos, nordestino e homossexual, que não se deixa abater pelos preconceitos sofridos. Morador de São Paulo, ele trabalha desenhando manequins em uma fábrica de confecção de roupas na capital paulista e passa as noites em diferentes encontros. O filme
 
CORPO ELÉTRICO (2017) (95')
Horário: Terça-feira, dia 21, às 22h
Classificação: 16 anos
Inédito e exclusivo
Sinopse: Elias (Kelner Macêdo) tem 23 anos e, mesmo com todas as adversidades e preconceitos sofridos por um nordestino e homossexual em uma cidade grande como São Paulo, leva a vida de forma leve. O rapaz trabalha desenhando manequins em uma fábrica de confecção de roupas na capital paulista, mantém pouco contato com a família na Paraíba e basicamente todas as noites tem encontros fugazes com homens, dormindo sempre em uma cama diferente a cada madrugada. Cada novo companheiro lhe abre uma série de perspectivas e ele as vive intensamente. Dia após dia, a câmera acompanha o cotidiano do protagonista em seus acontecimentos mais mundanos como ir à fábrica, sair para tomar uma cerveja pós-expediente e depois curtir episódios libidinosos sem qualquer compromisso, repetindo essa rotina no dia seguinte.

A direção joga o espectador no universo de Elias em uma narrativa questionadora, fora dos lugares-comuns frequentemente dedicados a personagens como o protagonista. O rapaz transita entre o feminino e o masculino, entre a liberdade sexual e a austeridade do trabalho em uma fábrica – a confecção funciona ainda como símbolo das lutas sociais entre empregados e patrões. O roteiro traz à tona o retrato de uma juventude contemporânea mais interessada em investir dinheiro e tempo em experiências, por menores, simples ou fúteis que essas pareçam às gerações anteriores, em detrimento ao antigo conceito de sucesso com bens materiais. É um panorama naturalista e sem julgamentos de uma trupe libertária, cujo grande sonho é viver simplesmente em felicidade.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

“QUILOS MORTAIS” CHEGA À QUINTA TEMPORADA COM NOVAS HISTÓRIAS DE LUTA CONTRA OBESIDADE MÓRBIDA

INVESTIGADOR PARTICULAR FAMOSO POR SUAS ARTIMANHAS, BRIAN WOLFE RECONSTITUI CASOS DE SEU ARQUIVO EM SÉRIE INÉDITA

BIS estreia terceira temporada de "Versões" em 19 de julho