SescTV exibe programas com o tema negritude


As atrações vão ao ar no dia 20 de novembro


Foto: Mundano Produções e Divina Imagem  Produções.
 
No Dia da Consciência Negra, 20 de novembro, o SescTV preparou uma programação especial com a temática negritude. São três documentários, três shows e um espetáculo de danças, que o canal apresenta a partir das 11h. (Assista também pela internet em sesctv.org.br/avivo).
 
Às 11h, o documentário Sotigui Kouyaté – Um Griot no Brasil - resultado da palestra Encontro com Sotigui Kouyaté e do workshop Práticas para uma Escuta, a Comunicação e a Sensibilidade, ocorridos em novembro de 2006, no Teatro Sesc Anchieta, em São Paulo -, mostra o ator e diretor africano, falecido em 2010, que fala sobre a memória de seu continente. O filme tem direção de Alexandre Handfest.
 
Às 12h, no show Homenagem a Wilson Simonal, os filhos Max de Castro e Simoninha interpretam composições que foram sucessos na carreira do pai, Wilson Simonal (1939 – 2000), como Sá Maria; Vesti Azul; Balanço na Zona Sul; Tributo a Martin Luther King; além de País Tropical, de Jorge Ben Jor. Com direção de Rodrigo Corelli, o programa que foi gravado ao vivo no Sesc Santo – SP.
 
Às 13h, o documentário Sete Dias em Burkina aborda a história e a cultura de Burkina Faso, país da África Ocidental, que abriga um dos festivais de música mais importante do continente, o NAK – Festival Noites Atípicas de Koudougou, cidade a 100km da capital Uagadugu. A produção tem direção de Carlinhos Antunes e Márcio Werneck.
 
Às 14h, é a vez do show do instrumentista e compositor etíope Mulatu Astatke, considerado o pai do ethio-jazz, gênero que mistura cool jazz com funk, ritmos caribenhos, árabes e indianos. Gravado no Sesc Vila Mariana, na capital paulista, o espetáculo tem direção para TV de Daniel Pereira.
 
Às 15h, o espetáculo Babilônia: Il Terzo Paradiso, dirigido e coreografado por Ismael Ivo, reflete sobre valores que já não existem mais em uma sociedade cada vez mais consumista, questionando as dificuldades de convivência e compartilhamento. A dança é exibida na série Dança Contemporânea, que tem direção de Antonio Carlos Rebesco.
 
Às 18h, o documentário Minha Avó Era Palhaço! conta a história da primeira palhaça negra do Brasil, a atriz Maria Eliza Alves dos Reis, que interpretava o palhaço Xamego, considerado a principal atração do Circo Guarany nas décadas de 1940 a 1960. O filme tem direção de Ana Minehina e Mariana Gabriel, neta de Xamego.
 
Às 19h, fechando a programação, show do cantor, tecladista, saxofonista e ativista nigeriano Femi Kuti - filho do criador do afrobeat, Fela Kuti (1938 – 1997) – apresenta repertório que mescla africanidade e música percussiva. O espetáculo foi gravado no projeto Batuque – Conexão África-Brasil, em dezembro de 2010, realizado pelo Sesc Santo André, na Grande São Paulo, com direção para TV de Daniel Pereira.
 
 
Sobre o SescTV: 
 
SescTV é um canal de difusão cultural do Sesc em São Paulo, distribuído gratuitamente, que tem como missão ampliar a ação do Sesc para todo o Brasil. Sua grade de programação é permeada por espetáculos, documentários, filmes e entrevistas. As atrações apresentam shows gravados ao vivo com grandes nomes da música e da dança. Documentários sobre artes visuais, teatro e sociedade abordam nomes, fatos e ideias da cultura brasileira. Ciclos temáticos de filmes e programas de entrevistas sobre literatura, cinema e outras artes também estão presentes na programação.
 
SERVIÇO:
 
Especial Consciência Negra
20 de novembro
 
Às 11h - documentário Sotigui Kouyaté – Um Griot no Brasil
Direção: Alexandre Handfest.
Classificação indicativa: Livre
Produção: Sesc SP
 
Às 12h - show Homenagem a Wilson Simonal, 
Direção para TV: Rodrigo Corelli
Classificação indicativa: Livre
Produção: Impacto TV
 
Às 13h - o documentário Sete Dias em Burkina 
Direção: Carlinhos Antunes e Márcio Werneck.
Classificação indicativa: Livre
Produção: Mundano Produções e Divina Imagem Produções
 
Às 14h - show Mulatu Astatke
Direção para TV: Daniel Pereira.
Classificação indicativa: 12 anos
Produção: Fuego Digital
 
Às 15h - Dança Contemporânea - Babilônia: Il Terzo Paradiso, de Ismael Ivo
Direção da série: Antonio Carlos Rebesco
Classificação indicativa: 12 anos
Produção: Pipoca Cine Vídeo
 
 
Às 18h - documentário Minha Avó Era Palhaço! 
Direção: Ana Minehina e Mariana Gabriel
Classificação indicativa: Livre
Produção: Di Ôio Produções
 
Às 19h - show Femi Kuti
Direção para TV: Daniel Pereira
Classificação indicativa: Livre
Produção: Fuego Digital
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

“QUILOS MORTAIS” CHEGA À QUINTA TEMPORADA COM NOVAS HISTÓRIAS DE LUTA CONTRA OBESIDADE MÓRBIDA

INVESTIGADOR PARTICULAR FAMOSO POR SUAS ARTIMANHAS, BRIAN WOLFE RECONSTITUI CASOS DE SEU ARQUIVO EM SÉRIE INÉDITA

BIS estreia terceira temporada de "Versões" em 19 de julho