SescTV exibe programas com o tema negritude


As atrações vão ao ar no dia 20 de novembro


Foto: Mundano Produções e Divina Imagem  Produções.
 
No Dia da Consciência Negra, 20 de novembro, o SescTV preparou uma programação especial com a temática negritude. São três documentários, três shows e um espetáculo de danças, que o canal apresenta a partir das 11h. (Assista também pela internet em sesctv.org.br/avivo).
 
Às 11h, o documentário Sotigui Kouyaté – Um Griot no Brasil - resultado da palestra Encontro com Sotigui Kouyaté e do workshop Práticas para uma Escuta, a Comunicação e a Sensibilidade, ocorridos em novembro de 2006, no Teatro Sesc Anchieta, em São Paulo -, mostra o ator e diretor africano, falecido em 2010, que fala sobre a memória de seu continente. O filme tem direção de Alexandre Handfest.
 
Às 12h, no show Homenagem a Wilson Simonal, os filhos Max de Castro e Simoninha interpretam composições que foram sucessos na carreira do pai, Wilson Simonal (1939 – 2000), como Sá Maria; Vesti Azul; Balanço na Zona Sul; Tributo a Martin Luther King; além de País Tropical, de Jorge Ben Jor. Com direção de Rodrigo Corelli, o programa que foi gravado ao vivo no Sesc Santo – SP.
 
Às 13h, o documentário Sete Dias em Burkina aborda a história e a cultura de Burkina Faso, país da África Ocidental, que abriga um dos festivais de música mais importante do continente, o NAK – Festival Noites Atípicas de Koudougou, cidade a 100km da capital Uagadugu. A produção tem direção de Carlinhos Antunes e Márcio Werneck.
 
Às 14h, é a vez do show do instrumentista e compositor etíope Mulatu Astatke, considerado o pai do ethio-jazz, gênero que mistura cool jazz com funk, ritmos caribenhos, árabes e indianos. Gravado no Sesc Vila Mariana, na capital paulista, o espetáculo tem direção para TV de Daniel Pereira.
 
Às 15h, o espetáculo Babilônia: Il Terzo Paradiso, dirigido e coreografado por Ismael Ivo, reflete sobre valores que já não existem mais em uma sociedade cada vez mais consumista, questionando as dificuldades de convivência e compartilhamento. A dança é exibida na série Dança Contemporânea, que tem direção de Antonio Carlos Rebesco.
 
Às 18h, o documentário Minha Avó Era Palhaço! conta a história da primeira palhaça negra do Brasil, a atriz Maria Eliza Alves dos Reis, que interpretava o palhaço Xamego, considerado a principal atração do Circo Guarany nas décadas de 1940 a 1960. O filme tem direção de Ana Minehina e Mariana Gabriel, neta de Xamego.
 
Às 19h, fechando a programação, show do cantor, tecladista, saxofonista e ativista nigeriano Femi Kuti - filho do criador do afrobeat, Fela Kuti (1938 – 1997) – apresenta repertório que mescla africanidade e música percussiva. O espetáculo foi gravado no projeto Batuque – Conexão África-Brasil, em dezembro de 2010, realizado pelo Sesc Santo André, na Grande São Paulo, com direção para TV de Daniel Pereira.
 
 
Sobre o SescTV: 
 
SescTV é um canal de difusão cultural do Sesc em São Paulo, distribuído gratuitamente, que tem como missão ampliar a ação do Sesc para todo o Brasil. Sua grade de programação é permeada por espetáculos, documentários, filmes e entrevistas. As atrações apresentam shows gravados ao vivo com grandes nomes da música e da dança. Documentários sobre artes visuais, teatro e sociedade abordam nomes, fatos e ideias da cultura brasileira. Ciclos temáticos de filmes e programas de entrevistas sobre literatura, cinema e outras artes também estão presentes na programação.
 
SERVIÇO:
 
Especial Consciência Negra
20 de novembro
 
Às 11h - documentário Sotigui Kouyaté – Um Griot no Brasil
Direção: Alexandre Handfest.
Classificação indicativa: Livre
Produção: Sesc SP
 
Às 12h - show Homenagem a Wilson Simonal, 
Direção para TV: Rodrigo Corelli
Classificação indicativa: Livre
Produção: Impacto TV
 
Às 13h - o documentário Sete Dias em Burkina 
Direção: Carlinhos Antunes e Márcio Werneck.
Classificação indicativa: Livre
Produção: Mundano Produções e Divina Imagem Produções
 
Às 14h - show Mulatu Astatke
Direção para TV: Daniel Pereira.
Classificação indicativa: 12 anos
Produção: Fuego Digital
 
Às 15h - Dança Contemporânea - Babilônia: Il Terzo Paradiso, de Ismael Ivo
Direção da série: Antonio Carlos Rebesco
Classificação indicativa: 12 anos
Produção: Pipoca Cine Vídeo
 
 
Às 18h - documentário Minha Avó Era Palhaço! 
Direção: Ana Minehina e Mariana Gabriel
Classificação indicativa: Livre
Produção: Di Ôio Produções
 
Às 19h - show Femi Kuti
Direção para TV: Daniel Pereira
Classificação indicativa: Livre
Produção: Fuego Digital
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

REPÓRTER POLICIAL REVELA INFORMAÇÕES EXCLUSIVAS SOBRE CASOS DE GRANDE REPERCUSSÃO

“QUILOS MORTAIS” CHEGA À QUINTA TEMPORADA COM NOVAS HISTÓRIAS DE LUTA CONTRA OBESIDADE MÓRBIDA

GNT começa 2017 com documentários inéditos