HISTORY estreia a segunda temporada de O Código Jesus, minissérie que investiga novas evidências e histórias


 

A casa onde Jesus viveu na infância, os ossos de São Pedro e a história de São Tomé são alguns dos temas investigados

 

 

Estreia: 27/12, quarta-feira, 20h

 

 

 

A vida e a morte de Jesus de Nazaré são objetos de intensos debates. O homem mais famoso da história não deixou vestígios físicos, ou deixou? Utilizando técnicas científicas de última geração e pesquisa arqueológica, combinadas com reconstrução dramática, a segunda temporada de O Código Jesus (Jesus Code) traz novas evidências e investiga o valor e a autenticidade de mais seis objetos e histórias que podem trazer uma nova luz sobre Jesus e o que o cercou: a tumba do rei Herodes, a pedra de Pilatos, a casa onde Jesus morou na infância, os ossos de São Pedro, o mistério de Lázaro e a história de Tomé.

 

Além da investigação documental, a minissérie lança ainda um olhar aos personagens do evangelho e às histórias com as quais esses artefatos se conectam, como o batismo, a missão, a traição, a paixão, a ressurreição e o que se seguiu após isso.

 

HISTORY exibirá a minissérie de 27 a 29/12, com dois episódios por dia, sempre às 20h.

 

27/12, quarta-feira

 

No primeiro episódio, A tumba do rei Herodes, em 2007 anunciou-se a descoberta da tumba do Rei Herodes, o grande vilão da Bíblia, a alguns quilômetros de Jerusalém (atual Cisjordânia). Mas será realmente o seu tumulo? A produção segue em busca da resposta.

 

Em seguida, em A pedra de Pilatos, o programa investiga o responsável por ter enviado Cristo à cruz, Pôncio Pilatos, governador da Judeia durante o julgamento e crucificação de Jesus. Mas o relato bíblico narra realmente os fatos históricos? Uma pedra encontrada em 1961 pode dar as pistas.

 

28/12, quinta-feira

 

O terceiro episódio, A casa da infância de Jesus, investiga as descobertas de arqueólogos, sob um convento em Nazaré, de ruínas de uma casa de dois mil anos de antiguidade. E os especialistas acreditam que esta poderia ser a casa de Jesus.

 

A seguir, em Os ossos de São Pedro, especialistas investigam se os fragmentos ósseos encontrados em uma igreja medieval em Roma, atualmente a basílica de São Pedro, no Vaticano, são realmente do primeiro discípulo de Jesus. Pedro, executado em 64 d.C. durante o reinado de Nero, foi o primeiro papa da Igreja Católica.

 

29/12, sexta-feira

 

Em Ressuscitando Lázaro, o programa investiga Lázaro de Betânia, personagem bíblico que morreu e foi ressuscitado por Jesus. Mas quem foi ele e por que era amado por Jesus? Quem eram as irmãs de Lázaro, Maria e Marta? Será que ele viveu mesmo na ilha de Chipre?

 

No último episódio, A história de Tomé, o foco é um dos 12 apóstolos de Jesus e que se tornou o símbolo da dúvida. Tomé ficou conhecido por ter duvidado de Sua ressuscitação, pois ele não estava presente quando Jesus apareceu aos seus discípulos. Tomé disse que precisaria ver e tocá-Lo para acreditar, o que aconteceu uma semana depois. Mas a Bíblia não diz o que aconteceu a ele depois dessa passagem. Será que Tomé viajou para a Índia para fundar uma igreja? Ainda, teria morrido como mártir?

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

“QUILOS MORTAIS” CHEGA À QUINTA TEMPORADA COM NOVAS HISTÓRIAS DE LUTA CONTRA OBESIDADE MÓRBIDA

INVESTIGADOR PARTICULAR FAMOSO POR SUAS ARTIMANHAS, BRIAN WOLFE RECONSTITUI CASOS DE SEU ARQUIVO EM SÉRIE INÉDITA

BIS estreia terceira temporada de "Versões" em 19 de julho