Clássicos exibe Concerto de Ano Novo da Orquestra Filarmônica de Viena 2018


O aguardado espetáculo tem composições fascinantes da Dinastia Strauss e grandes obras do gênero, sob regência do maestro italiano Riccardo Muti. Vai ao ar de forma inédita neste sábado (6/1), às 21h35, na TV Cultura e no YouTube

 

São Paulo, 2 de janeiro de 2018 - Uma tradição na história da Áustria, o Concerto de Ano Novo da Orquestra Filarmônica de Viena, que já acumula 175 anos, apresenta um programa composto pela música viva e ao mesmo tempo nostálgica do vasto repertório da família de Johann Strauss e seus contemporâneos. No primeiro sábado de janeiro (6/1), a TV Cultura traz todo o encanto dessa apresentação inédita diretamente da capital da música, com transmissão simultânea na televisão e no YouTube, às 21h35.

 

Apresentado na famosa Grande Sala Musikverein, o espetáculo de 2018 reúne músicas da dinastia Strauss, compostas durante o período mais sombrio da história da Áustria, e fornece interpretações instrumentais e definitivas das obras-primas deste gênero, sob a batuta do maestro italiano Riccardo Muti. O regente trabalha com a Filarmônica de Viena desde 1971, já realizou mais de 500 concertos com a orquestra e foi nomeado seu Membro Honorário. Este é seu quinto Concerto de Ano Novo.

 

No repertório da apresentação, estão valsas, como Frescos de Viena e Flores de Mirtilo; polcas, como Desfile Nupcial e Balas Mágicas; mazurca, como Cidade e Campo; quadrilhas, como Um Baile de Máscaras; e marchas.

 

O concerto ainda conta com filmagens de cenas de ballet, coreografadas pelo artista italiano Davide Bombana. Interpretada por dez solistas do Ballet Estatal de Viena, uma das cenas é a valsa Rosas do Sul, de Johann Strauss, no Castelo Eckartsau. A outra cena - Stéphanie-Gavotte, de Alphons Czibulka - consiste em um pas de deux no Hietzinger Hofpavillon.

 

A Filarmônica de Viena tem como missão comunicar a mensagem humanitária da música nas vidas diárias e na consciência de seus ouvintes. Em 2012, a orquestra tornou-se o primeiro Embaixador de Boa Vontade do Instituto Internacional de Análise de Sistemas Aplicados (IIASA). Os músicos se esforçam para implementar o lema com o qual Ludwig van Beethoven, cujas obras sinfônicas serviram de catalisador para a criação da orquestra, prefaciou sua Missa Solemnis - "Do coração ao coração".

 

Clássicos traz, semanalmente, concertos de grandes orquestras, óperas e espetáculos de ballet. A atração ainda exibe produções documentais da TV Cultura sobre algum aspecto da música erudita.

 

Serviço:

Exibição: sábado

Horário: 21h35

Duração: 1h55

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

“QUILOS MORTAIS” CHEGA À QUINTA TEMPORADA COM NOVAS HISTÓRIAS DE LUTA CONTRA OBESIDADE MÓRBIDA

INVESTIGADOR PARTICULAR FAMOSO POR SUAS ARTIMANHAS, BRIAN WOLFE RECONSTITUI CASOS DE SEU ARQUIVO EM SÉRIE INÉDITA

BIS estreia terceira temporada de "Versões" em 19 de julho