"Júnior Bake Off" estreia pela primeira vez no Brasil no dia 6 de janeiro, às 21h30, no SBT

O mês de janeiro é época de férias escolares, mas em 2018 também será o mês do primeiro "Júnior Bake Off Brasil" com 16 talentosas crianças com idade entre 8 e 12 anos que foram selecionadas entre 10 mil inscritos para a divertida disputa que irá descobrir o melhor pequeno confeiteiro (ou confeiteira) do País. Após três temporadas de sucesso absoluto de audiência e repercussão nas redes sociais com o "Bake Off Brasil – Mão na Massa", o SBT traz de volta a tenda mais doce do Brasil com decoração completamente repaginada para a versão infantil do reality show que será exibido ao longo das 10 primeiras semanas do ano, a partir de sábado, dia 6 de janeiro, às 21h30. 

O "Júnior Bake Off", formato da BBC Worldwide, continua sob comando de Carol Fiorentino e com júri formado pela chef confeiteira Beca Milano e pelo empresário Fabrizio Fasano Jr.. A equipe soma 120 profissionais sob comando da direção-geral, assim como na temporada adulta, de Lucas Gentil: "A ideia é que a essa temporada seja uma grande brincadeira, pois as crianças estão aqui para se divertirem, para se lambuzarem. Não estão na idade de serem cobradas", conta o diretor a respeito do que muda na condução da versão adulta para a júnior. "O SBT tem uma parceria muito forte com as crianças. Essa amizade do telespectador com a emissora se reflete no expressivo número de 10 mil inscritos para participar da atração. É muito lindo ver essa admiração das crianças pelo SBT", completa Lucas. 

"Vai ser um programa leve e delicioso de fazer, afinal, crianças dão sempre um toque mais lúdico para tudo. Eu tenho certeza que será um sonho", diz Carol Fiorentino sobre a expectativa para a estreia. A apresentadora, que também é chef confeiteira, sempre que pode dá uma dica ou outra aos competidores na versão adulta, dessa vez ela revela que vai ser mais difícil não ajudar: "Com as crianças eu fico mais solta e consequentemente acabo ajudando até um pouco mais. Gosto de ser professora e adoro ensinar". Sobre a maneira de apresentar, Carol garante estar empolgada e justifica o motivo: "Eu tenho 11 sobrinhos, sempre convivi muito com crianças, é uma linguagem fácil pra mim. Acho que me comunico bem com os pequenos, falo uma linguagem que eles entendem".

Entre as novidades está a tenda da atração, que foi inteiramente remodelada: "O adereçamento da tenda foi todo voltado para o universo infantil, retratamos uma infância dos que hoje são adultos, uma infância vintage. Tem carrinho de pipoca, patins, mesa de pebolim e muito algodão doce. Está lúdico e mágico", revela Lucas Gentil. O jurado Fabrizio Fasano Jr. também comenta sobre a tenda e sua expectativa para a estreia: "Fiquei literalmente emocionado com a tenda quando a vi. Me deixou todo arrepiado e parecia que eu estava em um sonho. Se as pessoas sentirem o mesmo, minha expectativa é enorme". Fasano ainda revela que o seu jeito altamente criterioso, uma característica de suas avaliações na versão adulta, agora estará mais leve: "As crianças não estão prontas e nem devem ser julgadas com rigidez, alguém tem que ganhar e as coisas vão carinhosamente acontecendo, com foco, concentração e muita diversão".

"Eu estou muito feliz e ansiosa para o "Júnior Bake Off". Além da doçura que já é característica do programa, ainda teremos a descontração, espontaneidade e leveza das crianças. Será lindo, divertido e doce", confessa Beca Milano. A jurada conta ainda o que acha que é preciso para vencer o programa: "A mensagem que passo para as crianças é que a confeitaria é um mundo mágico e que para esta magia dar certo é preciso que combinem o espírito de criança, criatividade, disciplina e muito amor. Colocar amor em tudo que fizerem é o grande segredo para tudo". 

Na competição, os pequenos confeiteiros enfrentarão dois tipos de desafios: técnico (todos recebem a mesma receita e devem prepará-la) e os criativos (devem fazer receitas dentro da temática solicitada). A cada episódio, duas crianças deixam a brincadeira e a melhor do dia recebe o avental azul de mestre confeiteiro da semana após avaliação dos jurados. Haverá ainda a participação especial de artistas e chefs famosos. No final da competição, apenas um deles será o grande vencedor e receberá o título de melhor pequeno confeiteiro do Brasil.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

“QUILOS MORTAIS” CHEGA À QUINTA TEMPORADA COM NOVAS HISTÓRIAS DE LUTA CONTRA OBESIDADE MÓRBIDA

INVESTIGADOR PARTICULAR FAMOSO POR SUAS ARTIMANHAS, BRIAN WOLFE RECONSTITUI CASOS DE SEU ARQUIVO EM SÉRIE INÉDITA

BIS estreia terceira temporada de "Versões" em 19 de julho