​ESPN renova direitos com WSL e mantém exclusividade da liga de surfe na TV paga


 

 

 

 




 

 

A ESPN e a World Surf League (WSL) chegaram a um acordo para a renovação dos direitos dos torneios de surfe promovidos pela organização pelos próximos dois anos. O novo contrato preserva a exclusividade dos eventos da liga para a ESPN na TV paga, além de permitir a transmissão do conteúdo pela internet por meio da plataforma WatchESPN.

O acordo recém-assinado prevê a transmissão de etapas dos campeonatos mundiais masculino, feminino (CT) e também os eventos de ondas gigantes (BWT). Em 2018 a organização realizará pela primeira vez no campeonato mundial (CT) uma etapa na piscina de ondas de Surf Ranch, na California, nas melhores ondas artificiais da história, em uma das principais novidades para o calendário da temporada que se aproxima.

Com tradição na cobertura do surfe desde sua fundação, há mais de 25 anos, a ESPN Brasil transmite ao vivo todas as etapas do Circuito Mundial desde 2010. O calendário 2018 da divisão de elite do surfe mundial tem início em 11 de março, na etapa de Gold Coast, na Austrália, e se encerra em 20 de dezembro, em Pipe Masters, no Havaí.

"Os fãs de esportes no Brasil sempre tiveram afinidade com esportes radicais e a ESPN possui em seu DNA a exibição dessas modalidades. É gratificante ampliarmos a nossa parceria de quase uma década com a WSL e seguirmos disponibilizando o melhor surfe do mundo aos fãs brasileiros", destaca Carlos Maluf, diretor de Aquisições, Programação e Novos Negócios da ESPN no Brasil.

"Estamos entusiasmados em continuar nossa parceria com a ESPN e oferecer o melhor surfe do mundo para nossos fãs brasileiros", destaca Joe Carr, diretor de estratégia da WSL. "O Brasil é o lar de uma série de atletas da Liga Mundial (CT) e do campeonato de ondas grandes (BWT) e esse talento será exibido durante a temporada e também no evento inaugural da WSL Founders Cup em maio".

A elite do surfe masculino contará com 11 surfistas brasileiros no total de 34 atletas que disputam o título, sendo o país com o maior número de representantes. São eles: Adriano de Souza, Caio Ibelli, Filipe Toledo, Gabriel Medina, Ian Gouveia, Ítalo Ferreira, Jessé Mendes, Michael Rodrigues, Tomas Hermes, Willian Cardoso e Yago Dora. Entre as mulheres a brasileira Silvana Lima é a representante do país entre as 17 competidoras na elite do surfe feminino.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

​NOVA SAFRA DE “UMA MULHER DE PESO” NO TLC SEGUE WHITNEY THORE EM FASE CRÍTICA DA CARREIRA E NA VIDA PESSOAL

​EM SAFRA INÉDITA NO TLC, “OS BUSBYS + 5” VIAJAM A NOVA YORK E APOSTAM EM NOVO NEGÓCIO

Série Rotas do Ódio estará com acesso livre no Universal Channel Play nesta semana