LÁZARO RAMOS ESTREIA 13ª TEMPORADA DE “ESPELHO” NO CANAL BRASIL

Lázaro Ramos_ESPELHO

 
Nova leva de 26 episódios traz entrevistados que, por meio de uma pergunta, tentam encontrar soluções para suas relações pessoais e para o país
 
No dia 26 de março (segunda-feira), Lázaro Ramos estreia a nova temporada de "Espelho". Idealizado e apresentado por ele há 13 anos, o programa semanal do Canal Brasil segue sua busca pela pluralidade, discutindo assuntos atuais e temas como democracia, cidadania e, claro, arte, educação e cultura. "O mote é buscar alternativas de relação, de convivência e na condução do país", explica Lázaro, que fez a todos convidados a mesma pergunta: 'O que você quer dizer de novo para o mundo?'. "Essa questão inspirou toda a temporada porque, na minha percepção, a gente tem que rever os contratos e não pensar apenas em diagnósticos, mas tentar encontrar soluções", finaliza Lázaro.
 
Partindo do princípio de extrair novos diálogos e pensar fora da caixa, em 26 episódios Lázaro recebe para conversas intimistas e bem humoradas nomes como Caetano e Zeca Veloso, Fernanda Torres, Bela Gil, Djamila Ribeiro, Baby do Brasil, Tatiana Nascimento, Mônica Iozzi, Leda Nagle, Augusto Cury, Cacau Protásio, Ícaro Silva e Nilton Bonder, sendo a convidada de estreia Diva Guimarães, a professora de 78 anos que ficou conhecida na Flip do ano passado depois de dar a Lázaro um emocionante depoimento sobre preconceito. Agora, eles se reencontram para uma conversa sobre o papel libertador que a educação e a igualdade proporcionam ao mundo.
 
Paulo Mendonça, diretor-geral do Canal Brasil e grande parceiro do projeto desde o início, comemora o sucesso da atração. ''O olhar generoso de Lázaro para seus convidados proporciona ângulos sempre novos sobre os assuntos debatidos. Essa é uma virtude da maneira gentil dele ser'', diz.
  
Pela primeira vez dirigido por uma mulher, Juliana Vicente, "Espelho" joga luz também sobre a literatura. Além de ser pauta principal de muitos episódios, em cada edição, a doutora em literatura afro-americana e negro-brasileira, Fernanda Felisberto apresenta um livro infantil escrito para crianças negras no quadro chamado Okawé. Assim como faz desde quando surgiu, em 2005, Espelho sempre pretendeu levantar a autoestima negra e debatê-la e, em 2018, segue mais amplo e incansável em sua curadoria de convidados que nos ajudem refletir e abordar questões urgentes para a sociedade.
 
Além da estreia no canal linear, o Canal Brasil antecipou o lançamento de alguns episódios em plataformas digitais. Os 13 primeiros programas já estão disponíveis no NOW. No Canal Brasil Play, já é possível assistir a três episódios e, a partir do dia 23, e dois deles estarão disponíveis também no YouTube.
 
 
13 anos no ar
 
Em sua trajetória e com mais de 300 entrevistados, "Espelho" apresentou conversas memoráveis, como é o caso dos programas de Criolo, Tom Zé, Seu Jorge, Geneton Moraes Neto, Leandra Leal, Mart'nália, Jesuíta Barbosa, Marcius Melhem, entre muitos outros, além de nomes internacionais, como a cantora espanhola Concha Buíka. Isto tudo com conversas sempre pautadas pela espontaneidade e sem ficar preso a cenários fixos e formatos definidos.
 
Entre os programas históricos, houve um especial em 2009: Lázaro foi até Washington, nos Estados Unidos, para cobrir a posse do primeiro mandato do ex-presidente americano Barack Obama. Emocionado, o apresentador acompanhou a cerimônia e conversou com o povo que lá estava. Além disso, Lázaro já dirigiu algumas temporadas de "Espelho" e passou também a produzi-lo com seu selo, o Lata Filmes, uma sociedade com a empresária e produtora Tânia Rocha.
 
 
'ESPELHO' (2018) (26 x 25'), com Lázaro Ramos
- Estreia: segunda-feira, dia 26, às 21h30, reprises terças, às 13h, e domingos às 15h30
- Horário: segundas-feiras, às 21h30
- Horários alternativos: terças, às 13h, domingos, às 15h30
- Inédito e Exclusivo
- Classificação: Livre
 
FICHA TÉCNICA
Concepção: Lázaro Ramos
Direção: Juliana Vicente
Produção: Lata Filmes
Convidados 2018 em ordem de exibição: Diva Guimarães; Caetano e Zeca Veloso; Fernanda Torres; Djamila Ribeiro e Tatiana Nascimento; Gina Vieira; Rincon Sapiência; Fernanda Gentil; Di Melo; Cacau Protásio; Larissa Luz e Ícaro Silva; Débora Falabella; Nilza Barbosa; Leda Nagle; Silvio Guindane; Maria Rita; Cid Bento; Bela Gil; Robson Nunes; Cláudio Prado; Karol Conka; Mônica Iozzi; Aderbal Freire Filho; Baby do Brasil; Andréia Horta; Augusto Cury e Nilton Bonder; e Ana Maria Gonçalves.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

“QUILOS MORTAIS” CHEGA À QUINTA TEMPORADA COM NOVAS HISTÓRIAS DE LUTA CONTRA OBESIDADE MÓRBIDA

“Tá Na Hora do Café”: Mais Globosat estreia série sobre o universo do Café no Brasil

NZN lista os filmes mais aguardados de maio