Novos episódios da série Dança Contemporânea são exibidos no SescTV


 

Os programas apresentam as principais companhias e conceitos de dança contemporânea a partir do dia 30 de março 



Quatorze Cenas para um Desencontro Possível. Foto: Alex Ribeiro/Visor Mágico.

 

SescTV estreia, a partir do dia 30 de março, toda sexta-feira, às 21h, um episódio inédito, totalizando 13, da sérieDança Contemporânea, exibida pelo canal desde maio de 2009, com direção geral de Antonio Carlos Rebesco. Com duração de 52 minutos cada, as novas produções, que têm curadoria de Nirvana Marinho, doutora e teórica de dança, e Cláudia Garcia, coordenadora de programação do Sesc São Paulo, seguem o mesmo propósito das anteriores: estimular a reflexão sobre os rumos estéticos e conceituais da dança contemporânea na televisão. Além disso, revelam as técnicas aplicadas na elaboração de um espetáculo de dança. (Assistida também pela internet emsesctv.org.br/aovivo).

 

"É muito bom dar continuidade ao acervo que já conta com quase 250 horas", diz Antônio Carlos sobre a série que apresenta as principais companhias de dança do País. "Essa temporada procura olhar para toda a diversidade de produção cênica de dança contida na cidade (São Paulo) e fora dela", fala Nirvana. Dentre os grupos estão: Balé da Cidade de São Paulo; Ballet Stagium; Companhia de Danças de Diadema; Grupo Cena 11 Cia. de Dança; Luís Ferron e Luís Arrieta; Márcia Milhazes Cia. de Dança; Grupo de Dança Célia Gouvea; e Angel Vianna. Também estão contemplados nos programas Making of de espetáculos e entrevistas com profissionais da área (Assista também pela internet emsesctv.org.br/aovivo).

 

O primeiro episódio a ser exibido é sobreQuatorze Cenas para um Desencontro Possível, que estreia no canal, no dia 30/3, sexta, às 21h. Concebido e dirigido por Luiz Fernando Bongiovanni – que possui carreira no Brasil e na Europa –, é encenado pelo Núcleo de Pesquisas Mercearia de Ideias, criado em 2009 por Luiz Fernando, quando ainda era bailarino do Balé da Cidade de São Paulo. "Este encontro tão breve, tão abrupto, teria toda a chance de fazer com que a gente não se encontrasse, que a gente se desencontrasse", comenta o coreógrafo sobre o espetáculo. "Mas, de alguma forma, acho que a gente se encontra", completa.

 

Gravado no Teatro Sérgio Cardoso, na capital paulista, em outubro de 2016,Quatorze Cenas para um Desencontro Possível mostra 14 bailarinos - de diversas raças, gêneros, orientações sexuais e diferentes regiões da cidade -, interpretando 14 cenas construídas com dança e depoimentos, abordando situações e momentos, como estar todos juntos ou estar sozinho, e despedida.  Luiz Fernando fala sobre a importância de trabalhar a questão do depoimento com o grupo; e sobre a metodologia que desenvolve no Mercearia, e até mesmo quando é coreógrafo convidado, que tem o objetivo de estimular a dança no outro e ao mesmo tempo inserir a personalidade do bailarino na obra.

 

Os próximos episódios a serem exibidos na série Dança Contemporânea trazem coreografias como: Quebrakovsky – The Nuts Talent Show, Partes 1 e 2, de Alex Soares, encenada pelo Balé da Cidade de São PauloEu Por Detrás de Mimde Ana Bottosso, com a Companhia de Danças de DiademaOs Corvos, com coreografia, direção e interpretação de Luís Ferron eLuís ArrietaGuarde-me, dirigida e coreografada por Márcia Milhazes, comMárcia Milhazes Companhia de Dança;Memória e Preludiando, duas coreografias encenadas pelo Ballet Stagiume Obrigado por Vir, com concepção e direção de Key Sawao e Ricardo Iazetta, com a   Key Zetta & Cia.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

“QUILOS MORTAIS” CHEGA À QUINTA TEMPORADA COM NOVAS HISTÓRIAS DE LUTA CONTRA OBESIDADE MÓRBIDA

“Tá Na Hora do Café”: Mais Globosat estreia série sobre o universo do Café no Brasil

NZN lista os filmes mais aguardados de maio