​TV Escola reexibe documentário sobre Revolução Pernambucana

 

"1817 – A Revolução Esquecida" foi gravado no Recife e dirigido por Tizuka Yamazaki e Ricardo Fávila

 

 

Nesta terça-feira (6 de março), a TV Escola reexibirá em dois horários, às 16h e às 21h, o documentário "1817 – A Revolução Esquecida", que tem direção e produção de Tizuka Yamazaki e Ricardo Fávila e conta com Klara Castanho e Bruno Ferrari em um elenco com mais de 20 atores. O longa-metragem, que tem base nas pesquisas de Paulo Santos de Oliveira para o romance "A Noiva da Revolução", dará uma expressiva contribuição ao resgate de um episódio da história do Brasil, que se caracterizou pelo espírito democrático e republicano.

"A revolução separatista pernambucana de 1817 é um fato histórico de grande relevância e que, ainda hoje, é desconhecido por boa parte da população brasileira, em especial os mais jovens. A TV Escola tem a honra de ser o veículo de divulgação de uma obra que tem a assinatura de Tizuka Yamasaki, mas tem principalmente as digitais da história de Pernambuco e do Brasil.", afirma Fernando Veloso, Diretor Geral da TV Escola.

As primeiras cenas foram rodadas no Porto do Recife atual e no Pátio de São Pedro, que representa a capital pernambucana em 1817.  Atores e figurantes misturaram-se à cavalaria do exército com sua Guarda Montada e à banda da Policia Militar de Pernambuco, todos devidamente caracterizados, na reprodução de lutas e gritos de vitória do episódio. No secular convento de Santo Antônio foram captadas as cenas de abertura e do famoso casamento que conduz a história dessa revolução. Algumas cenas foram rodadas também no Sítio de Pai Adão e na "Barraca de Otília", onde os revolucionários bebiam e conversavam.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

“QUILOS MORTAIS” CHEGA À QUINTA TEMPORADA COM NOVAS HISTÓRIAS DE LUTA CONTRA OBESIDADE MÓRBIDA

INVESTIGADOR PARTICULAR FAMOSO POR SUAS ARTIMANHAS, BRIAN WOLFE RECONSTITUI CASOS DE SEU ARQUIVO EM SÉRIE INÉDITA

BIS estreia terceira temporada de "Versões" em 19 de julho