National Geographic estreia nova temporada de “Genius”, com Antonio Banderas como Picasso


"Genius – A vida de Pablo Picasso", segunda temporada da série, estreia no Brasil no domingo, 22 de abril às 21h45, com exclusividade no National Geographic


National Geographic traz para o Brasil a partir deste domingo, dia 22 de abril às 21h45, a segunda temporada da aclamada série "Genius", com o pintor espanhol Pablo Picasso como personagem principal. Indicada aos prêmios Emmy, Globo de Ouro e Screen Actor´s Guild, a primeira temporada foi sobre Albert Einstein, com Geoffry Rush como o cientista alemão.

 

Com Antonio Banderas ("A Pele Que Habito" e "A Máscara do Zorro") no papel principal, "Genius – A Vida de Pablo Picasso" tem dez episódios de uma hora cada e explora a devoção do pintor por seu trabalho, sua contribuição para a arte moderna e sua turbulenta vida pessoal.

 

Rodada em toda a Europa, incluindo Paris, Barcelona, Budapeste, Malta e a cidade espanhola Málaga, onde Picasso e Banderas nasceram, as locações incluem a casa onde o pintor nasceu, a igreja onde foi batizado e a Plaza de Toros que serviu de inspiração na infância.

 

A série também apresenta celebridades que cruzaram o caminho do artista, como a estilista francesa Coco Chanel, os pintores franceses Henri Matisse e Georges Braque e o dramaturgo e cineasta francês Jean Cocteau.

 

Um dos artistas mais influentes e celebrados do século 20, sua carreira abrange mais de 80 de seus 91 anos, nos quais produziu aproximadamente cinquenta mil obras. Sua natureza e incansável impulso criativo estiveram intrinsecamente ligados à sua vida pessoal, com casamentos tumultuados, muitos casos de amor e alianças pessoais e políticas sempre em mudança.

 

Narrativa da série


Com abertura na cidade de Málaga, na Espanha, a narrativa de "GENIUS – A VIDA DE PABLO PICASSO" alterna entre as experiências do jovem Pablo e do criador visionário conhecido no mundo todo como Picasso. Logo no primeiro episódio, o menino Pablo aprende a desenhar com a ajuda do pai, José Ruiz Blasco, um professor de escola primária na cidade. Depois de uma visita à Plaza de Toros, mostra o desenho aos pais e diz: "Papai, queria desenhar touros reais. Como os seus pássaros". 

 

Depois, pulamos mais de 30 anos para o momento que precede a criação de "Guernica", uma de suas obras mais famosas. O pintor foi escolhido pelo governo espanhol para representar o país na Exposição Internacional de Artes e Técnicas, em Paris. O mural foi criado em resposta ao Bombardeio de Guernica, em 1937, durante a Guerra Civil Espanhola e às vésperas da Segunda Guerra Mundial.

 

Hoje, o quadro sintetiza o estilo único que buscou durante a sua carreira e ocupa um salão especial no Museu Nacional Centro de Arte Reina Sofia, em Madri, atraindo milhares de visitantes todo ano.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

​NOVA SAFRA DE “UMA MULHER DE PESO” NO TLC SEGUE WHITNEY THORE EM FASE CRÍTICA DA CARREIRA E NA VIDA PESSOAL

​EM SAFRA INÉDITA NO TLC, “OS BUSBYS + 5” VIAJAM A NOVA YORK E APOSTAM EM NOVO NEGÓCIO

Série Rotas do Ódio estará com acesso livre no Universal Channel Play nesta semana