NOVA TEMPORADA DE “QUILOS MORTAIS” DOCUMENTA BATALHAS CONTRA A OBESIDADE


 
Pacientes aderem a programa de perda de peso e recorrem a cirurgia de alto risco em busca de autonomia e autoestima perdidas
 
 

Cena da série

Eles estavam com peso acima dos 250 quilos, eram prisioneiros do próprio corpo e enfrentavam sérios desafios físicos e psicológicos diante de tarefas corriqueiras – levantar da cama, tomar banho e caminhar entre os cômodos da própria casa requeriam esforços imensos para os participantes de QUILOS MORTAIS (My 600lb Life).

Na quarta-feira, 25 de abril, às 21h30, a série chega à sexta temporada e registra de perto a batalha de homens e mulheres na esperança de verem a si mesmos livres da obesidade mórbida e de todos os inconvenientes e complicações sérias na saúde que vieram junto com ela.

Os 14 episódios na nova safra acompanham os participantes em um momento crítico de suas vidas. Eles encontraram a motivação para a mudança e irão se candidatar a cirurgias bariátricas, dispostos a seguir em frente com a reeducação alimentar que faz parte do projeto drástico para emagrecimento.

A cada semana, as câmeras de QUILOS MORTAIS vão a um lar, onde captam as circunstâncias dramáticas em os participantes se encontram e, ao longo de um ano, vão segui-los em todas as etapas do tratamento: das visitas iniciais ao médico, passando pelo centro cirúrgico, pós-operatório e toda a adaptação necessária para que recobrem o controle sobre seus corpos.

Em entrevistas exclusivas para a série, os protagonistas contam suas sensações, medos e dúvidas. Narram as dificuldades que trouxeram a necessidade de mudança, a apreensão que precede a cirurgia e, ao reverem as fotos antigas, revisitam o próprio passado e relembram o momento em que a comida passou a ser sinônimo de conforto e proteção, até que essa relação com o alimento tornou-se uma doença grave.  Para essas pessoas, o consultório do Dr. Nowzaradan significa a chance de uma intervenção drástica e representa o recomeço – ali aparecem histórias individuais de extrema dor física e emocional, mas também de esperança e vontade de vencer.

Lee Sutten e Rena Kiser são os participantes do episódio de estreia da nova temporada. Eles são namorados, vivem juntos e há muito tempo desistiram de aferir o próprio peso. Ele tem 42 anos e ela, 39 – ambos lidam diariamente com as complicações sérias causadas pela obesidade: Rena tem dificuldade para respirar, necessita do cilindro de oxigênio constantemente e Lee precisa da ajuda dela para urinar e para fazer o menor dos deslocamentos como, por exemplo, virar-se na cama. 

Rena e Lee se conheceram em uma clínica onde ambos já faziam as primeiras tentativas de emagrecer. 11 anos depois, eles continuam a ganhar peso, não conseguem mais trabalhar e temem que a piora na saúde de ambos seja irreversível. Os dois precisam de cadeiras de rodas elétricas para se locomoverem e só conseguem sair para idas até o supermercado. Eles admitem que correm riscos sérios, mas, igualmente, que não conseguem se livrar sozinhos da compulsão por comida.

SERVIÇO

QUILOS MORTAIS (My 600lb Life)

Estreia: quarta-feira, 25 de abril, às 21h30

Classificação indicativa:10 anos

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

“QUILOS MORTAIS” CHEGA À QUINTA TEMPORADA COM NOVAS HISTÓRIAS DE LUTA CONTRA OBESIDADE MÓRBIDA

INVESTIGADOR PARTICULAR FAMOSO POR SUAS ARTIMANHAS, BRIAN WOLFE RECONSTITUI CASOS DE SEU ARQUIVO EM SÉRIE INÉDITA

BIS estreia terceira temporada de "Versões" em 19 de julho