No Japão, ‘Globo Repórter’ visita a região devastada pelo tsunami há sete anos


 

Sete anos depois do terremoto e do tsunami que causaram mais de 18 mil mortes, o 'Globo Repórter' desta sexta-feira, dia 25, visita Fukushima e Tomioka, regiões do Japão devastadas pelo desastre. "As marcas daqueles momentos de terror ainda estão lá. Imagina ter que sair de casa depois do mais forte terremoto já sentido, e ainda com o perigo de uma explosão nuclear. O vazamento radiativo obrigou moradores a fugir, deixar tudo para trás. Tem casas intactas, com portas abertas, móveis, o mato tomando conta de tudo. É uma imagem muito forte – um país rico, pego de surpresa, de uma só vez, pela fúria da natureza e pelo pesadelo radioativo. Até hoje as cidades não se recuperaram. Mas existe esperança", conta o repórter Marcio Gomes.

 

Ainda no programa que encerra a homenagem aos 110 anos da imigração japonesa no Brasil, Márcio Gomes visita Tóquio, maior cidade do mundo, com 40 milhões de habitantes. No local onde  tradição e tecnologia andam lado a lado, o repórter mostra a trajetória do empresário brasileiro Adilson Tomio Tadokoro. Ele foi para o Japão para passar apenas dois anos como operário e, 21 anos depois, continua por lá e é dono de uma fábrica de trens.

 

Em um dos cruzamentos mais famosos do mundo, o programa também conta a história do cão Hachiko, da raça akita. Em 1935, o animal ia diariamente à estação de Shibuva para esperar o dono, que voltava do trabalho de trem. Depois da morte do homem, o cão continuou repetindo a rotina durante 10 anos. Em reconhecimento a seu amor e sua fidelidade, os japoneses ergueram uma estátua de Hachiko onde o cachorro costumava ficar. A história virou filme e o lugar se tornou o mais importante ponto de encontro da capital japonesa.

 

O 'Globo Repórter' vai ao ar na noite de sexta-feira, dia 25, depois da novela 'Segundo Sol'.

 

Foto 1: Marcio Gomes posa com um cão akita e conta porque a raça é tão respeitada no Japão. Crédito: Globo/ Divulgação

Foto 2:  A equipe do 'Globo Repórter' na ponte de Kyoto. Crédito: Globo/ Divulgação

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

“QUILOS MORTAIS” CHEGA À QUINTA TEMPORADA COM NOVAS HISTÓRIAS DE LUTA CONTRA OBESIDADE MÓRBIDA

INVESTIGADOR PARTICULAR FAMOSO POR SUAS ARTIMANHAS, BRIAN WOLFE RECONSTITUI CASOS DE SEU ARQUIVO EM SÉRIE INÉDITA

BIS estreia terceira temporada de "Versões" em 19 de julho