TV por Assinatura cai 4,33% em abril


Provedor regional

De acordo com dados divulgados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), o Brasil registrou 17,97 milhões de contratos de TV por Assinatura ativos em abril de 2018. Redução de 4,33% (-814,05 mil) nos últimos 12 meses e menos 0,05% (-8,83 mil) na comparação com março deste ano.
Estados e Distrito Federal
São Paulo continua com o maior número contratos de TV por Assinatura em operação no país, 37,53% do total (6,74 milhões); seguido por Rio de Janeiro, com 13,52% (2,43 milhões); e Minas Gerais com 8,73% (1,57 milhões). Na Região Sul o estado com o maior número de contratos é o  Rio Grande do Sul com 7,03% (1,26 milhões); no Nordeste a Bahia com 3,13% (563,11 mil); no Centro-Oeste, o Distrito Federal com 2,64% (473,40 mil); e na Região Norte, o Pará com 1,70% (306,10 mil).
Nos últimos 12 meses, o Rio Grande do Norte apresentou crescimento de 18,33% (+44,00 mil) nos contratos em operação da TV por Assinatura; seguido do Ceará com mais 5,77% (+22,89 mil); do Piauí com mais 5,31% (+4,55 mil);do Maranhão com mais 2,68% (+4,69 mil); e do Tocantins com mais 0,98% (+0,42 mil). Todos os outros estados apresentaram redução.
Grupos
Em abril de 2018, o grupo Claro/Net detinha 49,85% do mercado de TV por assinatura ou  8,96 milhões do total de contratos; seguido pela SKY com 29,32% (5,27 milhões); a Vivo com 8,87% (1,59 milhão); Oi com 8,51% (1,53 milhão);Nossa TV com 0,69% (123,38 mil); Algar Telecom com 0,67% (119,64 mil); e Cabo 0,57% (102,55 mil).
Informações mais detalhadas sobre linhas móveis em operação estão disponíveis no  Portal da Anatel

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

​NOVA SAFRA DE “UMA MULHER DE PESO” NO TLC SEGUE WHITNEY THORE EM FASE CRÍTICA DA CARREIRA E NA VIDA PESSOAL

​EM SAFRA INÉDITA NO TLC, “OS BUSBYS + 5” VIAJAM A NOVA YORK E APOSTAM EM NOVO NEGÓCIO

Série Rotas do Ódio estará com acesso livre no Universal Channel Play nesta semana