​Rádio e TV Aparecida são finalistas ao Prêmio de Comunicação da CNBB




Programas da Rádio e TV Aparecida são finalistas do 51º Prêmio de Comunicação da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil).  A primeira, concorre  com a produção radiofônica "Um Conto de Natal". Já a emissora de tevê disputa troféus pelo documentário "Negro no Brasil" e pelo filme que coproduziu, "A imagem da Tolerância". A cerimônia de premiação, que abrange as categorias Cinema, Rádio, Internet, TV, Imprensa, acontece no dia 20 de julho, com exibição na TV Aparecida em 25 de julho.

Os indicados ao "Margarida de Prata" (Cinema), "Microfone de Prata" (Rádio), "Clara de Assis" (TV), "Hélder Câmara" (Imprensa) e "Dom Luciano Mendes de Almeida" (Internet) passaram por um amplo processo de seleção. Após as inscrições, que começaram em janeiro deste ano, os trabalhos foram avaliados por professores universitários e especialistas das áreas de cada segmento. O trabalho foi encerrado em abril. Na sequência, as produções, consideradas de maior expressão técnica e destaque dos valores humanos, foram encaminhadas aos bispos da comissão especial eleita pelo Conselho Episcopal Pastoral (Consep), que formam o júri da premiação.




A Rádio Aparecida, que concorrente ao Microfone de Prata, é finalista pela produção "Um Conto de Natal", exibida no final de 2017. A categoria é voltada aos programas radiofônicos que prezam por produções de qualidade com temáticas, não só religiosas, mas que valorizem a vida humana. "Um Conto de Natal" traz a história do nascimento de Jesus ambientada nos dias de hoje, sob o ponto de vista de Nossa Senhora.

Já a TV Aparecida disputa o prêmio Clara de Assis pelo documentário "Negro no Brasil", realizado em 2017 pela equipe de jornalismo da Rede Aparecida de Comunicação. As ambientações foram realizadas em cidades como Bom Jesus da Lapa (BA), Eldorado (SP), na região do Vale do Ribeira, e São Bento do Sapucaí (SP). O foco da produção foi retratar a realidade das comunidades quilombolas remanescentes, visitadas pelos repórteres da Rádio e TV Aparecida, Jornal Santuário e Portal A12.

 
Foto: Divulgação da TV Aparecida
E o "Margarida de Prata", na categoria cinema, é disputado por A Imagem da Tolerância, produzido pela Mar Filmes, em colaboração com a TV Aparecida, Globo Filmes e GloboNews.  O longa traz depoimentos de famosos como de Maria Bethânia e do padre Fábio de Melo, que revelam suas histórias de fé.

 Os prêmios:
 
"MARGARIDA DE PRATA" (Cinema)
"DOM LUCIANO MENDES DE ALMEIDA" (Internet)
"CLARA DE ASSIS" (TV)
"DOM HÉLDER CÂMARA" (Imprensa)
"MICROFONE DE PRATA" (Rádio)

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

​EM SAFRA INÉDITA NO TLC, “OS BUSBYS + 5” VIAJAM A NOVA YORK E APOSTAM EM NOVO NEGÓCIO

Série Rotas do Ódio estará com acesso livre no Universal Channel Play nesta semana

​Karina Oliani comanda "A outra face do Everest" no Canal Off