Os pianistas Rafa Castro e Túlio Mourão juntos em dois programas inéditos no SescTV


 

Os músicos participam de um documentário e de um show que serão exibidos no dia 30/9, domingo, a partir das 21h  

 


 

Documentário da série Passagem de Some show da série Instrumental Sesc Brasilreúnem dois pianistas mineiros: Rafa Castro, da nova geração, e Túlio Mourão, com mais de 40 anos de estrada. No primeiro programa, os músicos falam sobre suas carreiras e repertórios. No segundo, apresentam composições do álbum Teias, lançado em 2015 em CD e DVD, que traz diversas releituras de obras de Ludwig van Beethoven, Noel Rosa, Milton Nascimento, Caetano Veloso, Tom Jobim, Dorival Caymmi, Lô Borges e Ronaldo Bastos, além de autorais. Com direção geral de Max Alvim, as atrações inéditas vão ao ar no dia 30/9, domingo, a partir das 21h, no SescTV. (Assista também em sesctv.org.br/aovivo.)

 

A produção do Passagem de Som visita a Pinacoteca do Estado de São Paulo, onde os músicos lembram como o duo começou. Rafa, que também é compositor, diretor musical e produtor, foi vencedor do Prêmio BDMG Instrumental na categoriaJovem Instrumentista, em 2011, aos 22 anos de idade, e, como bonificação, teve aulas com Túlio durante um ano. Do encontro surgiu a amizade, parceria e admiração recíproca. "Ter o Túlio por perto me influenciou muito na minha maneira de trilhar e de fazer um recorte na minha música", comenta o aprendiz.

 

Segundo o veterano, Rafa é um aluno surpreendente. "Desde que eu o conheci é destemido em caminhar procurando soluções melódicas dentro da harmonia, dilatando uma experiência enriquecedora que se traduz em originalidade", expressa Túlio, que também é compositor e arranjador e já integrou a banda Os Mutantes após a saída da cantora Rita Lee. Com esse grupo, o pianista gravou o discoTudo Foi Feito pelo Sol, em 1974. A partir daí sua carreira deslanchou no Brasil e no exterior. Milton Nascimento, Maria Bethânia, Raul Seixas, Ney Matogrosso, Fagner e Belchior são alguns dos nomes com quem o experiente já subiu ao palco.

 

Duas gerações, duas trajetórias e muito em comum. Tanto Rafa como Túlio têm a fotografia como uma aliada de seus trabalhos. Em visita ao estúdio da fotógrafa Lorena Dini, que é companheira do jovem pianista, na capital paulista, os músicos falam sobre a importância dessa arte para o desenvolvimento de suas composições e, principalmente, para as trilhas sonoras que ambos fazem para filmes.

 

Eles ainda articulam sobre o repertório do álbum Teias, que traz um leque de influências e linguagens, cujas composições são tocadas pela dupla no show exibido na sequência, na sérieInstrumental Sesc Brasil.  No espetáculo, que foi gravado no Sesc Consolação, na cidade de São Paulo, em maio deste ano, Túlio Mourão toca piano e Rafa Castro, piano e escaleta.

 

Repertório do show:

Improvisação sobre sonata Nº8, de Ludwig van Beethoven; Tema do Tostão, de Milton Nascimento; Só Danço Samba / Maracangalha, de Tom Jobim e Dorival Caymmi; Como 2 e2, de Caetano Veloso;Cristalino, de Túlio Mourão; O Último Desejo, de Noel Rosa; Teia de Renda, de Túlio Mourão e Milton Nascimento;Valsinha, de Chico Buarque e Vinicius de Moraes; Casulo, de Rafa Castro; Imagine, de John Lennon; O Trem Azul, de Lô Borges e Ronaldo Bastos.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

​EM SAFRA INÉDITA NO TLC, “OS BUSBYS + 5” VIAJAM A NOVA YORK E APOSTAM EM NOVO NEGÓCIO

​NOVA SAFRA DE “UMA MULHER DE PESO” NO TLC SEGUE WHITNEY THORE EM FASE CRÍTICA DA CARREIRA E NA VIDA PESSOAL

Série Rotas do Ódio estará com acesso livre no Universal Channel Play nesta semana