Angela Maria é homenageada no SescTV


 

Show da cantora traz composições clássicas de sua carreira e depoimentos de Marília Pêra, Elza Soares, Fabiana Cozza, Célia, entre outras



Foto: Renata Massetti.




Para homenagear uma das mais importantes cantoras do Brasil, o SescTV exibe A Dona da Voz – Angela Maria, programa com a interprete que morreu na noite do último sábado, aos 89 anos. A produção intercala um show da Rainha do Rádio - que apresenta composições clássicas de sua carreira - com depoimentos da atriz Marília Pêra e das intérpretes Elza Soares, Fafá de Belém, Wanderléa, Fabiana Cozza, Célia, Blubell e Simone Mazzer sobre a artista. Com direção para TV de Daniela Cucchiarelli, a atração vai ao ar hoje (1/10), às 24h; dia 2/10, às 16h; dia 3/10, às 14h; dia 4/10, às 17h; dia 5/10, às 18h; dia 6/10, às 17h; e dia 7/10, às 19h. (Assista também em sesctv.org.br/aovivo.) 

Angela recebeu o título de Rainha do Rádio nos anos 1950 - por fazer sucesso absoluto nas rádios do país - e assim ficou conhecida. Nos seus quase 70 anos de carreira, sua voz e jeito de cantar influenciaram gerações de artistas, inclusive das entrevistadas do programa exibido pelo SescTV. Elza Soares admite que todos queriam imitá-la, até mesmo ela, e Fabiana Cozza lembra da imponência, segurança e beleza de Angela diante de uma plateia. Marília Pêra concorda: "eu me lembro dela muito bonita e arrumada, com aquelas roupas de tule, que era o sonho de nós, meninas".

Célia, Blubell e Wanderleia recordam seus primeiros contatos com Angela, quando as três ainda eram crianças. Já para Fafá de Belém, a artista ensina que o cantar é muito simples, desde que se suba no palco para fazê-lo por pessoas e para pessoas. "Acho que esse é o grande ensinamento dela", conclui Fafá. A cantora Simone Mazzer revela ainda que ouvia, no rádio, a intérprete cantando com Agnaldo Timóteo.

No show, gravado no Sesc Bom Retiro, na capital paulista, em 2013, Angela Maria apresenta sucessos que marcaram a sua carreira, como Tango pra Tereza, de Jair Amorim e Evaldo Gouveia; Gente Humilde, de Garoto, Vinicius de Moraes e Chico de Buarque; Os Argonautas, de Caetano Veloso; Lábios de Mel, de Waldir Rocha; e Babalú, de Margarita Lecuona.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

​EM SAFRA INÉDITA NO TLC, “OS BUSBYS + 5” VIAJAM A NOVA YORK E APOSTAM EM NOVO NEGÓCIO

​NOVA SAFRA DE “UMA MULHER DE PESO” NO TLC SEGUE WHITNEY THORE EM FASE CRÍTICA DA CARREIRA E NA VIDA PESSOAL

Série Rotas do Ódio estará com acesso livre no Universal Channel Play nesta semana