Paulo Freire é tema do ‘Arquivo N’

 

Em um Brasil com milhões de analfabetos, o educador pernambucano Paulo Freire, que faleceu em 1997, desenvolveu uma metodologia que é referência no mundo e fez dele um dos intelectuais brasileiros mais citados no meio acadêmico. As primeiras experiências foram realizadas na cidade de Angicos, no Rio Grande do Norte, em 1963, onde 300 cortadores de cana foram alfabetizados em apenas 45 dias. O 'Arquivo N' que vai ao ar na madrugada desta quinta-feira (0h30), dia 17, na GloboNews, resgata a história e importantes entrevistas do educador.

 

O programa também conversa com Rosiska Darcy de Oliveira, amiga pessoal de Paulo Freire e sexta ocupante da cadeira 10 da Academia Brasileira de Letras; e com Maria Cecília Almeida e Silva, psicopedagoga e pró-reitora do Pró-Saber, instituto fundado por uma das filhas do educador e que segue os preceitos de Paulo Freire.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

​NOVA SAFRA DE “UMA MULHER DE PESO” NO TLC SEGUE WHITNEY THORE EM FASE CRÍTICA DA CARREIRA E NA VIDA PESSOAL

DUPLA DÁ VIDA NOVA A CASAS ABANDONADAS NA SÉRIE “ALISON E DONOVAN: REFORMANDO COM ESTILO”

​EM SAFRA INÉDITA NO TLC, “OS BUSBYS + 5” VIAJAM A NOVA YORK E APOSTAM EM NOVO NEGÓCIO