MASP recebe Festival Plano de Menina




Karol conká e Adriana Carvalho da ONU Mulheres estão entre as confirmadas do evento gratuito que terá bate-papo, palestras, shows e divulgação de pesquisa inédita



O MASP será palco do primeiro Festival Plano de Meninas, no dia 11/10, a partir das 15h30. O evento que é gratuito, vai apresentar uma pesquisa inédita sobre a visão de futuro das meninas brasileiras, além de um míni-circuito composto por palestras de meninas e mulheres inspiradoras, shows e muito bate-papo.




O Dia Internacional da Menina é comemorado em 11 de outubro e por este motivo a escolha da data para a realização do festival. A inspiradora programação trará histórias reais de meninas da periferia que estão conquistando seus planos por meio do Instituto e transformando não só sua realidade, mas como de toda sua família e comunidade com uma nova visão de mundo e conexões com propósito que são realizadas.



Entre as presenças confirmadas no festival estão a cantora Karol Conká com uma apresentação especial, a Miss Brasil 2019, Julia Horta falando sobre autoestima para além da estética; Alexandra Gurgel do canal Alexandrismo falando sobre LGBTQI+ e gordofobia, Jules Faria da ONG Thing Olga que falará sobre seu mini documentário sobre assédio sexual, a rapper Yzalu que é PCD e falará à respeito de sua ferramenta política de inclusão, Adriana Carvalho da ONU Mulheres, apresentação da jornalista Joyce Ribeiro, que será uma das mestres de cerimônias do evento, entre outras convidadas.



O Instituto Plano de Menina foi criado pela jornalista e comunicadora social Viviane Duarte em 2016, e já impactou positivamente a vida de mais de duas mil meninas em São Paulo. Atualmente está presente em dez estados do país com uma metodologia que promove a autoestima, confiança e protagonismo de meninas brasileiras. Além disso, acaba de firmar parceria inédita com a secretaria da educação para inserir o projeto nas escolas de ensino fundamental de SP.



Recentemente o Instituto Plano de Menina tem a previsão de impactar cerca de dez mil meninas até 2020. "O trabalho junto às meninas que vivem à margem da sociedade é fundamental para o desenvolvimento sustentável para equidade de gênero e inclusão social do país. Eu costumo dizer que eu sou uma mulher negra que hackeou o sistema e consegui chegar a lugares de privilegios da sociedade e por isso o meu proposito junto ao instituto é de ser ponte de acesso para meninas sem privilégios". Diz Vivi Duarte, idealizadora do Plano de Menina.


O projeto tem módulos de oficinas sobre educação financeira, empreendedorismo, liderança, programação, direito, cidadania, inteligência emocional e outros temas. Após passar pela jornada de oito meses de cursos profissionalizantes, a menina se forma pelo projeto e é encaminhada às vagas de emprego de jovem aprendiz por meio de parcerias do Instituto com grandes empresas como Unilever, Amaro, Pepsico, Bayer, Omie, entre outras.



"Queremos fazer mais que advocacy, queremos transformar a vida de meninas que nascem sem oportunidades e engravidam cedo, reproduzindo o histórico familiar. Enquanto leis não saem do papel é preciso agir e garantir que estas meninas sejam protagonistas de suas histórias", afirma Vivi Duarte.



O festival terá o lançamento oficial do minidocumentário "ME DÁ UMA LICENÇA", cocriado pelas meninas que participam do projeto. Confira abaixo a programação do 1º Festival de Meninas do Brasil:



15h30 - Abertura com banda As Valquirias

15h45 - Quando eu era uma menina -- Mylene Ramos

15h50 - A Mulher que eu quero ser -- Julia Ilario

15h55 - Banda As Valquírias

16h00 - Às 16h10 Girls Talk com Alana, Gabriela e Luana

16h15 - Banda As Valquírias

16h25 - Batalha de Poesia -- Amanda, Camila, Leticia

16h30 - Sessão minidoc Me dá uma licença

16h40 - Painel Me dá uma licença -- Jules Faria, Victoria Dandara, Julia Teodoro e Luz Ericka

17h25 - Show Yzalu

17h35 - Quando eu era uma menina -- Valéria Almeida

17h40 - A mulher que eu quero ser -- Pamela (etec)

17h45 às 17h55 - Girls Talk -- Meninas do Grajaú

18h00 - Show Yzalú18h05 - Painel Pesquisa: Autoestima da menina brasileira,Julia Horta, Ellora Haonne, Xan Ravelli, Alexandra Gurgel, Adriana Carvalho18h50 - A menina que eu era e a mulher que eu sou -- Amanda & Yzalu19h05 - Painel: Lugar de menina 19h40 às 19h50 - Homenagem - Representatividade: Joyce Ribeiro; Inspiração: Alexandra Gurgel e Realização: Juju Gol.20h10 -- Encerramento.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

​NOVA SAFRA DE “UMA MULHER DE PESO” NO TLC SEGUE WHITNEY THORE EM FASE CRÍTICA DA CARREIRA E NA VIDA PESSOAL

DUPLA DÁ VIDA NOVA A CASAS ABANDONADAS NA SÉRIE “ALISON E DONOVAN: REFORMANDO COM ESTILO”

​EM SAFRA INÉDITA NO TLC, “OS BUSBYS + 5” VIAJAM A NOVA YORK E APOSTAM EM NOVO NEGÓCIO