Canal Brasil tem duas coproduções selecionadas para o Festival de Berlim

"Todos os Mortos", de Caetano Gotardo e Marco Dutra, e "Nardjes A", dirigido por Karim Aïnouz, são as duas coproduções do Canal Brasil selecionadas para o Festival de Berlim 2020, que acontece entre 20 de fevereiro e 1º de março. Escolhido para concorrer ao Urso de Ouro, "Todos os Mortos" conta a história de duas famílias, os Soares e os Nascimento, na passagem entre os séculos XIX e XX no Brasil. Situadas entre um passado rico na fazenda e um futuro incerto e sombrio na cidade de São Paulo, para onde se mudaram depois da derrocada dos negócios, as três mulheres brancas da família Soares, após a morte de sua última criada negra, percebem-se inaptas às demandas da metrópole. Já Iná Nascimento, ex-escrava da família, chega à cidade acompanhada de seu filho João. Ambos buscam Antônio, que os deixou na fazenda há alguns anos para buscar trabalho na cidade e nunca mais voltou. Iná e João deparam-se com uma São Paulo que ainda não integrou de fato os negros libertos como cidadãos.

Já "Nardjes A", que será exibido na Mostra Panorama, acompanha Nardjes, uma jovem argelina que participa de Um levante pacifista popular contra a candidatura do presidente Bouteflika para um quinto mandato, culminando em uma revolução. A produção traça um retrato da ativista no momento em que ela se junta a milhares de manifestantes nas ruas de Argel, em luta para derrubar um regime que os silenciou por décadas.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

​NOVA SAFRA DE “UMA MULHER DE PESO” NO TLC SEGUE WHITNEY THORE EM FASE CRÍTICA DA CARREIRA E NA VIDA PESSOAL

Pyong Lee fala do seu namoro atual e conta que já apanhou de namorada

DUPLA DÁ VIDA NOVA A CASAS ABANDONADAS NA SÉRIE “ALISON E DONOVAN: REFORMANDO COM ESTILO”