NOVA TEMPORADA RECAPITULA CRIMES QUE GANHARAM DESTAQUE NA REVISTA “PEOPLE”

 
 
Jornalistas ajudam a elucidar meandros das apurações em casos reais marcados
por reviravoltas
 
 

Cena da série

A partir de quinta-feira, 27 de fevereiro, às 22h10, o Investigação Discovery desvenda os bastidores do trabalho jornalístico na apuração de crimes misteriosos com a estreia da quarta temporada de PEOPLE MAGAZINE: ALÉM DA NOTÍCIA (People Magazine Investigates).

São 12 novos episódios que se aprofundam nas investigações noticiadas pela revista em casos reais cercados por suspense. Ao virarem páginas da People, esses crimes geraram comoção e a sua cobertura demonstra toda a força do jornalismo: o trabalho da polícia em cada um dos casos se desenvolve paralelamente às apurações dos jornalistas – as descobertas criminais e jornalísticas aparecem entrelaçadas.

A cada episódio de uma hora, a atração reconstitui um caso que mobilizou a redação da People; são crimes de natureza diversa: de homicídio a fraudes. Os próprios repórteres e editores situam o espectador em tramas complexas que desafiam os limites entre realidade e ficção. 

As histórias contadas pela série são marcadas por reviravoltas impressionantes que são revividas enquanto dramatizações e entrevistas recriam o percurso das investigações. Imagens reais das cenas do crime e registros audiovisuais dos interrogatórios e julgamentos completam o panorama apresentado por PEOPLE MAGAZINE: ALÉM DA NOTÍCIA. Também falam às câmeras os advogados de defesa, juízes, promotores e policias que trabalharam nos casos.

O episódio de estreia da quarta temporada retorna a 1971, quando começou uma série de homicídios em plena capital dos Estados Unidos – foram seis vítimas, todas elas mulheres, assassinadas entre abril daquele ano e setembro de 1972. Com idades entre 10 e 18 anos, as crianças e jovens foram sequestradas e depois mortas por um assassino em série que ficou conhecido como Freeway Phantom ("o fantasma da estrada", em tradução livre) e disseminou o pânico não apenas em Washington, como em todo o país.

"Mesmo 50 anos depois, as pessoas ainda estão aterrorizadas" afirma Cynthia Sanz, diretora da People. Além dela, falam às câmeras da série Carolyn Spinks Morris e Evander Spinks-Belk, irmãs da primeira vítima, Carol Denise Spinks. Depois de Carol, desapareceram Darlenia Denise Johnson, Brenda Faye Crockett, Nenomoshia Yates, Brenda Denise Woodward e Diane Denise Williams.

Todas as vítimas foram raptadas nas imediações de suas casas, em seus próprios bairros. Seis dias depois do desaparecimento de Carol, o corpo da garota foi encontrado – o laudo da necropsia apontava que a garota esteve viva até pouco antes da descoberta do corpo, o que significa que ela foi mantida em cativeiro. A cada desaparecimento, a repetição de elementos-chave aponta para um perfil de assassino que poderia utilizar uma estrada local como rota para escolha e rapto das vitimas. Ainda hoje, o caso segue cercado por mistério.

SERVIÇO

PEOPLE MAGAZINE: ALÉM DA NOTÍCIA (People Magazine Investigates)

Estreia: quinta-feira, 27 de fevereiro, às 22h10

Classificação indicativa: 14 anos

Cena da série

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pyong Lee fala do seu namoro atual e conta que já apanhou de namorada

​NOVA SAFRA DE “UMA MULHER DE PESO” NO TLC SEGUE WHITNEY THORE EM FASE CRÍTICA DA CARREIRA E NA VIDA PESSOAL

TLC ESTREIA QUARTA TEMPORADA DE “OS BUSBYS + 5”