PARA ENTRAR NO CLIMA DO "EL CLÁSICO", ENTRE REAL E BARÇA, LALIGA ENTREVISTA SERGIO RAMOS E TER STEGEN


Na tarde deste domingo (01/03), às 17h (de Brasília), Real Madrid e Barcelona medem forças no estádio Santiago Bernabéu, em partida válida pela 26ª rodada da LaLiga Santander.

O "El Clásico", por si só, já é um espetáculo à parte. Ainda mais quando pode decidir o título da LaLiga Santander - já que Real Madrid e Barcelona estão separados a apenas dois pontos, no topo da tabela de classificação -, além de colocar um dos dois clubes à frente do histórico de confrontos no Campeonato Espanhol. Atualmente, blancos e blaugranas estão empatados com 72 vitórias cada, além de 35 empates. Por isso, a LaLiga entrevistou dois grandes personagens desse clássico, Sérgio Ramos e Ter Stegen.

Experiente capitão do Real Madrid, e jogador que mais atuou na história do "El Clásico" - com 43 partidas contra o Barcelona, ao longo de 15 temporadas com a camisa merengue -, Sergio Ramos pode até estar bastante acostumado com a atmosfera do clássico, mas ainda o vive de maneira diferente. "Como sabemos, não é um jogo normal. Por isso, ainda mantenho intacto o sentimento com a qual joguei o primeiro clássico. Hoje, não jogo como se fosse o último, mas sim o primeiro, sempre com o desejo e a ambição de terminar com a vitória. É difícil expressar, mas espero continuar sentindo isso por muitos anos", disse o zagueiro espanhol.



O goleiro alemão, por sua vez, chegou ao Barcelona apenas em 2014 - tornando-se titular de forma definitiva somente em 2016 -, mas logo entendeu a importância de se vencer uma partida diante do Real Madrid. "O clássico é sempre muito especial, para todos nós. É algo realmente único. Em partidas assim, temos que ter sucesso, estar em forma e 100% focados. Neste momento, não pensamos no que está acontecendo na temporada, a situação na tabela, queremos apenas vencer, conquistar os três pontos em Madrid e buscar o melhor para o clube", respondeu Ter Stegen.

Além de disputarem o título da LaLiga Santander, com o clube catalão estando no topo da classificação (dois pontos à frente que o time de Madrid), os eternos rivais ainda brigam pela liderança do retrospecto geral do confronto. No Campeonato Espanhol, Barcelona e Real Madrid possuem 72 vitórias cada, além de 35 empates - o último no duelo válido pelo primeiro turno da competição, quando os dois clubes não saíram do zero no estádio do Camp Nou.

"A diferença de pontos é praticamente mínima, e dependendo do que acontecer no jogo, o duelo pode ser bastante decisivo. Ainda assim, restam muitos jogos na Liga e tudo pode acontecer. Mas espero que possamos entrar bem em campo e vencer, o que seria muito importante. Embora o clássico valha os mesmos três pontos que qualquer outro jogo, vencer o Barcelona é uma alegria que contagia tudo e todos, muda a reação do grupo, o clima", contou Ramos.



"Sabemos que precisamos ser uma equipe muito atenta, pois um simples detalhe pode mudar tudo, seja na LaLiga ou na Liga dos Campeões. É preciso estar sempre preparado, principalmente para buscar o topo, e acredito que nosso time esteja assim. Vai ser difícil (vencer o Real Madrid), mas nosso objetivo é sempre o mesmo: vencer. Caso não consigamos isso, que vencemos as outras partidas para tentar o título", afirmou o arqueiro blaugrana.

Como o "El Clásico" não é um jogo 'normal', ele está recheado de peculiaridades. Onde, por exemplo, apesar de o embate ser no campo do Real Madrid, no estádio Santiago Bernabéu, quem leva vantagem nos últimos anos é justamente o Barcelona - que não sabe o que é perder na casa do rival desde abril de 2016. "Isso é bom, mas não entra em campo. Precisamos estar concentrados e preparados. Estamos confiantes, pois temos um forte time para vencer, mas sabemos que é muito difícil. Temos de focar no presente, e não mais no passado", concluiu Ter Stegen.

Ainda assim, Ramos não vê como algo negativo o fato de o clube da capital sediar a partida deste final de semana. "Para nós é muito importante conseguir essa vitória em casa, com nossos fãs. Afinal, com eles somos mais fortes, isso precisa ser uma vantagem para nós. O time rival tem de sentir isso no campo", completou o capitão madridista - que estará em campo mais uma vez diante do maior rival, às 17h (de Brasília), em confronto válido pela 26ª rodada da LaLiga Santander.

Dentre muitos assuntos, Ramos e Ter-Stegen falaram sobre suas respectivas equipes, projeções para o restante da temporada, além das rotinas fora de campoPara conferir as entrevistas completas, clique aqui !

Não é só Futebol. É LaLiga.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

RELACIONAMENTO EXPLOSIVO DE CHANTEL E PEDRO É TEMA DE SÉRIE INÉDITA NO TLC

TLC ESTREIA QUARTA TEMPORADA DE “OS BUSBYS + 5”

Pyong Lee fala do seu namoro atual e conta que já apanhou de namorada