Cresce o número de mulheres ocupando os principais cargos da LaLiga


Árbitra Assistente, Jornalista, Presidente e CEO, esses são os cargos das cinco primeiras mulheres que fizeram/fazem história no futebol espanhol



Guadalupe Porras (Árbitra Assistente)

Guadalupe Porras fez história nesta temporada, ao se tornar a primeira mulher a fazer parte de uma equipe de árbitros na categoria principal do futebol espanhol: a LaLiga Santander. Depois de impressionar durante suas duas temporadas na LaLiga SmartBank (a segunda divisão espanhola), a árbitra assistente, natural de Badajoz, conseguiu uma promoção no verão europeu de 2019 e participou de sua primeira partida na elite em 17 de agosto daquele ano - no duelo entre RCD Mallorca e SD Eibar.



María Victoria Pavón (Presidenta do CD Leganés)

María Victoria Pavón é uma das poucas mulheres que presidem clubes na LaLiga - na elite, são apenas duas. Depois de crescer e morar na cidade no sul da comunidade de Madrid, Pavón virou presidente do CD Leganés em 2009, e continua no cargo até os dias atuais, sendo peça fundamental na promoção histórica do clube à LaLiga Santander, quando o clube terminou a LaLiga SmartBank na segunda colocação, ao final da temporada 2015/2016, permanecendo na elite do país desde então.



Amaia Gorostiza (Presidenta do SD Eibar)

A outra mulher que é presidente de um clube da LaLiga Santander é Amaia Gorostiza. Natural de Eibar, ela é a grande responsável pelo clube basco, desde 2016, que cresce dentro e fora de campo desde então. Gorostiza dirige um clube que demonstrou um desejo claro de promover mulheres em posições de poder. Um ano após sua chegada, 53% dos cargos de gerência passaram a ser ocupados por mulheres.



Danae Boronat (Jornalista)

O dia 12 de maio de 2019 mudou a história do jornalismo na Espanha, quando Danae Boronat se tornou a primeira mulher a narrar uma partida da LaLiga Santander na televisão. A jornalista, natural de Tarragona, trabalha para o Movistar Plus e normalmente apresenta toda a cobertura futebolística do canal. Mas, foi somente no penúltimo dia da temporada 2018/2019 que ela conseguiu entrar no estúdio e narrar o embate entre Atlético de Madrid e Sevilla - acompanhada de um comentarista/analista, Alberto Edjogo.



Patricia Rodriguez (CEO do Elche CF)

Quando foi contratada pelo SD Eibar, Patricia Rodríguez fez história ao se tornar a primeira CEO da elite espanhola. Após vários anos no comando da PwC, Patricia saiu para ingressar no projeto do clube armero, logo após sua promoção à LaLiga Santander em 2014. E foi depois de assumir a responsabilidade pelas finanças do clube, que ela foi promovida pelo diretor, permanecendo no clube basco até 2019 - quando decidiu se mudar à LaLiga SmartBank para assumir o Elche, onde ocupa o cargo até hoje.

Não é só Futebol. É LaLiga.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

RELACIONAMENTO EXPLOSIVO DE CHANTEL E PEDRO É TEMA DE SÉRIE INÉDITA NO TLC

TLC ESTREIA QUARTA TEMPORADA DE “OS BUSBYS + 5”

Pyong Lee fala do seu namoro atual e conta que já apanhou de namorada