HBO TRAZ CURIOSIDADES SOBRE PHILIP ROTH, AUTOR DO ROMANCE QUE INSPIROU ‘THE PLOT AGAINST AMERICA’





Da extensa produção do escritor, inúmeras histórias ganharam as telas.

São Paulo, 26 de março de 2020 - No dia 16 de março estreou na HBO e na HBO GO a minissérie THE PLOT AGAINST AMERICA. Com seis episódios, produção é baseada no romance distópico do escritor norte-americano Philip Roth e conta uma versão alternativa à história dos Estados Unidos. Após a derrota de Franklin D. Roosevelt nas eleições presidenciais de 1940, uma família judia em Nova Jersey acompanha a ascensão política de Charles Lindbergh, um herói aviador e populista xenófobo que chega à presidência levando o país ao fascismo.

Roth foi um escritor produtivo e publicou 31 livros, dos quais vários foram levados às telas. A seguir, HBO traz três curiosidades de sua literatura que ajudam o expectador entender melhor seu universo.

• Nathan Zuckerman é um personagem criado por Roth que aparece em muitos dos seus livros: é seu alter ego, ou "alter mente, " como o escritor o chamava. Zuckerman é protagonista e narrador de vários romances, como Minha Vida de Homem e O Escritor Fantasma. Também aparece em A Marca Humana, que foi levado ao cinema e conta o passado do professor Coleman Silk (interpretado por Anthony Hopkins) e sua verdadeira identidade racial, que aflora depois que ele conhece o escritor Nathan Zuckerman (Gary Sinise) e a mulher que ele ama, Faunia Farley (Nicole Kidman). Roth não usou Zuckerman para narrar THE PLOT AGAINST AMERICA. Neste romancequem conta a história é o próprio autor ainda criança.

• Roth e os grandes temas da humanidade. A abordagem dhipocrisia, religião, sexualidade, família, morte e trabalho tornam Roth o grande representante freudiano da literatura norte-americana. Esses temas estão presentes também nas adaptações de suas obras para cinema e TV. Roth soube lidar bem com a separação entre realidade e ficçãocom assuntos vinculados à identidade dos judeusà memória do século 20traumas e inconsciente coletivoTudo isso está refletido em THE PLOT AGAINST AMERICA.

• Os cinco títulos que você precisa verVários artistas quiseram levar Roth para o cinema. Atores e diretores premiados assumiram este desafio, que agora cabe à nova minissérie da HBO. Entre os filmes que permitem entender a mente do autor se destacam:

• Indignação (2016): Filme de estreia de James Schamus, produtor de "O Segredo de Brokeback Mountain", "O Tigre e o Dragão" e muitas outras obras.

• Revelações (2003): Robert Benton assumiu o desafio de traduzir para o cinema um dos livros mais elogiados do escritor. Tanto o romance como o filme abordam a hipocrisia com a qual a opinião pública julga a vida sexual das pessoas.

• Fatal (2008): protagonizado por Ben Kingsley e Penélope Cruz, o título conta a história de um casal formado por um professor nova-iorquino e uma aluna hispânica.

• O Último Ato (2014): Al Pacino e Greta Gerwig dão vida a um ator em decadência e a uma jovem lésbica que decidem se dar uma oportunidade como casal.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pyong Lee fala do seu namoro atual e conta que já apanhou de namorada

​NOVA SAFRA DE “UMA MULHER DE PESO” NO TLC SEGUE WHITNEY THORE EM FASE CRÍTICA DA CARREIRA E NA VIDA PESSOAL

TLC ESTREIA QUARTA TEMPORADA DE “OS BUSBYS + 5”