Superação e versatilidade: Conheça Carolla Parmejano, atriz, dubladora e modelo que volta ao Brasil para lançar seu segundo longa-metragem



De babá no exterior a atriz de carreira internacional, Carolla venceu o bullying, foi moradora de rua e hoje volta ao Brasil para lançar o longa "Solteira Quase Surtando", com direção de Caco Souza.

"Representar, transformar, aprender e ensinar sempre foram meu ritual para viver"



Crédito: Katie Marie / Boudoir Photos

Com apenas 8 anos, a paulistana Carolla Parmejano já sonhava em ser atriz. Colocou o sonho em prática e aos 13 anos, formou-se em Artes Cênicas e Cinema no renomado Teatro Escola Macunaíma, em São Paulo. O amor pela arte só aumentou, junto com a vontade de ganhar o mundo. Canadá, Milão e Estados Unidos entraram em seu passaporte e em seu currículo, com inúmeras escolas de arte e experiências profissionais. Hoje, após 14 anos morando nos Estados Unidos, retorna ao Brasil para lançar seu primeiro filme brasileiro, "Solteira Quase Surtando", onde interpreta Tati, uma solteira convicta que adora curtir a vida.


"É meu segundo longa metragem lançado nas telas do cinema. Uma comédia super engraçada e muito verdadeira na vida de mulheres", conta. O longa, de Caco Souza, conta ainda com Mina Nercessian, Tânia Khalill e Dani Valente no elenco e estreia marcada para 12 de março nos cinemas.

Do Brasil para o mundo

Logo após sua primeira formação em Artes Cênicas e Cinema, a atriz fez sua primeira viagem internacional. Ainda adolescente, aproveitou o passeio pela Europa para se especializar ainda mais em Napoli, na Itália. Quando retornou ao Brasil, percebeu que para alavancar sua carreira a nível internacional, precisaria aprender um novo idioma, e acendeu o desejo de morar fora do país.

Alguns meses no Canadá trouxeram então a certeza de que Carolla firmaria raízes no exterior. "Minha família e eu decidimos que fazer um intercâmbio seria a melhor opção para um segundo idioma. Fiquei no Canadá 8 meses, e por que não fazer Arte, certo? Estudei em uma escola de teatro e chegando perto de acabar meu curso, já tinha me convencido que o exterior poderia me receber de braços abertos", relembra sobre o período em que acrescentou o Theatre Calgary ao seu currículo. Seus próximos passos pelo mundo foram Milão e Estados Unidos, onde mora há 20 anos.

Superação

Antes de morar fora de fato, Carolla voltou ao Brasil e ingressou no curso de Publicidade e Marketing em uma universidade de São Paulo, que segundo a atriz, foi o ponto chave para impulsionar sua ida para os Estados Unidos: "Bullying veio à tona, pois eu pesava mais ou menos 80 quilos. A rejeição de algumas agências de São Paulo e de amigos, minha família totalmente contra a minha escolha de ser atriz... Enfim, muitas razões para querer tentar uma vida fora".

As dificuldades não acabaram com o fim do bullying. Ao chegar em Miami (EUA), Carolla viveu como moradora de rua: "é realmente triste, foram poucos dias, mas consegui sentir o que é ficar sem casa e um lugar para ir no final da noite", relembra. Em seguida, começou a trabalhar como faxineira, entregando panfletos, como garçonete e como babá, onde conseguiu criar sua própria empresa de babysitters, "a empresa veio com o tempo. Com a agenda cheia, não estava dando conta e resolvi contratar pessoas para ajudar e ganhar uma grana extra. Muitos anjos que você vai conhecendo vão te indicando e o trabalho se torna uma grande oportunidade de seguir em frente".

Mesmo com os altos e baixos e a intensidade do trabalho como babá, Parmejano não perdeu o foco em sua carreira de atriz. Para adquirir experiência, começou a fazer alguns trabalhos de graça: "trabalhei em locações de novela. Não de graça, mas em troca de experiência e de trabalhar com o que realmente gosto." A grande virada foi quando sua documentação se regularizou nos Estados Unidos: "tudo mudou. Pude ver que minha carreira deixou de ser uma semente e começou a florescer. Vi possibilidades e um sonho que um dia poderia ser realidade. Novelas extras aqui, comerciais extras ali… De pouco a pouco tudo foi subindo e crescendo."

Apesar das dificuldades, a atriz destaca a distância da família como o ponto mais complicado, mas também, de maior aprendizado: "Estar longe da família, sem ninguém para confiar é uma das coisas mais difíceis. Mas nesses momentos, você se conhece e aprende a lidar com as pessoas a sua volta" por fim, destaca que o importante é não perder o foco, "a minha meta sempre foi clara: trabalhar como atriz e sabia no fundo do meu coração que tudo isso era tudo passageiro".

Crédito: Gerson Lopes
Currículo invejável

Além de atriz, Carolla é dubladora, modelo e até dublê. Seus inúmeros atributos a levaram a um extenso currículo que vai desde clipes até longa-metragens e dublagem de programas infantis. Entre os favoritos da atriz, "Beyond The Life", o primeiro curta metragem de sua carreira, escolhido para exibição no festival de Cannes em 2015. Seguido por um comercial da Kitchen AID, uma das maiores marcas de produtos para a cozinha do mundo.

"Chica Vampiro" foi um de seus trabalhos de maior repercussão. A novelinha teen colombiana exibida no Brasil pelo canal Gloob, alcançou grande popularidade e Carolla deu voz a Professora Pavlova. Além disso, foi coadjuvante nas séries "Onde está Elisa?", "Alguém olha para você", "Aurora" e "A casa ao lado". Atuou em comerciais para grandes marcas, esteve em um videoclipe da cantora Jennifer Lopez, alguns ensaios fotográficos e entre muitos outros trabalhos.

O futuro

Os planos de Carolla são sobre se empenhar cada vez mais em sua carreira de atriz, em qualquer país, mas conta que seu sonho é contracenar com Fernanda Montenegro e Antônio Fagundes e trabalhar com Glória Perez. "Fernanda é uma das minhas professoras de vida e da arte. Nunca nos encontramos de frente, mas já li muito sobre e aprendi muito com ela. Adoraria contracenar com ela. A carreira de Antonio me inspira e Glória Perez é maravilhosa… adoraria poder atuar com ela", finaliza.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

RELACIONAMENTO EXPLOSIVO DE CHANTEL E PEDRO É TEMA DE SÉRIE INÉDITA NO TLC

TLC ESTREIA QUARTA TEMPORADA DE “OS BUSBYS + 5”

Pyong Lee fala do seu namoro atual e conta que já apanhou de namorada