Canal Brasil exibe “Bufo & Spallanzani” em homenagem ao escritor Rubem Fonseca

Longa traz no elenco José Mayer, Tony Ramos, Isabel Guerón, Maitê Proença, entre outros

 

Para homenagear Rubem Fonseca, que faleceu ontem, 15 de abril, o Canal Brasil vai exibir na próxima segunda-feira, dia 20, o longa "Bufo & Spallanzani" (2001), baseado na obra homônima do escritor publicada em 1985. Recheado de suspense, mistério e intensas relações amorosas, o filme marca a estreia de Flávio R. Tambellini na direção. A produção iria ao ar em maio no Canal Brasil em comemoração aos 95 anos de Fonseca, mas teve sua exibição antecipada.

Com elenco cheio de grandes atores como José Mayer, Tony Ramos, Maitê Proença, Isabel Guéron, Gracindo Jr., Matheus Nachtergaele e Zezé Polessa, "Bufo & Spallanzani" traz a história de Gustavo Flávio (José Mayer), um autor de sucesso que vive uma crise por falta de inspiração. Mas há pouco mais de uma década, tudo era bem diferente, já que Gustavo era Ivan Canabrava, funcionário de uma seguradora. Ele investigava o caso do fazendeiro que morreu logo após fazer um seguro no valor de um milhão de dólares. Desconfiado de uma possível fraude, o detetive começou a vasculhar o apartamento da viúva, onde encontrou um sapo e uma planta exótica. Ajudado pelo professor Ceresso (Juca de Oliveira), ele descobriu que a associação entre o veneno do anfíbio e o sumo do vegetal provoca um estado de catalepsia profunda. A partir dessas pistas, ele começou a montar um complicado quebra-cabeças, envolvendo interesses de pessoas poderosas.

A transformação do empregado fracassado no escritor de renome começa quando ele é demitido da seguradora, abandonado pela esposa e, em meio às turbulências, conhece Minolta (Isabel Guéron), que dá uma guinada em sua vida. Ele mantém um romance secreto com a milionária Delfina (Maitê Proença), esposa do empresário Eugênio Delamare (Gracindo Jr.). Certo dia, a mulher aparece morta e, supostamente, teria se suicidado. O escritor acredita que o marido a tenha assassinado e procura pelo inspetor Guedes (Tony Ramos), responsável por averiguar os fatos. Envolto em uma atmosfera de ameaças e medo de represálias, Gustavo Flávio se isola numa chácara para tentar dar continuidade ao livro Bufo & Spallanzani.

O longa de Flávio R. Tambellini ganhou quatro Kikitos de Ouro no Festival de Gramado de 2001, nas categorias Melhor Ator (Tony Ramos), Melhor Atriz (Isabel Guerón), Melhor Ator Coadjuvante (Juca de Oliveira) e Melhor Direção de Arte. E recebeu também quatro prêmios no Festival de Cinema Brasileiro de Miami em 2001, nas categorias Melhor Filme, Melhor Música, Melhor Roteiro e Melhor Ator Coadjuvante (Tony Ramos).

 

HOMENAGEM A RUBEM FONSECA

Bufo & Spallanzani

Horário: Segunda, 20 de abril, às 21h20

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

RELACIONAMENTO EXPLOSIVO DE CHANTEL E PEDRO É TEMA DE SÉRIE INÉDITA NO TLC

TLC ESTREIA QUARTA TEMPORADA DE “OS BUSBYS + 5”

Pyong Lee fala do seu namoro atual e conta que já apanhou de namorada