GNT recebe quatro prêmios no New York Festivals TV & Film Awards 2020

As séries "Quebrando o Tabu", "Mesa Para Todos" e "O Futuro é Feminino", e o projeto comercial "Cozinha do Amanhã" foram premiados nas categorias "Documentary - Social Issues" e "Documentary – Biography/Profiles"

 

Com sete indicações, o GNT conquistou quatro prêmios no New York Festivals TV & Film Awards 2020, evento que destaca as melhores criações da TV mundial. As produções premiadas foram: "Quebrando o Tabu", "Mesa Para Todos" e "O Futuro é Feminino", além do filme "Cozinha do Amanhã", fruto de uma parceria comercial da marca com a Electrolux. 

Em "Documentary - Social Issues", "Quebrando o Tabu", que já havia sido premiado no ano passado, garantiu esse ano medalha de prata com sua segunda temporada de entrevistas e depoimentos de especialistas e personalidades sobre um tema específico eleito por redes sociais. O também ganhador do prata, "Mesa Para Todos" é uma coprodução Maria Farinha Filmes, e mostra os bastidores da criação até a inauguração do Reffetorio Gastromotiva no Rio de Janeiro - projeto social idealizado pelos chefs David Hertz e Massimo Bottura, que oferece refeições completas para pessoas em situação de rua e promove a conscientização social através da gastronomia. Já "O Futuro é Feminino", que levou medalha de bronze, foi produzido pela BASE#1 e parte de registros históricos para debater as lutas feministas ao redor do mundo, tudo sob o olhar de três jovens jornalistas.

Com medalha de bronze na categoria "Documentary – Biography/Profiles" o programa "Cozinha do Amanhã" mostra a trajetória da chef Morena Leite com depoimentos de alunos, professores e profissionais do Instituto Capim Santo, projeto social que tem o objetivo de transformar a vida das pessoas através da gastronomia. A produção foi lançada em 2019, com coprodução do GNT, para comemorar o marco de dez anos de parceria do projeto com a Electrolux.  

Pelo segundo ano consecutivo, o GNT tem produções premiadas no NY Festivals TV & Film Awards. Em 2019, além da primeira temporada de "Quebrando o Tabu", o documentário "Primavera das Mulheres", também levou medalhas para o canal. "Estamos muito felizes de mais uma vez ganhar o reconhecimento internacional pelos conteúdos produzidos pelo GNT. Nosso maior objetivo é gerar debates sobre temas importantes para a sociedade. Ganhar esses prêmios mostra que estamos no caminho certo no diálogo com nosso público", comemora Mariana Koehler, diretora artística do GNT.  

Globo recebe 11 prêmios no NY Festivals TV & Film Awards 2020

Incluindo o GNT, ao todo a Globo ganhou 11 prêmios no festival. Com o documentário "Aliados", a GloboNews venceu nas categorias "Documentary – Current Affairs" e "Art Direction: Promotion / Open & IDs" pela Globo Design Center, núcleo que reúne as produções gráficas da Globo. A área também foi premiada com "Special Visual Effects: Open & Ids" e "Sports Program Open & Titles" pela abertura do Grande Prêmio Brasil de Fórmula 1 de 2018; e na categoria "Best Special Visual Effects", com as matérias comemorativas dos 50 anos do Jornal Nacional, com a recriação de digital do cenários do jornal. Já o Canal Off conquistou o prêmio "Documentary – Nature&Wildlife" com o documentário "Julietti: Uma vida nas montanhas" e "Documentary - Eco-tourism" com o es "Snowboard no Irã".

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

​NOVA SAFRA DE “UMA MULHER DE PESO” NO TLC SEGUE WHITNEY THORE EM FASE CRÍTICA DA CARREIRA E NA VIDA PESSOAL

Pyong Lee fala do seu namoro atual e conta que já apanhou de namorada

DUPLA DÁ VIDA NOVA A CASAS ABANDONADAS NA SÉRIE “ALISON E DONOVAN: REFORMANDO COM ESTILO”