CANAL BRASIL EXIBE “PITANGA”, BIOGRAFIA DE ANTONIO PITANGA, NESTA SEGUNDA, DIA 23

Pitanga


Eleito Melhor Filme pelo público na Mostra de Cinema de Tiradentes e pela crítica da Mostra Internacional de São Paulo, o documentário "Pitanga" chega à tela do Canal Brasil nesta segunda-feira, dia 23 de outubro, às 22h.
 
Dirigida por Camila Pitanga e Beto Brant, a produção é uma biografia de Antonio Pitanga, pai da diretora, e relembra não apenas os amores e amigos do artista, mas também sua presença constante no movimento conhecido como Cinema Novo.
 
O documentário visita lugares importantes do passado de Pitanga, como a casa onde cresceu, em salvador, e traz entrevistas curiosas de pessoas que cruzaram com ele nestes 58 anos de carreira, como Cacá Diegues, Caetano Veloso, Lázaro Ramos, Chico Buarque, Milton Gonçalves e Paulinho da Viola, entre outros. "O documentário trouxe para primeiro plano não só a história do Pitanga, mas do Cinema Novo. As pessoas ficaram querendo ver os filmes da época, interessadas nas obras do Leon Hirszman, do Joaquim Pedro de Andrade", explica Antonio Pitanga, em depoimento ao Canal Brasil. "A história do filme se funde com a minha história, a do cinema, a questão racial, a questão do gênero".

Pitanga diz que já perdeu as contas de quantas vezes viu o filme. E sempre se emociona. "É uma produção que envolve família, amores, amizades. Não tem como não se emocionar".

É TUDO VERDADE: "PITANGA" (2017) (114')
Quando: Segunda-feira, dia 23, às 22h
Classificação: 12 anos
Direção: Beto Brant e Camila Pitanga
Sinopse: Eleito pelo público da Mostra de Cinema de Tiradentes e pela crítica da Mostra Internacional de São Paulo como melhor filme, o documentário discorre sobre a figura do protagonista, um espírito inquieto à frente das câmeras da sétima arte nacional. Os diretores buscam um formato alternativo às tradicionais imagens de arquivo e reconstituem a longeva trajetória do intérprete por meio de encontros afetivos com outros grandes nomes da nossa cultura – esse carinho fica ainda mais evidente pela aproximação única entre filha e pai, capaz de extrair, a cada tomada, uma intimidade singular. Visitas a lugares importantes do passado permeiam o roteiro, e o protagonista volta à casa onde cresceu, em Salvador, resgata memórias da infância e conversa com familiares ainda moradores da região.
 
As entrevistas realizadas com nomes fundamentais da cultura brasileira trazem detalhes deliciosos e inéditos da trajetória do retratado. A atriz Ítala Nandi revela uma antiga paixão oculta, nunca antes aberta, e Maria Bethânia lembra com carinho o período em que namoraram. Companheiros de trabalho, como os cineastas Cacá Diegues, Hugo Carvana, José Celso Martinez Correa e Tamara Taxman, entre outros, comentam histórias dos bastidores das produções em que colaboraram juntos. Há ainda espaço para divertidos encontros com Caetano Veloso, Lázaro Ramos, Chico Buarque, Paulinho da Viola, Luiz Carlos Barreto, Milton Gonçalves, Walter Lima Jr., Tonico Pereira, entre tantos outros, em um movimento de reverência a um homem com uma história que se confunde com o próprio cinema brasileiro.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

REPÓRTER POLICIAL REVELA INFORMAÇÕES EXCLUSIVAS SOBRE CASOS DE GRANDE REPERCUSSÃO

“QUILOS MORTAIS” CHEGA À QUINTA TEMPORADA COM NOVAS HISTÓRIAS DE LUTA CONTRA OBESIDADE MÓRBIDA

GNT começa 2017 com documentários inéditos