NOVA TEMPORADA DE “UMA FAMÍLIA DE PESO” FREQUENTA LARES QUE SOFREM COM OBESIDADE GRAVE

 
 
 
Quatro primos decidem recorrer juntos a tratamento cirúrgico
 
 

Cena da série

A obesidade grave é sempre um problema de família. Aqueles que convivem com pessoas pessoa nessas condições precisam auxiliar nos cuidados diários, na mobilidade e no tratamento de doenças que acompanham o sobrepeso. Quando várias pessoas de uma mesma família chegam à escala da obesidade grave, as interações entre esses elas ganham outras dimensão e importância.

A partir de quarta-feira, 17 de julho, às 22h05, o Discovery exibe a segunda temporada de UMA FAMÍLIA DE PESO (Family by the Ton), série que acompanha a rotina em lares nos quais diversas pessoas apresentam a obesidade grave.

A temporada tem início entre os King. Os primos Casey, Ed, Amy e Amanda são muito próximos e compartilham das mesmas sérias consequências que vieram com o excesso de peso de cada um deles; e admitem que a obesidade grave é um problema de família. Algo acontece entre eles que os levou a relativizar o ganho de peso, até que estivessem em um estado no qual suas vidas enfrentam perigo real.

Juntos, os quatro primos pesam quase uma tonelada. Casey inicia a temporada com mais de 315 quilos; Ed já passou dos 200; Amy pesa mais de 180 quilos e Amanda está perto dos 300 quilos. Todos eles vivem sérias complicações de saúde, ocasionadas pela obesidade.

Aos 34 anos, Casey passa a maior parte do tempo comendo em seu quarto enquanto joga videogame. Ele culpa o pai pela obesidade e se refugia no mundo virtual onde ninguém sabe de sua condição. Amanda tem 37 anos, embora tenha medo da cirurgia, sabe que esta é uma escolha de vida ou morte. Ela mora com a mãe, que passa o dia trabalhando enquanto ela fica em casa, comendo alimentos supercalóricos na maior parte do tempo. O emagrecimento é imperativo, pois ela teve câncer detectado no útero e só poderá extirpá-lo após perder metade do peso.

Ed é o único dos primos que é casado e tem filhos. O mais velho dos quatro, ele sempre esteve acima do peso. Amy também tem uma vida social ativa: é professora e não tem dificuldades severas de locomoção. No entanto, os dois sabem que, se não agirem enquanto há tempo, provavelmente passarão pelo agravamento da obesidade. 

Diante da solução drástica do tratamento com intervenção cirúrgica, os quatro devem reverter a influência que têm sobre os demais a seu próprio favor: encorajando-se mutuamente para que todos consigam emagrecer a ponto de poderem seguir rumo ao centro cirúrgico. A primeira a decidir mudar foi Amanda. Ed aderiu à ideia em seguida, junto a Amy. No entanto, Casey é resistente diante da necessidade de uma dieta severa e imediata antes da cirurgia.

No episódio de estreia da segunda temporada, a série apresenta os King, suas rotinas, suas infâncias e como a relação com o alimento tornou-se problemática para os quatro. Durante um churrasco em família, Amanda fala aos primos sobre a etapa preparatória para a cirurgia, motivada pelo câncer.

Na segunda metade da temporada, a série retorna à família Anderson. Na primeira safra da série, Drew, Naomi e Chitoka embarcaram juntos em uma jornada de perda de peso e obtiveram resultados que salvaram suas vidas. Agora, um ano depois, eles descobrem que não há saída mágica e que a rigorosidade do tratamento continua.

SERVIÇO

UMA FAMÍLIA DE PESO (Family by the Ton)

Estreia: quarta-feira, 17 de julho, às 22h05

Classificação indicativa: 12 anos

Cena da série

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

​NOVA SAFRA DE “UMA MULHER DE PESO” NO TLC SEGUE WHITNEY THORE EM FASE CRÍTICA DA CARREIRA E NA VIDA PESSOAL

​EM SAFRA INÉDITA NO TLC, “OS BUSBYS + 5” VIAJAM A NOVA YORK E APOSTAM EM NOVO NEGÓCIO

Paramount Channel Programação Semanal 1º a 07 de abril